Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
49Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
51-CALORES DE REAÇÃO E LEI DE HESS

51-CALORES DE REAÇÃO E LEI DE HESS

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 14,294 |Likes:
Published by nv77vnm

More info:

Published by: nv77vnm on Apr 02, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/10/2014

pdf

text

original

 
Físico - Química 
Calores de reação e Lei de Hess 
820.
Os veículos automotores transformam energiaqmica em energia menica pelo processo decombustão. Descargas desses veículos contêm poluentescomo NO, CO e CxHy (hidrocarbonetos). Duas formas dereduzir a concentração desses poluentes são: a) controlara proporção entre ar e combustível na mistura queimadano motor; b) converter cataliticamente os poluentes emprodutos inofensivos ou menos danosos ao meioambiente.Sobre o assunto, julgue os itens.a) Quanto mais rico em oxigênio é o ambiente em que háa combustão, mais completa será a combustão, logomenos poluidora.b) Um carro bem regulado deveter uma taxa decombustão completa maior que a taxa de combustãoincompleta.c) A produção do NO dá-se pela combustão do N
2
contidono ar. Nesse processo, a entalpia dos produtos é maior doque a dos reagentes.d) Os hidrocarbonetos (CxHy) podem ser aproveitadoscomo combustíveis. A sua combustão completa produzCO
2
, como um dos produtos, e elevar a temperatura domeio.
821.
O ácido clorídrico é um ácido de múltiplas apli-cações: participa do processo digestivo por ser um dosconstituintes do suco gástrico, é um reagente muito usadona indústria e no laboratório, é usado na limpeza desuperfícies metálicas antes da soldagem dos respectivosmetais etc. Determine a entalpia de formação do ácidoclorídrico gasoso, em quilojoules, segundo a equaçãorepresentada pela equação:½ H
2(g)
+ ½ Cl
2(g)
HCl
(g)
 
Dados:
H
2(g)
 
2H
(g)
H = 436 kJ/molCl
2(g)
 
2Cl
(g)
H = 243 kJ/molHCl
(g)
 
H
(g)
 
+
Cl
(g)
 
H = 431 kJ/molPara marcar a sua resposta, divida a resultado por -1 edespreze a parte fracionária, caso exista.
822. (UnB-PAS-3ªEtapa-1º/2000)
O Prlcool temocupado espo na dia imprensa, o só porrepresentar alternativa viável e economicamenteinteressante para o Brasil, mas também pelo recenteaumento abusivo do preço do álcool combustível e seureflexo direto no custo da gasolina para os consumidores.Diante da problemática energética e econômica e dabusca da melhoria da qualidade do ar, foi extremamentepositivo o anúncio do lançamento, em 17/3/99, do Néctar4, um carro totalmente movido a hidrogênio líquido. Alémde não poluir o ambiente, a vantagem do hidrogênio,quando comparado com o álcool (C
2
H
5
OH), é que acombustão de uma determinada massa de hidrogênioproduz maior quantidade de energia que a combustão damesma massa de álcool.Isso pode ser concluído a partir das equações a seguir,realizadas a 1 atm de pressão e a 25ºC.C
2
H
5
OH
(l)
 
+
3O
2(g)
 
2CO
2(g)
 
+
3H
2
O
(g)
H = - 1369,3 kJ/molH
2(g)
 
+
1/2O
2(g)
 
H
2
O
(g)
H = -
 
286 kJ/molSabendo que M(C) = 12 g/mol, M(H) = 1 g/mol e M(O) =16 g/mol, calcule o quociente da energia liberada nacombustão de 1 g de hidrogênio pela energia liberada nacombustão de 1 g de álcool. Despreze a parte fracionáriade seu resultado, caso exista.
823.
O hidrogênio é uma
 
matéria-prima gasosaimportante nas indústrias químicas e de petróleo. Um dosprocessos utilizados industrialmente para a sua obtençãoé a eletrólise de água alcalinizada, que fornece hidrogêniode elevada pureza, podendo ser representado peladecomposição de água líquida, conforme a equação a se-guir, cuja variação de entalpia corresponde a +571,6 kJ, a25ºC e 1 atm.2H
2
O
(l)
 
2H
2(g)
 
+
O
2(g)
Sabendo que o calor de vaporização para a água, H
2
O
(l)
 
H
2
O
(g)
, é +44 kJ/mol, a 25º e 1 atm, calcule,
em kJ/mol
,
 
ovalor da variação de entalpia para a produção de gáshidrogênio a partir da decomposição de água no estadogasoso, à mesma temperatura é à mesma pressão. Dividao valor calculado por 10 e despreze a parte fracionária deseu resultado, caso exista.
824.
Os conversores catalíticos ou catalisadores sãodispositivos antipoluição existentes na maioria dos carrosproduzidos pelas instrias automobisticas. Oscatalisadores absorvem as moculas dos gasespoluentes, facilitando a formação do complexo ativado e,com isso, aceleram a oxidão do CO (monóxido decarbono) e hidrocarbonetos ou a decomposição de óxidosde nitrogênio.Entre as diversas reações que ocorrem em um catalisador,uma das mais importantes é:CO
(g)
 
+
½ O
2
 
 
CO
2(g)
A partir das entalpias das reações a seguir:C
(s)
 
+
1/2O
2(g)
 
CO
(g)
 
H
1
= -110 kJC
(s)
 
+
O
2(g)
 
CO
2(g)
 
H
2
= -393,5 kJDetermine o
H da reacão de combustão do monóxido decarbono. Divida o valor calculado por -10 e despreze aparte fracionária de seu resultado, caso exista.
825.
Com os seguintes dados:2H
2(g)
+ O
2(g)
 
2H
2
O
(g)
+ 484 kJ3O
2(g)
+ 285 kJ
2O
3(g)
calcula-se que a formação de um mol de vapor d’água, apartir de hidrogênio e ozônio, libera, aproximadamente:a)200 kJb)290 kJc)580 kJd)770 kJe)500 kJ
826.
O acetileno (C
2
H
2
), usado nos maçaricos de solda aoxigênio, queima conforme a equação:C
2
H
2(g)
 
+
2,5O
2(g)
 
2CO
2(g)
+ H
2
O
(l)
Dados:2C
(s)
 
+
H
2(g)
 
C
2
H
2(g)
H=
+
54,2 kcal/molH
2(g)
+ 0,5O
2(g)
 
H
2
O
(l)
H= -68,3 kcal/molC
(s)
+ O
2(g)
 
CQ
2(g)
H= -94,1 kcal/molA diferença de entalpia para a combustão completa deacetileno será:a)-188,2 kcal/molb)-330 kcal/molc)-310,7 kcal/mold)-376,4 kcal/mole)-115 kcal/mol
827.
A decomposição do explosivo nitroglicerina liberta
www.alcidesquimica.com.br 140
 
Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química 
grande volume de gases e considerável quantidade decalor, de acordo com a reação:4C
3
H
5
(ONO
2
)
3(s)
 
12CO
2(g)
+
10 H
2
O
(g)
 
+
6N
2(g)
 
+
O
2(g)
Dados os calores de formação: nitroglicerina,
H
= -58,0kcal/mol; CO
2(g)
 
H
= -94,0 kcal/mol; H
2
O
(g)
 
H
= -57,8kcal/mol, a variação de entalpia na decomposição denitroglicerina em kcal por mol de glicerina é:a)-368,5b)-737,0c)-1.105,5d)-945,5e)-437,5
828.
Considere os seguintes dados, referentes àcombustão de um mol de carbono e um mol de enxofre:C
(s)
 
+
O
2(g)
 
CO
2(g)
 
+
94 kcalS
(s)
 
+
O
2(g)
 
SO
2(g)
+
70 kcalQual o calor produzido pela queima de 100 g da misturade carbono e enxofre contendo 10% em massa deenxofre? (Dados: O = 12; S = 32)a)166 kcalb)332 kcalc)500 kcald)705 kcale)727 kcal
829. (Unicamp)
A hidrazina (H
2
N — NH
2
) tem sidoutilizada como combustível em alguns motores defoguete. A reação de combustão que ocorre pode serrepresentada, simplificadamente, pela seguinte equação:H
2
N
NH
2(g)
 
+
O
2(g)
 
= N
2(g)
+ 2 H
2
O
(g)
A variação de entalpia dessa reação pode ser estimada apartir dos dados de entalpia das ligações químicasenvolvidas. Para isso, considera-se uma absorção deenergia quando a ligação é rompida, e uma liberação deenergia quando a ligação é formada. A tabela a seguirapresenta dados de entalpia por mol de ligaçõesrompidas.
LigaçãoEntalpia / kJ mol
-1
H H436H O 464N N 163N = N 514N
N946C H 413N H 389O = O 498O O 134C = O799a)Calcule a varião de entalpia para a reão decombustão de um mol de hidrazina.b)Calcule a entalpia de formação da hidrazina sabendo-se que a entalpia de formação de água no estado gasosoé de -242 kJ mo
-1
.
830.(Unicamp/2000)
Considere uma gasolina constituídaapenas de etanol e de n-octano, com frações molaresiguais. As entalpias de combustão do etanol e do n-octanosão -1368 e -5471 kJ/mol, respectivamente. A densidadedessa gasolina é 0,72 g/cm
3
e a sua massa molaraparente, 80,1 g/mol.a)Escreva a equão química que representa acombustão de um dos componentes dessa gasolina.b)Qual a energia liberada na combustão de 1,0 moldessa gasolina?c)Qual a energia liberada na combuso de 1,0 litrodessa gasolina?
831. (Cesgranrio)
Dado o esquema a seguir,estabelecido nas condições padrão:Sabendo que a entalpia padrão de formação de CO
(g)
éigual a -26 kcal/mol calcule, a entalpia padrão deformação do metanol líquido.
832. (ITA)
É
 
dado o gráfico de energia a seguir, referenteà dissolução do KNO
3
(c) em muita água:A respeito do gráfico são feitas as seguintes afirmações:1) A energia posta em jogo no processo de ruptura dasligações iônicas do KNO
3
(c) é representada por x
+
w.II) A energia posta em jogo no processo de dissolução érepresentada por x.III) O processo de ruptura das ligações iônicas do KNO
3
(c)é endo-energético.Quais dessas afirmações estão
corretas
?
833.
Sabendo-se que a energia das ligações:
LigaçãoEnergia
C H98,8 kcalCl Cl 58,0 kcalC Cl 78,5 kcalH = Cl 103,2 kcalCalcule a variação de entalpia (
H) do processo:CH
4(g)
 
+
Cl
2(g)
 
CH
3
Cl
(g)
 
+
HCl
(g)
834.
Julgue os itens.a) Reações que liberam calor chamam-se exotérmicas,quando absorvem calor chamam-se endotérmicas.b) Calorímetros o aparelhos usados para medir aquantidade de calor que é liberada ou absorvida numatransformação física ou química.c) O Prinpio de Conservação da Energia diz que aenergia o pode ser criada nem destruída, apenastransformada.d) Reações endotérmicas são aquelas em que há aumentode entalpia, as exotérmicas o aquelas em que diminuição de entalpia.
835. (Unicamp)
Grafite e diamante são formas alotró-picas do carbono, cujas equações de combustão sãorepresentadas abaixo:
www.alcidesquimica.com.br 141
 
Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química 
C
(gr)
 
+
O
2(g)
 
= CO
2(g)
 
H = -393,5 kJ.mol
-1
C
(d)
 
+
O
2(g)
= CO
2(g)
 
H = -395,4 kJ.mol
-1
a)Calcule a varião de entalpia necessária paraconverter 1 mol de grafite em diamante.b)Qual a variação de entalpia envolvida na queima de120 g de grafite? Dado: C 12.
836.
Com os dados a seguir, construa um diagrama deentalpia da conversão: H
2
O
(l)
 
H
2
O
(g)
 Calor de formação da H
2
O
(l)
= -68,3 kcal/molCalor de formação da H
2
O
(g)
= -57,8 kcal/mol
837. (UniCEUB-2ª/2000)
Uma lamparina queima álcooletílico segundo a equação balanceada:C
2
H
5
OH
(l)
 
+
3O
2(g)
 
2CO
2(g)
+ 3H
2
O
(l)
Conhecendo os calores de formação do álcool etílico (-277kJ/mol), do gás carbônico (-393 kJ/mol) e da água (-285kJ/mol), podemos afirmar que:a)a combustão ocorre com liberação de 1.928 kJ/mol deálcool etílico.b)a combustão ocorre com absorção de 1.928 kJ/mol deálcool etílico.c)essa reação é atérmica.d)a combustão ocorre com absorção de 1.364 kJ/mol deálcool etílico.e)a combustão ocorre com liberação de 1.364 kJ/mol deálcool etílico.
838.
Uma reação química é um femeno detransformação de substâncias denominadas reagentes emoutras substâncias denominadas produtos. Sobre osaspectos termo-cinéticos das reações químicas, julgue ositens.a) Um dos sistemas propelentes usados em foguetes éuma mistura de hidrazina, N
2
H
4
, como combusvel eperóxido de hidrogênio, H
2
O
2
, como oxidante. Essa reaçãose inicia pelo simples contato dos reagentes, de-monstrando a alta afinidade entre os mesmos. A reaçãoque ocorre é:N
2
H
4(l)
+
2H
2
O
2(l)
 
N
2(g)
+
4H
2
O
(g)
O
H dessa reação vale -151,2kcal, tomando por base asentalpias de formação dos reagentes e produtos.
Dados:
N
2
O
4(l)
=
+
12 kcal/molH
2
O
2(l)
= -46 kcal/molH
2
O
(g)
= -57,8 kcal/molb) Em relação a entalpia de formação do N
2(g)
o seu valorserá sempre igual a zero.
839.
Qual o nome do
H das seguintes reações:a)C
2
H
5
OH
(l)
 
+
3O
2(g)
2CO
2(g)
 
+
3H
2
O
(l)
 
H = -213 kcalb) 2C
(s)
+ 3H
2(g)
 
+
½ O
2(g)
 
C
2
H
5
OH
(l)
 
H = -66,4 kcal
840.
 
(Fuvest)
Considere os dados
ReagenteProduto
H (condiçõespadrão)
1C
(grafite)
 
C
(diamante)
+0,5 kcal/mol de C2I
(g)
 
½ I
2(g)
-0,25 kcal/mol de I3½ Cl
2(g)
 
Cl
(g)
+0,30 kcal/mol de ClPode-se afirmar que o reagente tem
maior
energia que oproduto somente em:a)1b)2c)3d)1 e 2e)1 e 3
841. (Fuvest)
Considere as transformaçõesrepresentadas por:I) água
cátion hidrogênio
+
ânion hidroxilaII) água
hidrogênio
+
oxigênioIII) água sólida
água líquidaNo sentido indicado ocorre absoão de energia nastransformações representadas em:a)I, II e IIIb)I e II, somentec)II e III, somented)II, somentee)III, somente
842. (Fuvest)
Na reação representada por:CH
4(g)
+ 4Cl
2(g)
CCl
4(l)
+ 4HCl
(g)
Ha liberação de 108 kJ de energia térmica por mol de HClformado. Nas mesmas condições, qual será a enerqiatérmica liberada na formação de 73,0 g do HCl
(g)
? (massasatômicas: H = 1,0 e Cl = 35,5).a)54kJb)108kJc)162kJd)216kJe)432 kJ
843.
Dos seguintes valores a 25ºC:Fe
2
O
3(s)
+ 3C
(grafite)
 
2Fe
(s)
+ 3CO
(g)
 
H = 117,3 kcalFeO
(s)
+ C
(grafite)
 
Fe
(s)
+ CO
(g)
 
H = 37,3 kcalC
(grafite)
+ O
2
 
CO
2(g)
 
H = -94,05 kcalCO
(g)
+ 1/2O
2(g)
CO
2(g)
 
H = -67,63 kcalPodemos concluir que os valores de
H para as reações:Fe
(S)
+ 1/2O
2(g)
 
FeO
(s)
e2Fe
(S)
+ 3/2O
2(g)
 
Fe
2
O
3(s)
Valem respectivamente:a)63,72 kcal e 196,56 kcalb)67,63 kcal e 202,89 kcalc)196,56 kcal e -63,72 kcald)-63,72 kcal e -196,56 kcale)37,3 kcal e -117,3 kcal
844. (UnB)
A energia de ligação é a quantidade deenergia necessária para quebrar um mol de uma dadaligação. Então, por energia de ligação entende-se avariação de entalpia,
H, usada para romper um mol deligação. Por exemplo, na reação, a 25ºC, representadapela equação:CH
4(g)
C
(g)
+ 4H
(g)
;
H
=
1664 kJ/mol,são quebrados 4 mols de ligações C
H, sendo a energiade ligação, portanto, 416 kJ/mol. Ao passo que na reação:
www.alcidesquimica.com.br 142

Activity (49)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Jéssica Hietala liked this
Caio Mabial liked this
Jonas Farias liked this
Everton Moreira liked this
Lidiane Monteiro liked this
Sandra Nogueira liked this
Felipe Carneiro liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->