Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
180Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Resumo de Cartografia com exercicios com gabarito Prof. Marco Aurelio Gondim [www.marcoaurelio.tk]

Resumo de Cartografia com exercicios com gabarito Prof. Marco Aurelio Gondim [www.marcoaurelio.tk]

Ratings:

4.75

(4)
|Views: 96,189|Likes:
Published by MGONDIM
Apostila resumo de Cartografia - Geografia com exercícios de concursos e vestibulares com gabarito. Baixe grátis!
Apostila resumo de Cartografia - Geografia com exercícios de concursos e vestibulares com gabarito. Baixe grátis!

More info:

Published by: MGONDIM on Apr 25, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/12/2013

pdf

text

original

 
ORG. PROF. MARCO AURÉLIO GONDIM
www.marcoaurelio.tkmarcogondim@gmail.com
RESUMO DE CARTOGRAFIA COM EXERCÍCIOS E GABARITO
MATERIAL COMPILADO A PARTIR DE CONTEÚDO DO IBGE E DE DIVERSOS VESTIBULARES
 NOÇÕES BÁSICAS DE CARTOGRAFIA
ELEMENTOS DE REPRESENTAÇÃO
Sendo uma carta ou mapa a representação, numa simples folha de papel, da superfícieterrestre, em dimensões reduzidas, é preciso associar os elementos representáveis à símbolose convenções.As convenções cartográficas abrangem símbolos que, atendendo às exigências da técnica, dodesenho e da reprodução fotográfica, representam, de modo mais expressivo, os diversosacidentes do terreno e objetos topográficos em geral. Elas permitem ressaltar esses acidentesdo terreno, de maneira proporcional à sua importância, principalmente sob o ponto de vistadas aplicações da carta.Outro aspecto importante é que, se o símbolo é indispensável é determinada em qualquer tipode representação cartográfica, a sua variedade ou a sua quantidade acha-se, sempre, emfunção da escala do mapa.É necessário observar, com o máximo rigor, as dimensões e a forma característica de cadasímbolo, a fim de se manter, sobretudo, a homogeneidade que deve predominar em todos ostrabalhos da mesma categoria.Quando a escala da carta permitir, os acidentes topográficos são representados de acordo coma grandeza real e as particularidades de suas naturezas. O símbolo é, ordinariamente, arepresentação mínima desses acidentes.A não ser o caso das plantas em escala muito grande, em que suas dimensões reais sãoreduzidas à escala (diminuindo e tornando mais simples a simbologia), à proporção que aescala diminui aumenta a quantidade de símbolos.Então, se uma carta ou mapa é a representação dos aspectos naturais e artificiais da superfícieda Terra, toda essa representação só pode ser convencional, isto é, através de pontos, círculos,traços, polígonos, cores, etc.Deve-se considerar também um outro fator, de caráter associativo, ou seja, relacionar oselementos a símbolos que sugiram a aparência do assunto como este é visto pelo observador,no terreno.A posição de uma legenda é escolhida de modo a não causar dúvidas quanto ao objeto a quese refere. Tratando-se de localidades, reges, construções, obras públicas e objetoscongêneres, bem como acidentes orográficos isolados, o nome deve ser lançado, sem cobrir outros detalhes importantes. As inscrições marginais são lançadas paralelamente à borda sulda moldura da folha, exceto as saídas de estradas laterais.A carta ou mapa tem por objetivo a representação de duas dimensões, a primeira referente ao plano e a segunda à altitude. Desta forma, os símbolos e cores convencionais são de duasordens: planimétricos e altimétricos.1
 
ORG. PROF. MARCO AURÉLIO GONDIM
www.marcoaurelio.tkmarcogondim@gmail.com
1 - PLANIMETRIA
A representação planimétrica pode ser dividida em duas partes, de acordo com os elementosque cobrem a superfície do solo, ou sejam, físicos ou naturais e culturais ou artificiais.Os primeiros correpondem principalmente à hidrografia e vegetação, os segundos decorremda ocupação humana, sistema viário, construções, limites político ou administrativos etc.
1.1 - HIDROGRAFIA
A representação dos elementos hidrográficos é feita, sempre que possível, associando-seesses elementos a símbolos que caracterizem a água, tendo sido o azul a cor escolhida pararepresentar a hidrografia, alagados (mangue, brejo e área sujeita a inundação), etc.Figura 3.1 - Elementos hidrográficos (Carta topográfica esc. 1:100.000)
1.2 - VEGETAÇÃO
Como não poderia deixar de ser, a cor verde é universalmente usada para representar acobertura vegetal do solo. Na folha 1:50.000 por exemplo, as matas e florestas orepresentadas pelo verde claro. O cerrado e caatinga, o verde reticulado, e as culturas permanentes e temporárias, outro tipo de simbologia, com toque Figura tivo (Figura 3.2)Figura 3.2 - Elementos de vegetação (Carta topográfica esc. 1:100.000)2
 
ORG. PROF. MARCO AURÉLIO GONDIM
www.marcoaurelio.tkmarcogondim@gmail.com
1.3 - UNIDADES POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS
O território brasileiro é subdividido em Unidades Político-Administrativas abrangendo osdiversos níveis de administração: Federal, Estadual e Municipal. A esta divisão denomina-seDivisão Político- Administrativa - DPA.Essas unidades são criadas através de legislação própria (lei federais, estaduais e municipais),na qual estão discriminadas sua denominação e informações que definem o perímetro daunidade.A Divisão Política-Administrativa é representada nas cartas e mapas por meio de linhasconvencionais (limites) correspondente a situação das Unidades da Federação e Municípiosno ano da edição do documento cartográfico. Consta no rodapé das cartas topográficas areferida divisão, em representação esquemática. Nas escalas pequenas, para a representação de áreas político-administrativas, ou áreas comlimites físicos (bacias) e operacionais (setores censitários, bairros, etc.), a forma usada pararealçar e diferenciar essas divisões é a impressão sob diversas cores. Nos mapas estaduais, por exemplo, divididos em municípios, a utilização de cores auxilia aidentificação, a forma e a extensão das áreas municipais. Pode-se utilizar também estreitas3

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->