Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Susan Mallery - Série Príncipes do Deserto 03 - A Noiva Secreta do Sheik (Talionis)

Susan Mallery - Série Príncipes do Deserto 03 - A Noiva Secreta do Sheik (Talionis)

Ratings: (0)|Views: 898 |Likes:
Published by Cleidi

More info:

Published by: Cleidi on May 27, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/04/2013

pdf

text

original

 
 Susan MalleryPríncipes do Deserto 03
** 
Essa tradução foi feita apenas para a leitura dos membros do Talionis.
 **
1
 
Susan Mallery 
A Noiva Secreta do Sheik
Série Príncipes do Deserto 03
Liana e o rei Liana Archer, divorciada e com uma filha, lera muitos romances cujos protagonistaseram xeques apaixonados. No entanto, ficou atônita quando o incrivelmente atraente Malik Khan, príncipe herdeiro do exótico Reino de El Bahar, a raptou a ela e à sua filha e as levou para o seu palácio. O que poderia querer um príncipe do deserto de uma simples professora de SanBernardino que, afinal, não era nenhuma beleza extraordinária? Aniquilada e absolutamenteembriagada de desejo, Liana transformou-se rapidamente na esposa de Malik. Mas, atrever-se-iaa confiar o seu coração e a sua filha a um homem que lhe podia dar tudo exceto amor? Ouconseguiriam mudar o orgulhoso príncipe herdeiro e tornar o seu Reino mais completo? 
Disp em Esp:
Consuelo
Envio do arquivo e Formatação:
 
 Δίκη
 
Revisão Inicial:
Hayati 
 
Revisão Final:
Matias Jr.
Capa:
ÉlicaTalionis
Comentário do Revisor Matias Jr.:
Uma história meio absurda... Mas suponho que as nossas"maluquinhas" vão adorar.
 
 Susan MalleryPríncipes do Deserto 03
** 
Essa tradução foi feita apenas para a leitura dos membros do Talionis.
 **
2
 
Capítulo 1
Olhe, mamãe!
Liana Archer deixou a novela que estava lendo e olhou pela janela doavião. Viu um céu espaçoso, um sol implacável e em torno de uma dúzia de homens a cavalo quese aproximavam do avião.
Não se preocupe, Bethany
disse à sua filha.
Só são...Liana se deteve em seco ao perceber o que acabava de ver. Homens a cavalo.Uns minutos antes, quando o piloto anunciou que demorariam um pouco para desembarcarporque surgiu um problema no terminal do aeroporto, Liana deu por certo que seria umadificuldade técnica ou que a passagem de algum avião se adiantou. Não imaginava que estavam aponto de sofrer um assalto por parte de uma tropa de nativos.Sem saber o que fazer, abraçou a sua filha de nove anos e falou com uma tranquilidade quenão sentia absolutamente.
Não acontecerá nada.Vários dos passageiros perceberam a presença dos cavaleiros. O tom das vozes subiu ealgumas mulheres começaram a gritar. Liana ficou tão nervosa que teve medo de deprimir-se;asseguraram que o Bahar era o país mais pacífico do oriente próximo e que seu rei era um homem justo e honrado que gozava do favor do povo, mas não estava tão segura. Se tivesse pensadoque podiam correr perigo, jamais teria exposto a sua filha nem se teria exposto a si mesma asemelhante situação.Nesse instante, os cavaleiros formaram um círculo ao redor do aparelho. Algunsdesmontaram e abordaram o avião pela parte dianteira.Bethany e sua mãe se afundaram em seus assentos. Liana pensou que ao menos tinham asorte de se encontrar na parte de trás; girou a cabeça para localizar a saída da cauda e seperguntou se poderia abrir e escapar dissimuladamente.
Mamãe?
perguntou a menina com voz tremente.
Vamos morrer?Liana deu um beijo em seu rosto e afastou uma mecha de cabelo loiro.
É obvio que não. Seguro que há uma explicação perfeitamente razoável para tudo isto; jáverá que...Vários homens altos e morenos, vestidos com túnicas, entraram dentro do avião. Pareciamestar procurando a alguém.
Que querem?
perguntou um homem trajado que se levantou de seu assento.
mulheres e crianças... Se procuram reféns, permitam que saiam antes.Os nativos o ignoraram. Um deles se aproximou de uma jovem e a obrigou a ficar em pé.Intercambiaram umas palavras que Liana não pôde entender e, ato seguido, levaram a jovem.Os passageiros perderam a calma. Ouviram-se gritos e até a própria Liana começou a tremer.Não entendia o que acontecia. Em parte, aceitou o emprego no Bahar porque adorava as novelas
 
 Susan MalleryPríncipes do Deserto 03
** 
Essa tradução foi feita apenas para a leitura dos membros do Talionis.
 **
3
 
românticas onde as protagonistas se apaixonavam por um sheik; mas o perigo não pareceu tãoapaixonante na vida real como na ficção.
Silêncio, por favor!A voz bastou para acalmar a histeria coletiva. Liana elevou a cabeça e viu um homem maisalto que os outros e bastante atraente. Jogou a capa para trás, assim pôde ver a pistola que levavano cinto.Paradoxalmente, a visão da arma a tranquilizou; se fossem disparar, ao menos teriam umamorte rápida.
Lamento que os tenhamos assustado
continuou o desconhecido.
Alguns de meushomens mais jovens tomaram sua missão com excesso de entusiasmo e descumpriram minhasordens, que consistiam em informar aos passageiros antes de atuar.O homem inclinou a cabeça um momento. Depois, voltou a se endireitar e sorriu de talforma que a Liana pareceu o ser mais belo da terra.
Sou Malik Khan, príncipe herdeiro do Bahar. Permitam-me que lhes dê boas vindas a meupaís... Nem o que acabam de ver era um intento de sequestro nem suas vidas correm perigo. Uma jovem americana que trabalha no palácio solicitou que seu prometido a resgatasse do avião, porassim dizer. Pelo visto, pareceu que partir com um homem a cavalo seria muito romântico...O príncipe Malik se dirigiu ao lado esquerdo do avião e acrescentou:
Como podem ver, satisfizemos os desejos da jovem.
Você vê algo?
Sussurrou Bethany a sua mãe.Liana forçou o pescoço para ver pelas janelas do lado contrário. A jovem em questão estavanos braços de um dos cavaleiros; e pelo beijo apaixonado que se davam, parecia mais do que feliz.
Estão se beijando
Informou a sua filha.
Suponho que é o que esse homem há dito...Uma simples brincadeira que saiu do controle.Bethany sorriu.
Estava tão assustada que pensei que o coração me sairia pela boca
disse a menina.Liana devolveu o sorriso.
Eu também, carinho. Olhe que se cuspirmos nossos corações e começam a pegar botespelo chão do avião...Bethany rompeu a rir.
Vejo que já está melhor, jovenzinha. Espero que não tenha medo do Bahar.Liliana e Bethany se viraram ao mesmo tempo. O príncipe se aproximara de seus assentos.
OH, não, não tenho medo
Afirmou Bethany.
Eu gostaria de ver seu país, mas não seforem cortar a cabeça...O príncipe sorriu.
Não, sua cabeça eu gosto onde está. Prometo-te que em Bahar estará a salvo... De fato,se alguém te incomodar, pode dizer que conhece pessoalmente ao príncipe herdeiro
declarou.A pequena cravou nele seus olhos azuis.
É um príncipe de verdade? Como na Cinderela?

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Sofia liked this
Claudia Bayer liked this
Claudia Bayer liked this
Luciana Medeiros liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->