Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
57Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Ser Professor de Educação Especial

Ser Professor de Educação Especial

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 23,326|Likes:
Published by anocasferreira
Funções do docente de Educação Especial de acordo com O Decreto-Lei nº3 2008
Apresentação feita por Ana Ferreira, professora de educação especial
Funções do docente de Educação Especial de acordo com O Decreto-Lei nº3 2008
Apresentação feita por Ana Ferreira, professora de educação especial

More info:

categoriesTypes, Research
Published by: anocasferreira on Apr 25, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/20/2013

pdf

text

original

 
30-03-20091
Ser Professor 
EducaçãoEspecial 
de
Ser Professor de Educação Especial 
Promoção de Igualdade de Oportunidades
Inclusão Educativa e Social minimizando asBarreiras
Acesso e Sucesso Educativo
Autonomia
Estabilidade Emocional
Preparação para Prosseguimento de Estudos
Preparação para Vida Profissional
Transição da Escola para o Emprego
Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de Janeiro
Será o profissional que promova
:
Ser Professor de Educação Especial 
Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de JaneiroÁreasCurricularesEspecífica:
Braille eOrientação
Mobilidade eTreino de Visão
ActividademotoraAdaptada
Outro apoioespecializadoespecífico
Alunos Surdos
MateriaisDidácticosAdaptados eTecnologias deApoioCurrículoEspecíficoIndividual
(CEI):
APS(autonomiapessoal esocial)
Funcional
Comunicação
Vida pós-escolar (PIT)
Multiplicidade de Papeis
Ser Professor de Educação Especial 
Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de Janeiro
Educação deAlunos Cegose com BaixaVisãoUnidadesAutismoUnidadesMultideficiênciaedeSurdocegueira
Modalidades Específicas de Educação:
Multiplicidade de Papeis
 
30-03-20092
Nas escolas, nas turmas do ensino regularNas escolas de referênciaPara a educação de alunos cegos e com baixa visão epara a educação dos alunos surdos
Nas Unidades de ensino estruturadoPara a educação de alunos com perturbaçõesdo espectro do autismo
Ser Professor de Educação Especial 
Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de Janeiro
Multiplicidade de Papeis
INTERVIRINTERVIRINTERVIRINTERVIR
Nas unidades de apoio especializado para a educaçãode alunos comMultideficiência e surdocegueira congénita
 
Nas escolas, nas turmas do ensino regularNas escolas de referênciaPara a educação de alunos cegos e com baixa visão epara a educação dos alunos surdos
Ser Professor de Educação Especial 
INCLUIRTURMAESCOLACOMUNIDADEINTERVIRCURRÍCULOESCOLACOMUNIDADEINTERPRETARCOLABORARCOOPERAR
 
FACILITADORde PERCURSOS dePARTICIPAÇÃO eAPRENDIZAGEM
Perfis de Competências dodocente de Educação Especial
1-Competências de análise crítica.
2-Competências de intervenção.
3-Competências de formação de supervisão eavaliação.
4-Competências de consultoria.
Desp.Conjº.nº198/99 de 3 de Março
SABERESFormação generalista(Tronco comum)Formação específicaÁreas de opçãoFormação InicialFormação Especializada
Perfis de Competências do docente deEducação Especial
SABERES
Competências Conceptuais(Conhecimento e domínio deconceitos e teorias que enquadramas técnicas)Competências Técnicas(Domínio de métodos e técnicase ferramentas específicas)Competências Interpessoais(Atitudes e Valores pessoais,Colaboração, interacçãoentre os diversos intervenientes)
 
MAPEAMENTODE COMPETÊNCIAS
 
30-03-20093
Perfis de Competências do docentede Educação Especial
Para combater a exclusão promover a inclusão nas turmasregulares os docentes terão de ser especialistas de pedagogiae desenvolvimento curricular
Especialista de como se aprende, de como se ensina, de comose socializam as crianças de maneira a ter domínio de meiosfacilitadores de acesso ao currículo, mobilização de estratégiase a adequação do ritmo ao acto de aprendizagem Uma gestãoda turma que se adapte o clima emocional às necessidadesdoa alunos
Ter competência efectiva nos meios de acesso ao currículo ouseja na componente técnico-instrumental em que seespecializou.
Sergio Niza, 2006
Identidade Profissional Docente deEducação Especial
SABERES/FORMAÇÃO
PEDAGOGIA E PSICOLOGIA
Diferenciação curricularAdequações curricularesConstrução de currículos alternativos (CEI ePIT
SUPERVISAO PEDAGÓGICA E DE AVALIAÇÃO
Colaboração/cooperação/Consultoria/ trabalho de equipa
CIÊNCIAS DE EDUCAÇÃO
Desenvolvimento da criança e do adolescente;Contributos teóricos navertente das necessidadeseducativas
CONHECIMENTS ESPECÍFICOS
Braille, LGP….
DESENVOLVIMENTO CURRICULAR
Ser Professor de Educação Especial 
SABERES 
CONTEÚDO FUNCIONAL
SABER FAZERFORMAÇÃO
SER PROACTIVO
Profissionais promotores e facilitadores da Educação Inclusiva
REFLEXIVO
Ser Professor de Educação Especial Barreiras
Ausência de reconhecimento do impacto ecológico e sistémico, da utilizaçãodos recursos diferenciados que apresenta na escola, na turmaAusência de definição clara do conteúdo funcional da profissão-profissionalide dodocente de educação especial.Ausência de reconhecimento da profissionalidade como profissional especializadoEnraizamento do modelo e das concepções baseadas na deficiência e
na planificação individual influencia o modo como encaramos a “diferença”.
Paradigmas conceptuais desfasados dos modelos de intervenção e de formaçãodos docentes

Activity (57)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Ana Oliveira liked this
Alda Ferreira liked this
catir liked this
Sílvia Teixeira liked this
luisacabeleira liked this
emersomont9311 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->