Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
proc_07855_13_decisao_singular_ds1tc_00043_13_decisao_singular_1_cam.pdf

proc_07855_13_decisao_singular_ds1tc_00043_13_decisao_singular_1_cam.pdf

Ratings: (0)|Views: 0|Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on May 23, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/23/2013

pdf

text

original

 
NCB Processo TC 07855/13 PM de MÂE D’ÁGUA Denúncia - 2013
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC 07855/13.
Prefeitura do Municipal de Mãe D’Água. Licitação. Pregão Presencial nº 030/2013. Improcedência dos fatos alegados pelo denunciante. Possibilidade de acesso ao Edital conforme disposições legais. Indeferimento da cautelar suscitada. Envio do Processo de Licitação para exame pelo TCE-PB. Comunicação aos interessados.Arquivamento dos autos. 
DECISÃO SINGULAR – DS1 – TC – 00043/13
Tratam os presentes autos de
representação,
com pedido decautelar, apresentada pela Ponto Ótica Central – Almeida Bezerra & CiaLTDA, em face do
Edital do Pregão Presencial n°030/2013,
promovidopela Prefeitura Municipal de Mãe D’Água/PB, cujo objeto é a contrataçãode empresa para o fornecimento parcelado de óculos de grau, lentes earmações destinados à população carente do município, conformeespecificações do edital.A presente representação decorre de denúncia formulada peloSr. Geraldo Maximiano Bezerra Junior e pelo Sr. Philippe Almeida Bezerra – Sócio – Administrativo e Sócio – Advogado da empresa Almeida Bezerra& Cia Ltda, respectivamente.Alega, em síntese, a empresa denunciante que a Prefeitura deMãe D' Água/PB negou o fornecimento do Edital de Licitação do PregãoPresencial nº. 30/2013, por meio eletrônico de comunicação, afirmando quesó será entregue na Sede da Prefeitura a algum representante da empresa.Requereram os denunciante, ao final, a imediata suspensão dasessão Pública de abertura do respectivo Pregão.A Auditoria desta Corte entendeu, preliminarmente, que arepresentação preenche os requisitos de admissibilidade previstos no art.113, § 1º da Lei nº 8.666/93 e do Regimento Interno desta Corte de Contas,art. 2º, inciso XVI, e quanto ao ponto questionado pelos denunciantesexpôs o seguinte:
O ato de negar o fornecimento do edital por e-mail não éarbitrário, eis que, ao invés de contrariar a Lei 8.666/93, está emconsonância com o § 1º , art. 21 daquele diploma legal;

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->