Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
1-anoABSOLUTISMOeILUMINISMO

1-anoABSOLUTISMOeILUMINISMO

Ratings: (0)|Views: 510|Likes:
Published by Robson Souza

More info:

Published by: Robson Souza on Jun 02, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/19/2013

pdf

text

original

 
Goiânia, ____/____/______.Disciplina: História Geral.Professor: Hudson de Oliveira e Silva.Ensino Médio / 1º Ano.Turma: ____.
Aluno(a): __________________________________________________________. Nº.: ____.
Não fique aí parado! Leia, estude, pesquise...! Mexa-se!
História Moderna / Absolutismo Real
01 - (Puc RJ/1994)
O Absolutismo apresentou características diversasconforme sua localização na Europa dos temposmodernos.Considerando essa diversidade, marque a afirmativacorreta:a)Na Áustria, os Habsburgos implementaram uma política de descentralização administrativa ecultural visando à consolidação do Estado Nacional. b)Na Espanha, o absolutismo baseava-se em umadoutrina econômica liberal, cujo objetivo erafortalecer o processo de expansão ultramarina.c)Na França, Luís XIV abandonou a Teoria do DireitoDivino dos Reis, conseguindo, assim, o apoio político da Igreja Católica e dos Protestantes ao seugoverno.d)Na Inglaterra, Henrique VIII, apoiado peloParlamento, promulgou o Ato de Supremacia, peloqual ampliou os poderes reais, fortalecendo a IgrejaCatólica.e)Na Rússia, Pedro, o Grande, instituiu uma políticade europeização tendo por fim a modernização doEstado e a ocidentalização dos costumes.
02 - (Puc RJ/1995)
“Ao contrio do que se verificou na monarquiaabsolutista francesa do século XVIII, houve diversosEstados absolutistas nos quais os respectivos monarcas eseus ministros tentaram de alguma forma por em práticacertos princípios da ilustração, sem abrir mão, é claro,do próprio absolutismo - tal foi, em esncia oabsolutismo ilustrado.”
(FALCON, Francisco.
 Despotismoesclarecido
. SP: Ática ,1992)
Sobre essa relação entre o iluminismo e o Absolutismo,é correto afirmar que:a)os déspotas esclarecidos foram agentes de reformas políticas que garantiram a solidificação do Estadomonárquico e evitaram a ocorrência de possíveisrevoluções em seus territórios. b)as reformas implementadas por Frederico II daPrússia permitiram o desenvolvimento da economiae o fortalecimento de setores ligados ao comércioem detrimento da aristocracia.c)em Portugal, o Marqs de Pombal, primeiro-ministro de D. JoI, exerceu forte açãoreformadora, ampliando o poder do estado português através do estreitamento dos laços com aIgreja Católica.d)os estados europeus onde o despotismo esclarecidoapresentou sua forma mais típica foram os deeconomia mais sólida e desenvolvida.e)JoII, da Áustria (1780-1790), consideradomodelo de déspota esclarecido, realizou reformasque anteciparam as revoluções burguesas ocorridasem seu país no século XIX.
03 - (Puc RS/2000)
Durante o reinado de Elisabete I (1558-1603), oabsolutismo inglês atingiu o auge. Analise as afirmaçõesabaixo, sobre esse período, assinalando V (verdadeiro)ou F (falso) no parêntese.( )Houve uma Reforma religiosa que unificou oreino, e a religião calica tornou-se oficial,ocorrendo uma intensa perseguição aos protestantes.( )Ocorreu a colonização de .territórios .no NovoMundo, com a fundão da primeira conia,chamada "
Virgínia",
na América do Norte.( )Estimulou-se a educação humanista queoportunizou o florescimento cultural inglês, principalmente a produção teatral a partir das obrasde William Shakespeare.( )Desenvolveu-se o comércio com a Índia, sendocriada uma companhia mercantil conhecida como“Companhia das Índias Orientais”.( )A marinha inglesa foi derrotada pela IncrívelArmada espanhola, passando a fornecer recursos eapoio a corsários como Walter Raleigh, FrancisDrake e John Knox.A seqüência correta, de cima para baixo, é:a)F V V V F b)F – F – V – F – Vc)V V V F Fd)F V F V Fe)V F V V V
04 - (Uerj RJ/1995)
A formação dos Estados nas várias regiões da Europareordenou as relações feudais originando os chamados
estados modernos
, que constituíram mais um elementoda nova ordem que se articulava na Europa ocidental,nos séculos XV-XVIII.Como características gerais destes estados modernos podemos citar.a)superação das relações feudais / eliminão dodireito costumeiro / não-intervenção da economia. b)fortalecimento do poder papal / fortalecimento dosreinos dinásticos / consolidação do localismo político.c)centralização e unificação administrativa / formaçãode uma burocracia / montagem de um exércitonacional.d)consolidão da burguesia industrial no poder /liberalização da economia / descentralizãoadministrativa.e)estímulo à produção urbano-industrial / eliminaçãodos entraves feudais / apoio à prática do mecenatonas artes.
05 - (Ufmg MG/1996)
Todas as alternativas contêm justificativas para oabsolutismo monárquico na Era Moderna, EXCETO:a)Segundo Bossuet, todo poder público é fruto davontade divina e deve ser obedecido, e revoltar-secontra ele é cometer um sacrilégio. b)Segundo Erasmo de Roterdã, as razões de Estado,acessíveis somente aos governantes, não podem ser contestadas pelos interesses individuais.c)Segundo Hobbes, o poder do governante resulta deum contrato no qual os governados renunciam aosseus direitos e a autoridade do monarca se tornailimitada.d)Segundo Maquiavel, a obrigão xima dogovernante é manter o poder e a segurança do paísque governa.1
 
06 - (Uff RJ/1993)
Escrevendo sobre o século XVIII europeu, FranciscoFalcon distinguiu as noções de ilustração Política eAbsolutismo ilustrado:“(...) Ilustração política é bem mais abrangente... poisinclui os séculos XVII e XVIII e estende-se à Inglaterra,França e América do Norte, ou seja, exatamente àqueles países onde não houve absolutismo ilustrado (...).Corresponde às manifestações do pensamento político esocial mais significativas e permanentes associadas àépoca do Iluminismo. Já o conceito de Absolutismoilustrado corresponde ao chamado ‘despotismoesclarecido’ (...). Ao contrário do anterior, este conceitosó se aplica a um breve período e a alguns Estadoseuropeus”.
(
 Despotismo Esclarecido
. São Paulo, Ática, 1989, pp. 12-3)
A partir do texto acima, é correto afirmar que:a)Portugal e Espanha se apresentaram como regimestípicos de Despotismos Esclarecidos na segundametade do século XVIII, preconizando reformas de“modernização” das metrópoles e aperfeiçoamentodo sistema colonial. b)O apogeu da ilustração política na Inglaterraocorreu no século XVII com as idéias de Locke ecom a Revolução Gloriosa que derrubou oDespotismo Esclarecido dos Stuarts.c)Na França, o Despotismo Esclarecido teve em LuísXIV, em cujo reinado emergiu a crítica ilustradaque resultaria na Revolução Francesa, o seu maisfiel representante.d)Na América do Norte, a ilustração Políticaexprimiu-se nas idéias de Paine e Franklin,resultando na luta contra o Despotismo Esclarecidoda Coroa britânica no século XVIII.e)No caso da Prússia, não houve ilustração Política,nem Abolicionismo ilustrado, já que a nação alemãnão se havia unificado politicamente na ÉpocaModerna.
07 - (Ufjf MG/1998)
O processo de centralização do poder real e unificaçãoterritorial, associado ao crescente controle do Estadosobre a economia, conduziu a maior parte dos paíseseuropeus à constituão de monarquias nacionaisabsolutistas. Esse processo teve, contudo, importantesvariações regionais.Enumere a 2ª coluna de acordo com a 1ª e, em seguida,marque a alternativa CORRETA:(1)Portugal(2)Espanha(3) França(4) Inglaterra(5) Alemanha( )o processo de centralização do poder real eunificação territorial foi dificultado devido à força danobreza feudal luterana;( )a unidade política foi fraca devido à persistência dediversidades regionais e pluralidade cultural ereligiosa, que pode ser exemplificada pela Guerra deReconquista;( )foi o primeiro país europeu a se unificar territorial e politicamente, em grande parte devido ao apoio danobreza e da burguesia ao rei,( )o processo de centralização real e unificãoterritorial foi reforçado pela vitória na Guerra dosCem Anos, que desenvolveu o sentimento nacional,identificando a figura do rei com a grandeza do país;( )no processo de unificão territorial, nobreza e burguesia colocaram restrições ao poder do rei,através da criação de um parlamento.a)5, 2, 1, 3, 4; b)4, 2, 1, 5, 3;c)4, 2, 1, 3, 5;d)3, 1, 2, 5, 4;e)5, 1, 2, 3, 4.
08 - (Ufjf MG/1999)
O mundo moderno caracterizou-se pela formação dosEstados Nacionais europeus, pela descoberta ecolonização da América, bem como pelo Renascimentocultural e científico. Acerca das relações deste contextocom as teorias políticas que dele emergiram, marque aalternativa errada:a)diante das dificuldades de unificação do EstadoItaliano, Maquiavel propôs uma teoria que defendiaa constrão de um principado com poderesabsolutos; b)como o Estado Francês já se encontrava unificado efortalecido, coube a Montesquieu edificar a teoriados três poderes, que reafirmava as bases doAbsolutismo;c)no contexto do Absolutismo ings, coube aThomas Hobbes, com sua principal obra,
O Leviatã
,reafirmar a soberania ilimitada do governante;d)este também foi o contexto de crião da obra deThomas Morus, A
Utopia
, que propunha umaorganização potica alternativa, baseada naformação de comunidades livres.
09 - (Ufma MA/2000)
Com relação ao Estado Absolutista Moderno, assinale aalternativa incorreta:a)Foi o tipo de estado característico da fase detransição entre o feudalismo e o capitalismo. b)Adotava como política econômica o mercantilismo,fosse metalista, fosse o de balaa comercialfavorável.c)Representava politicamente os interesses de umanobreza cada vez menos feudal do ponto de vistaeconômico, e de uma burguesia mercantil emascensão.d)Possuiu como principais teóricos, formuladores desua ação, Montesquieu, Quesnay e Adam Smith.e)Baseava-se na concentração de poderes nas mãos domonarca, podendo este chegar a justificar-se comorepresentante de Deus.
10 - (Cesjf MG/2001)
O processo de centralização do poder e a unificaçãoterritorial das nações européias começaram com aformação das monarquias nacionais, ainda na IdadeMédia.Sobre as teorias que justificavam o absolutismo naEuropa, podemos afirmar,
 EXCETO
:a)Nicolau Maquiavel (1469-1527), foi um dos primeiros a defender a idéia da necessidade de umEstado centralizado e duradouro, tendo em vista ofortalecimento do príncipe (Estado). b)Thomas Hobbes (1588-1679) que escreveu “OLeviatã”, afirma que os homens em estado denatureza obedecem apenas a seus interessesindividuais, não importando as vontades coletivas egerais, o que os leva a constantes conflitos. Paraultrapassar essa fase, a sociedade estabeleceria um“contrato” em que os governados cederiam seusdireitos a um soberano, que regeria os conflitossociais.c)O francês Jean Bodin (1530-1596) afirmava que orei estava acima das leis e do cidadãos comuns, porque sua autoridade era uma determinação divina.Portanto, ele não deveria partilhá-la com ninguém eninguém deveria restringi-la ou questioná-la.2
 
d)O inglês John Locke (1632-1704) que escreveu aobra “Dois Tratados Sobre o Governo”, condenou oliberalismo político e a Revolução Gloriosa (1688-1689), reafirmando assim o pensamento político deThomas Hobbes.e)Jean Bossuet (1624-1704) também defendia aorigem divina do poder real. Pois para ele:
“Não
 
 poder público sem a vontade de Deus”.
Assim, o reiera considerado um representante de Deus na terra,e rebelar-se ou questioná-lo seria um autênticosacrilégio, pois se estaria desobedecendo a Deus.História Moderna / Ruína do Antigo Império
11 - (Puc SP/2002)
O "Ato de Navegação", de 1651, estabelecia quemercadorias compradas da Inglaterra ou vendidas a elasó poderiam ser transportadas em navios ingleses.Essa medida pode ser considerada:a)a cristalizão da hegemonia inglesa sobre oMediterrâneo e sobre os mares europeus, que sócessou com a descoberta de novos caminhos para oOriente pelos navegadores ibéricos. b)a imposição, a países como França e Holanda, dahegemonia mercantil inglesa, impedindo-os demanterem relação de monolio com suas possessões coloniais nas Américas e na África.c)a viria da burguesia liberal inglesa sobre aaristocracia, que preferia incentivar o comérciointerno a investir no comércio externo e no aparatomilitar-naval.d)a consolidação do domínio inglês sobre os mares,que deu à Inglaterra, por vários séculos, claro predomínio naval e mercantil, especialmente noOceano Atlântico.e)a superação definitiva do feudalismo e o reinicio deatividades comerciais, articulando a ilha em queestá localizada a Inglaterra e a parte continental daEuropa.
12 - (Uff RJ/1996)
"República? Monarquia? Eu o conho seo aQuestão
-
social". A afirmação de Robespierre, dirigentemáximo do processo revolucionário francês na fase daConvenção, ilumina a face popular da RevoluçãoFrancesa, especialmente o combate aos privilégios doRei e da aristocracia.Assinale a opção que melhor caracteriza, historicamentea investida revolucionária contra os privilégios doAntigo regime, deflagrada na França entre fins do séculoXVIII e inícios do XIX:a)Adotada pela Assembléia Constituinte francesa emagosto de 1789, a Declarão dos Direitos doHomem e do Cidadão proclamou a igualdade detodos os franceses perante a lei, abolindo-se asdistinções de nascimento, os privigiosaristocráticos e as desigualdades de fortuna. b)Refletindo na América Hispânica, o ideal francês deigualdade social resultou na independência dos países latino-americanos e na imediata abolição dosregimes de trabalho servis até então vigentes.c)Na América Portuguesa, a influência da RevoluçãoFrancesa se fez notar logo em 1789, com aInconfidência Mineira, conjuração que aspiravafundar uma República nos moldes da Convençãofrancesa, cortando-se os laços com a metrópole eabolindo a escravidão.d)A posseso francesa de Saint-Domingue, atualHaiti, foi cenário do radicalismo extremo a quechegou a onda revolucionária, o obstante amanuteão constitucional da escravidão e ainstalação de um regime monárquico inspirado nosquilombos.e)A fase mais radical do processo revolucionáriofrancês deu-se na Convenção, entre 1793 e 1794,fase em que o Comide Salvão blicaancorando na agitação dos sans-cullotes, ordenou aexecução de vários membros da antiga nobreza e do próprio rei, Luís XVI.
13 - (Ufop MG/1994)
Relaciona-se à crise do Antigo Sistema Colonial,exceto:a)o movimento da Conjuração Mineira. b)a conjuntura revolucionária na Europa.c)a inflncia das idéias iluministas no territóriocolonial.d)o movimento de independência das Treze Colônias.e)a guerra dos Farrapos no Rio Grande do Sul.
14 - (Ufop MG/1995)
Com relação ao processo de formação dos Estados naEuropa entre os culos XV e XVIII, assinale aalternativa correta.a)O Estado espanhol se constituiu após um intenso processo de lutas pela sua autonomia contra odomínio português ocorrido entre 1580 e 1640(Guerra da Restauração). b)Após a Guerra dos Cem Anos (1337 1453) aInglaterra finalmente conquistou a integridade deseu território, anteriormente ocupado, parcialmente por nobres franceses.c)A instituão do Estado holans, na épocachamado Províncias do Norte reunidas, se deuatravés de uma luta contra o domínio espanhol.d)Durante o reinado de Luís XIV, a França recuperouas dimensões territoriais na época do reinado deCarlos Magno.e)O processo de unificação do Estado alemão seencerrou após a Guerra dos Trinta Anos (1618– 1648), conflito que envolveu a maioria dos Estadoseuropeus.
15 - (Unifor CE/1999)
A respeito da sociedade do Antigo Regime é corretoafirmar que:a)a etiqueta pode ser inserida numa estratégia políticade dominação, no momento de constituição dasCortes, as quais se ligam à formação do EstadoModerno, num longo processo de concentração de poder e de um ritual de adoração ao rei ou príncipe. b)após a Revolução Francesa a etiqueta tornou-semais gida, regulando a mobilidade social emarcando os comportamentos da burguesia, quedeveria treinar cada um de seus gestos para dar aimpressão de uma sociedade estável.c)a condição para ser cavaleiro, doutor ou sacerdoteera a de nascimento ou heraa porque cadacondição dependia do fato de se pertencer a umaordem. A ordem por excencia era a dossacerdotes, da qual derivavam as demais ordens.d)as casas ganharam uma nova espacialização interna,com funções determinadas para cada aposentocomo: dormir, comer, receber visitas. Tais hábitosforam logo copiados pela nascente burguesiamercantil, ávida em copiar os costumes da nobreza.e)a etiqueta foi um importante instrumento deascensão social para a nascente burguesia, uma vezque suas regras possibilitavam aos homensexpressarem seus costumes de modo a obte prestígio.
16 - (Unifor CE/2001)
"... de qualquer modo, o simples crescimento complica o esquema; a ampliação das tarefasadministrativas vai promovendo o aparecimento de3

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->