Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
67Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Aprenda a Reaproveitar Os Alimentos

Aprenda a Reaproveitar Os Alimentos

Ratings:

4.67

(3)
|Views: 26,634 |Likes:
Published by marisebrandao

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: marisebrandao on Apr 11, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/13/2013

pdf

text

original

 
Colégio Estadual Joaquim de MacedoBarra do Piraí, 13 de junho de 2008.Professora Marise BrandãoTurma 401
 
Aprenda a reaproveitar os alimentos
 
O reaproveitamento dos alimentos leva a uma economia mensal de 20%.O segredo é não desperdiçar nada do que é comprado. As pessoas precisam se conscientizar dariqueza que jogam no lixo, e que podem ser aproveitadas em sopas, bolinhos, bifes, souflês, sucos, doces,chás, etc.As receitas além de reaproveitar as sobras ainda fazem bem à saúde, pois a grande parte dosnutrientes dos legumes e das verduras se concentra nos talos.Podemos aproveitar:
Os talos: da couve, do brócolis, da couve-flor, do espinafre, do agrião, da beterraba, da cenoura, etc.
As cascas: da abóbora, da banana, da batata-inglesa, da batata doce, do abacaxi, da maçã, da laranja, daberinjela e outras mais.
As folhas: do brócolis, da beterraba, da couve-flor,etc.O importante em todo o processo é higienizar bem os legumes e as verduras antes de usá-los. Casovocê não vá usar as cascas, as folhas e o talos naquele momento, guarde-os no congelador para usá-losquando necessário, o sabor não será alterado. Ao reaproveitar os alimentos, pense que você vai utilizar oque tiver e, que seu alimento, feito com carinho, estará sempre convidativo, aos olhos e ao paladar.Reciclar os alimentos é uma necessidade e uma atitude de respeito à humanidade e ao meio ambiente.1 – Aproveitamento de sobras de pão:O pão pode ser de qualquer tipo,não havendo problema emmisturar casquinhas e miolos.Para emudecer o pão, bata no liquidificador:2 xícaras de chá de leite1 pitada de salSe quiser cobrir o pão, bata junto o que quiser:Um pouquinho de espinafre – pão verde ( Sanduíche de Mar-ciano).Um pouquinho de beterraba – pão roxo
Maria Sílvia Chaves Ferraz Guimarães, professora e Gestora em Hotelaria e Turismo, formada pela UGB.
 
 Um pouquinho de cenoura – pão laranjaApós molhar o pão, mistura-se as sobras do que tiver de frango, carne, peixe ou lingüiça e mais os talos efolhas de legumes e verduras, cortados bem fininhos. Bate-se 1 ou 2 ovos, primeiro a clara e depoisacrescenta-se a gema e mistura-se no pão. Não precisa colocar fermento. Leva-se ao forno e quandocrescer e dourar, está bom.2 – Rocambole de batata com recheio de talos e folhas delegumes e verduras:Materiais: sobras de frango, carne, peixe, etc.Massa: 1 kilo de batatas cosidas e espremidas1 colher de sopa de margarina1 colher de sopa rasa de fermento1 ovo inteiro3 colheres de sopa de farinha de trigoModo de fazer: Unte um tabuleiro e coloque a massa de batatas para assar, pincele com gema ounata de leite. Após as-sada, vire-a em cima de um pano limpo ou papel manteiga, co-loque o recheio e é só enrolar.Recheio: Fazer um refogado à gosto com alho e cebola, coloque ossos de frango para ferver e retire umcaldo, que é a base do recheio. Engrosse-o e reserve-o.Desfiar sobras de frango, ou carne ou peixe e acrescentar ao caldo. Caso use peixe, o caldo poderá serfeito com a cabeça e o rabo. Aproveite, então, todos os talos e folhas que tiver, pique tudo bem pequeno eacrescente no ao caldo reservado. Se quiser dê uma fervura e prove os temperos. Logo que o rocamboleesteja enrolado, está pronto para ser consumido. Enfeite o rocambole com raminhos verdes de verdurasou rodelinhas coloridas como as de tomate, cenoura, pimentão, etc. 3 – Arroz tipo à Grega ( Com aproveitamento de talos e folhas de verduras e legumes variados) :Refogue o arroz como de costume, usando alho, cebola e uma pitada de sal. Ao acrescentar a àgua,coloca-se os talos e folhas de legumes e verduras, picados pequenos e mais a cenoura ralada grossa oupicada em quadradinhos, e mais o que você gostar, tipo pimentão verde, vermelho, milho verde, etc. Vocêterá uma arroz bonito, bem colorido, com bastante fibra, saboroso e nutritivo.4 – Quibe de umbigo de bananeira:O umbigo da bananeira tem muita proteína e pode substituir a carne moída.
Maria Sílvia Chaves Ferraz Guimarães, professora e Gestora em Hotelaria e Turismo, formada pela UGB.
 
Modo de fazer: Lave o umbigo, pique-o miudinho e deixe-o de molho em um pouco de vinagre poruma hora e meia. Firva-o, trocando a água por 3 vezes. Fica igual a carne moída e então é só temperar agosto.Massa: 500 g de trigo para quibe – molhar com 1 litro de água fervente e acrescentar:
cebola picada a gosto( não ralar para não amargar)
hortelã picada a gosto
azeite a gosto e 400 gramas de umbigo de bananeira
pimenta síria a gosto( não é preciso usar alho no quibe).Unte um pirex ou tabuleiro com óleo, espalhe a massa, risque-a coma faca quadriculando-a e regue-a com um pouco mais de azeite. Asse-a. Caso queira fazer o quibe frito, então, é necessário amassarbastante ou moer na máquina de moer carne.5 – Brigadeiro de casca de Banana:Ingredientes: 12 casacas de banana nanica madura6 colheres de sopa de farinha de trigo6 colheres de sopa de leite em pó1 xícara de Nescau ou chocolate em pó ou achocolatado1 colher de sopa de margarina1 copo tipo requeijão grande de açúcar cristalModo de fazer: Picar a aferventar as cascas. Trocar a água e cozinhá-las por mais ou menos 20 minutoscom água suficiente para o cozimento. Bater no liquidificador utilizando um copo e meio de água docozimento. Acrescentar os ingredientes, deixando a margarina para o final e leve ao fogo baixo mexendosempre. Quando estiver em ponto de brigadeiro coloque a margarina. Despejar em superfície untada edeixar esfriar. Enrolar e passar em granulado( mais ou menos 200 gramas). 6 – Cocadinha com casca de Abóbora:Ingredientes:500 gramas de casca de abóbora já triturada500 gramas de açúcar cristal1 pitada de sal1 colher de sobremesa de caldo de limão3 cravos e pedacinhos de canela em pau.Modo de fazer:Antes de descascar a abóbora lave-a bem com escova. Pique-a em pedaçospequenos e bata-os no liquidificador com água filtrada o suficiente para bater. Escorra e esprema a polpatriturada. Leve-a ao fogo brando em panela grossa, acrescente a pitada de sal, o limão e o açúcar cristal,mexendo de vez em quando. O ponto é obtido quando começar a açucarar em volta da panela. Despejarem superfície untada, cortar e deixar secar. 7 – Suco de Inhame: ( Fica parecido co suco de coco)Ingredientes3 colheres de sopa de leite em pó1 copo( tipo requeijão) de inhame cru
Maria Sílvia Chaves Ferraz Guimarães, professora e Gestora em Hotelaria e Turismo, formada pela UGB.

Activity (67)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Iara Vasconcelos liked this
Adriana Ponci added this note
gotei
Francicleide Souza added this note
Parabéns! Obrigada pelas dicas...
ilsribeiro9803 liked this
Debora Miranda added this note
hum ótima dica, ajudou-me muito no meu trabalho.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->