Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
proc_02470_11_acordao_apltc_00252_13_decisao_inicial_tribunal_pleno_.pdf

proc_02470_11_acordao_apltc_00252_13_decisao_inicial_tribunal_pleno_.pdf

Ratings: (0)|Views: 0|Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on May 24, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/24/2013

pdf

text

original

 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC 02470/11
1/9
Origem: Câmara Municipal de CabedeloNatureza: Prestação de Contas – exercício de 2010Responsável: Wellington Viana FrançaRelator: Conselheiro André Carlo Torres Pontes
PRESTAÇÃO DE CONTAS
. Câmara Municipal de Cabedelo. Exercício de2010. Ausência de falhas relevantes. Atendimento integral da LRF. Regularidadedas contas. Recomendações. Informação de que a decisão decorreu do exame dosfatos e provas constantes dos autos, sendo suscetível de revisão.
ACÓRDÃO APL-TC 00252/13RELATÓRIO
Cuidam, os autos, da prestação de contas advinda da Mesa Diretora da CâmaraMunicipal de
Cabedelo
, relativa ao exercício de
2010
, de responsabilidade do seu VereadorPresidente, Sr. WELLINGTON VIANA FRANÇA.A matéria foi analisada pelo Órgão de Instrução deste Tribunal, lavrando-se o relatórioinicial de fls. 19/28, com as colocações e observações a seguir resumidas:
Na gestão geral:
1.
 
A prestação de contas foi encaminhada no prazo legal, mas em desconformidadecom a Resolução Normativa RN - TC 03/10, por não se fazer acompanhar dosdecretos de abertura de créditos adicionais;2.
 
A lei orçamentária anual estimou as transferências em R$ 6.898.440,00 e fixou asdespesas em igual valor, sendo efetivamente transferidos R$ 6.011.543,26;3.
 
O gasto total do Poder Legislativo foi de 6,98% do somatório da receita tributária edas transferências do exercício anterior, não transpassando o limite constitucional;4.
 
A despesa com folha de pagamento de pessoal atingiu o percentual de 68,64% dastransferências recebidas;5.
 
Normalidade nos balanços e na movimentação extraorçamentária;
 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC 02470/11
2/9
6.
 
As remunerações dos Vereadores se comportaram dentro dos limites impostos pelalegislação pertinente;7.
 
Não houve registro de denúncia;8.
 
Foi realizada diligência no Município para instrução deste processo no mês defevereiro de 2012.
Na gestão fiscal (Lei Complementar 101/2000):
9.
 
As despesas com pessoal corresponderam a 3,68% da receita corrente líquida doMunicípio;10.
 
Os relatórios de gestão fiscal foram publicados e encaminhados ao Tribunalconforme as normas aplicáveis;11.
 
Sobre a elaboração do RGF, existe diferença entre o valor informado neste e naPCA, no tocante à receita corrente líquida – RCL, fato não considerado relevantepela Auditoria que informou está correto o dado da PCA;12.
 
Por fim, o Órgão Técnico informou ter havido o atendimento integral àsdisposições da LRF.
Quanto aos demais aspectos examinados
, foram evidenciadas as seguintesinconformidades:a)
 
Descumprimento da Resolução Normativa RN - TC 03/10;b)
 
Despesas não licitadas no montante de R$ 241.810,71, conforme quadro abaixo:
Objeto Credor Valor (R$)
Aguinaldo Amaral Vaz Viega 15.600,00Antônio Anastácio Bezerra Duarte 11.700,00Célio Lima Marinho 34.800,00Eliane Cavalcanti Fagundes 15.600,00José Edison do Nascimento Neto 9.000,00Luiz Carlos Pinto da Silva 13.000,00Locação de veículosValdete Farias Rodrigues Duarte 28.800,00Telefonia móvel Claro BSE AS 80.501,07Fotocópias Copy Line Comércio e Serviços Ltda 9.600,00Aquisição de combustível Jaime T Moura 23.209,64
Total 241.810,71
 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC 02470/11
3/9
c)
 
Desproporcionalidade entre a quantidade de cargos comissionados e efetivos,contrariando entendimento do Supremo Tribunal Federal;d)
 
Criação de cargos comissionados para o exercício de atribuições técnicas eoperacionais que dispensam a confiança pessoal da autoridade pública no servidornomeado, descumprindo o art. 37, inciso V da Constituição da República.Notificado sobre as conclusões da Auditoria, o interessado apresentou defesa através doDocumento TC 21179/12. A Auditoria, após a análise, permaneceu com o entendimento inicial.Instado a se pronunciar, o Ministério Público de Contas, em parecer da lavra daSubprocuradora-Geral Elvira Samara Pereira de Oliveira, opinou pela: a) irregularidade das contas; b)atendimento integral aos preceitos da LRF; c) aplicação de multa prevista no art. 56, II, da LeiOrgânica desta Corte à autoridade responsável, em virtude da não realização de procedimentoslicitatórios e do desrespeito ao disposto no art. 37, II, da CF/88; d) Recomendação à atual gestão daCâmara Municipal de Cabedelo, no sentido de conferir estrita observância às normas consubstanciadasna Constituição Federal e na Lei de Licitações e Contratos, de modo a não mais incidir nas falhasdestacadas nas presentes contas.Os autos foram agendados para julgamento na presente sessão, feitas as intimações deestilo.
VOTO DO RELATOR
Dentre os princípios que regem a atividade administrativa estatal ancora-se o docontrole, cuja finalidade atrela-se à própria natureza do Estado, que lhe limita a atividade e buscaconformar necessariamente o desenvolvimento de suas ações à ordem jurídica.Destarte, objetiva o controle, para a defesa da própria administração e dos direitos dosadministrados, bem como para assegurar a cada ente da federação o pleno exercício da sua missãoconstitucionalmente outorgada, uma atuação da Administração Pública sintonizada com os princípiosconstitucionais que a norteiam, a saber: legalidade, moralidade, publicidade, impessoalidade eeficiência.É finalidade, pois, do controle avaliar a aplicação de recursos públicos sob os focos dalegalidade (regularidade formal) e da conquista de bons resultados (aplicação com eficiência, eficácia eefetividade - legitimidade).

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->