Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
FISIOLOGIA DA CICATRIZAÇÃO

FISIOLOGIA DA CICATRIZAÇÃO

Ratings: (0)|Views: 50 |Likes:

More info:

Published by: Pra Aletheya Benacon Dantas on May 17, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/11/2014

pdf

text

original

 
 
1
Introdução
 No momento do trauma são interrompidas as conexões vasculares e nervosas, sendoque, quanto mais extenso o traumatismo, maior é o número de elementos lesados.Podem ser encontrados nas feridas tecidos desvitalizados, sangue extravasado, micro
 – 
 organismo ou corpos estranhos, como terra, fragmento de madeira, vidro e outros,dependendo do tipo de acidente e do agente causal.Após lesão tecidual de qualquer natureza, o organismo desencadeia a cicatrização,considerado um processo extremamente complexo, composto de uma série de estágios,interdependentes e simultâneos, envolvendo fenômenos químicos, físicos e biológicos.Conforme a intensidade do trauma, a ferida pode ser considerada superficial, afetandoapenas as estruturas de superfície, ou grave, envolvendo vasos sanguíneos maiscalibrosos, músculos, nervos, fáscias, tendões, ligamentos ou ossos.Independentemente da etiologia ferida, a cicatrização segue um curso previsível econtínuo, sendo dividida didaticamente em três fases (fase inflamatória, fase proliferativa e fase de maturação).
 
 
2
1.
 
ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE
A pele é o maior órgão do corpo, representando 15% de seu peso.Trata-se do manto de revestimento do organismo, que isola oscomponentes orgânicos do ambiente externo. Sua complexa estruturade tecidos, de varias naturezas, está adaptada a exercer diferentesfunções, tais como proteção, termorregulaçao e percepção, entreoutras.A pele é composta de três camadas principais: epiderme (camadamais externa), derme (camada intermediaria) e hipoderme, ou tecidocelular subcutâneo (camada interna)A epiderme é um epitélio estratificado composto de queratinocitos eformado por quatro camadas celulares distintas: camada germinativaou basal, camada espinhosa, camada granulosa e camada córnea.
2.
 
FERIDAS
É caracterizada pela descontinuidade dos tecidos, podendo ser superficial ou profunda, e deve fechar em até seis semanas.O cuidado com feridas traumáticas é determinado pela forma comosão tratadas. Cada tipo de fechamento da ferida tem um efeito sobrea cicatrização. Pode ocorrer cicatrização por primeira, segunda outerceira intenção.
2.Etiologia: Aguda ou Crônica
Ferida aguda: quando há ruptura da vascularização, a reação inflamatória aguda secaracteriza por modificações anatômicas predominantemente vasculares e exsudativas.Ferida Crônica: quando o processo de cicatrização se caracteriza por uma resposta mais proliferativa, do que exsudativa.Segundo Dealey ,as feridas agudas geralmenterespondem de ,maneira rápida ao tratamento e cicatrizam sem maiores complicações
 
 
3
,enquanto em que as feridas crônicas são de longa duração e podem reincidir frequentemente .São exemplos :úlceras de pressão e vasculares .
2. Comprometimento tecidual.
 
Localização Anatômica;
 
Avaliando-se o tamanho, comprimento largura, profundidade e formação detúneis;
 
Pelo aspecto do leito da ferida e pele circunjacente;
 
Drenagem, cor e consistência;
 
Dor ou hipersensibilidade e temperatura.
2.1.Como foram produzidas:Contusas:
 produzida por objeto, rombo traumatismo das partes mole: exe.; martelo.
Incisas ou cortante:
produzida por um instrumento cortante afiado. Feridas limpasgeralmente fechadas por sutura (ponto) exemplo, bisturi, navalha, vidro.
Laceradas:
produzido por um objeto que rasga os tecidos, com destruição dos tecidos e bordas irregular. Exemplo: faca cega, arame farpado, etc:
Perfurantes:
pequenas lesões na pele causadas por objeto pontiagudo, exemplo, furador de gelo, projetil. Punhal, prego.
Penetrante:
produzida normalmente por armas de fogo, variam de acordo de arma,munição utilizada e trajeto produzido;
Escoriação:
atrito com superfície áspera, como o solo e parede;
Térmica e queimadura:
exposição a temperaturas extremas de calor e frio;
Patológicas:
causadas por fatores intrínsecos do paciente como as úlceras venosas,artérias, ulcera por pressão, ulcera crônicas por problemas metabólicos ou neoplasias;
Latrogênica:
secundaria a procedimentos ou tratamento como radioterapia;
Amputação:
produzida através da laceração ou separação forçada dos tecidos, afetandocom maior frequência as extremidades.
Grau de contaminação

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->