Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Aula 06.pdf

Aula 06.pdf

Ratings: (0)|Views: 50 |Likes:
Published by ddeia_col

More info:

Published by: ddeia_col on May 31, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/17/2013

pdf

text

original

 
CURSO DE DIREITO CIVIL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PARA OCARGO DE ANALISTA JUDICIÁRIO
ÁREA JUDICIÁRIA DOCONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA
CNJ
1 Prof. Márcia Albuquerque www.pontodosconcursos.com.br 
 AULA 06
 – 
 
CONTRATOS: Contratos em Geral. Disposições
 
Gerais. Extinção. Preferências e Privilégios.
Olá! Vamos hoje para a nossa aula 06 que trata dos contratos.
DISPOSIÇÕES GERAISFONTES DAS OBRIGA
 
ÇÕES(ou fonte geradoras do dever de indenizar)
Diz-se
fonte de obrigação
o fato jurídico de onde nasce o vínculoobrigacional.
Trata-se da realidade
sub specie iuris
que dá vida à relaçãocreditória: o contrato, o negócio unilateral, o fato ilícito, etc.Chama-se fonte de uma obrigação ao fato jurídico de que emergeessa obrigação, ao fato jurídico constitutivo da obrigação.São fontes das obrigações:* Atos Jurídicos;* Contratos;* Ato Ilícito;
CONTRATOS
Você aprendeu que o
ato jurídico é unilateral
, ou seja, é uma
declaração de vontade
. Basta que uma pessoa declare sua vontadepara que a lei incidindo sobre esta vontade faça nascer a obrigaçãodela decorrente.Declaração de vontadeLEIFonte de obrigação: consequência jurídica
 
CURSO DE DIREITO CIVIL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PARA OCARGO DE ANALISTA JUDICIÁRIO
ÁREA JUDICIÁRIA DOCONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA
CNJ
2 Prof. Márcia Albuquerque www.pontodosconcursos.com.br 
O contrato parte da ideia de
NEGÓCIO JURÍDICO
; este é
BILATERAL
(sempre! Cuidado! Quando que digo que o contrato ésempre bilateral estou me referindo quanto à sua formação).O contrato é bilateral porque necessita para a sua formação de pelomenos duas pessoas (duas vontades) pelo simples fato que nãoposso realizar negócio comigo mesmo.Contrato de Compra e Venda
 “A” Vendedor
Objeto: imóvel
 “B” Comprador
 
CONCEITO
: Contrato é o
ACORDO
de
duas ou mais vonta
des, na
conformidade da ordem jurídica
(LEI), destinada a estabeleceruma regulamentação de interesses entre as partes, com a finalidadede adquirir, modificar ou extinguir relações jurídicas de naturezapatrimonial.Diz-se
contratos
o
ACORDO
vinculativo entre duas ou maisdeclarações de vontade (oferta ou proposta, de um lado; aceitação,do outro), contrapostas mas perfeitamente harmonizáveis entre si,que visam estabelecer uma composição unitária de interesses.O contrato é um negócio jurídico bilateral ou plurilateral isto é,integrado pela manifestação de duas ou mais vantagens diversas quese conjugam para a realização de um objetivo comum.
 
CURSO DE DIREITO CIVIL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PARA OCARGO DE ANALISTA JUDICIÁRIO
ÁREA JUDICIÁRIA DOCONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA
CNJ
3 Prof. Márcia Albuquerque www.pontodosconcursos.com.br 
REQUISITOS DE VALIDADE DO CONTRATO
:
Art. 104. A validadedo negócio jurídico requer:I - agente capaz;II - objeto lícito, possível, determinado ou determinável;III - forma prescrita ou não defesa em lei.
 
Re
 
quisitos subjetivos
: diz respeito aos
sujeitos
; existência de
duas ou mais pessoas
;
capacidade
genérica para praticar osatos da vida civil; aptidão específica para contratar;consentimento das partes contratantes.
 
Requisitos objetivos
: diz respeito ao objeto do contrato(compra e venda, locação, etc.)
licitude do objeto
do contrato;possibilidade física ou jurídica do objeto do negócio jurídico;determinação do objeto do contrato; economicidade de seuobjeto.
 
Requisitos formais
: a forma deve ser prescrita ou não defesaem lei.
PRINCÍPIOS QUE REGEM OS CONTRATOSPRINCÍPIO DA AUTONOMIA DA VONTADE OU PRINCÍPIO DALIBERDADE DE CONTRATAR 
: Art. 421. A liberdade de contratarserá exercida em razão e nos limites da função social do contrato.Consiste no poder das partes de estipular livremente, como melhorlhes convier, mediante acordo de vontades, a disciplina de seusinteresses, suscitando efeitos tutelados pela ordem jurídica,envolvendo, além da liberdade de criação do contrato, a liberdade decontratar ou não contratar, de escolher o outro contraente e de fixaro conteúdo do contrato, limitadas pelas normas de ordem pública,pelos bons costumes e pela revisão judicial dos contratos.Atribui aos contraentes o poder de fixarem, em termos vinculativos, adisciplina que mais convém à sua relação jurídica.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->