Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Brasil que só os gringos enxergam.

O Brasil que só os gringos enxergam.

Ratings: (0)|Views: 15 |Likes:
Published by Ricardo Amorim
Texto do economista Ricardo Amorim publicado na Revista IstoÉ (03/2012)
Texto do economista Ricardo Amorim publicado na Revista IstoÉ (03/2012)

More info:

Published by: Ricardo Amorim on May 02, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/25/2013

pdf

text

original

 
O Brasil que só os gringos enxergam
Nos últimos meses, é raro passar uma semana sem que eu receba um convite parapalestrar em conferências no exterior sobre investimentos no Brasil. Tenho feitotambém muitas reuniões de consultoria com estrangeiros, presidentes e diretores demultinacionais, visitando nosso país para conhecer melhor sua economia. Em pautadecisões sobre uma eventual entrada ou ampliação das operações de suas empresaspor aqui. Quase sempre, algum tempo depois, os investimentos se materializam. Após duas décadas apresentando a economia brasileira a investidores locais eestrangeiros, pensei que nada mais me surpreenderia. Engano meu.Nos anos 90 e início da década passada, perguntas em relação ao Brasil eram sobreproblemas e riscos. Ao longo deste período, a análise aprofundada de casos de crisesfinanceiras em muitos países treinou-me a identificar sintomas e causas que levam acrises econômicas, mais ou menos como um médico faz um diagnóstico.Eu nem imaginava que um dia iria antecipar crises nos EUA, Europa e Japão
 –
as execonomias modelos
 –
e suas consequências. Imaginava, ainda menos, que altosexecutivos de empresas de lá me procurariam para entender crises econômicas eimpactos nos seus negócios. Ao contrário de nós brasileiros, forjados em crises nosanos 80 e 90, os ricos não as enfrentavam há décadas, o que despreparou seusexecutivos.Outra surpresa, a imensa maioria das perguntas dos estrangeiros, agora foca emparticipar da emergência brasileira e não mais em quais problemas o Brasil ainda tem.O ganho de importância do Brasil e a consequente mudança de postura dacomunidade empresarial global em relação a nós já aconteciam há anos, mas seaceleraram após a crise financeira global de 2008.Nos últimos três anos, investimentos produtivos de empresas estrangeiras no país
 –
 IED no jargão dos economistas
 –
triplicaram, levando o país de 14º a 3º receptor global, atrás apenas da China e EUA. A imagem do país entre os estrangeiros mudou. Entre nós mesmos, ainda não. As recentes reclamações da presidente Dilma em relação a
o “tsunami financeiro”
vindo dos países ricos, e do ministro Guido Mantega quanto à Guerra Cambialdesconsideram a nova ordem econômica global. Em 2010, neste mesmo espaço, emmeu artigo
,já alertava que forte emissão monetária e enfraquecimento dasmoedas dos países ricos, e ainda um redirecionamento do crescimento chinês paramais consumo local
 –
também anunciado esta semana
 –
eram inevitáveis.Não significa que o Brasil não possa e não deva enfrentar o novo quadro. Porém, parater sucesso, é preciso compreender este quadro, abandonar sucessivas medidas decontroles de capitais, que só enxugam gelo, e lidar com o cerne do problema brasileirode competitividade: o excesso de gasto público.Se o governo gastar menos, tomar menos dinheiro emprestado, as taxas de jurosbaixarão mais, atraindo menos dólares e reduzindo a apreciação do Real. Os impostospodem cair e investimentos em infraestrutura crescer, melhorando a competitividade.Enfim, os estrangeiros enxergam o Brasil como potência econômica, já nosso própriogoverno, ao invés de tomar as rédeas da situação, culpa outros países pelos malesque nos afligem e por defender seus próprios interesses e necessidades.Ricardo AmorimEconomista, apresentador do programa Manhattan Connection da Globonews epresidente da Ricam Consultoria.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->