Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
1Activity

Table Of Contents

2.1.1 O Conceito de Deficiência
2.1.2 O Conceito de Necessidades Educativas Especiais (NEE)
2.1.2.1 A Adopção do Conceito Necessidades Educativas Especiais (NEE) em
2.2 Da Exclusão à Inclusão, Uma Viagem pelo Tempo
2.2.1 Fases Temporais
2.2.1.1 Primeiro Período: Fase Segregacionista
2.2.1.2 Segundo Período: Fase Proteccionista
2.2.1.3 Terceiro Período: Fase Emancipadora
2.2.1.4 Quarto Período: Fase Integradora
2.2.1.5 Quinto Período: Fase Inclusiva
2.2.2 Integração e Inclusão na Realidade Portuguesa
2.2.3 Benefícios e Vantagens do Movimento Inclusivo
2.2.3.1 Para os Estudantes
2.2.3.2 Para os Profissionais da Educação
2.2.3.3 Para a Comunidade Escolar
2.2.4 Barreiras e Obstáculos ao Movimento Inclusivo
2.2.4.1 Adaptações Curriculares
2.2.4.2 Identificação
2.2.4.3 Relação Pais-Professores
2.2.4.4 Modelo de Inclusão
2.3 Atitudes
2.3.1 O Nascimento do Conceito de Atitude
2.3.2 O Conceito de Atitude
2.3.3 As suas Características
2.3.4 Estrutura das Atitudes
2.3.4.1 Modelo Tripartido Clássico (Rosenberg & Hovland, 1960)
2.3.4.2 Modelo Unidimensional Clássico (Ajzen & Fishbein, 1975)
2.3.4.3 Modelo Tripartido Revisto de Atitude (Zanna & Rempel, 1988)
2.3.5 Formação das Atitudes
2.3.6 Mudança das Atitudes
2.4 Atitudes e Comportamento
2.4.1 Estudos Realizados – existência de uma relação?
2.4.2 Modelos Teóricos Preditivos do Comportamento
2.4.2.1 Teoria da Acção Reflectida (Ajzen & Fishbein, 1975)
Figura 8 – Teoria da Acção Reflectida (Adaptado de Verderber et. al., 2003)
2.4.2.2 Teoria do Comportamento Planeado (Ajzen, 1991)
2.5 Atitudes dos Professores Face ao Contexto Inclusivo
2.5.1 Alguns Estudos Realizados
2.5.2 Factores que Influenciam as Atitudes
2.5.2.1. Experiência e Contacto face a Alunos com Deficiências
2.5.2.2 Preparação e Formação Académica
2.5.2.3 Competência Percebida
2.5.2.4 Idade e Tempo de Serviço
2.5.2.5 Género
2.5.2.6 Apoios e Suportes
2.5.2.7 Colocação Conjunta de Alunos com e sem NEE
2.5.2.8 Gravidade e Tipo de Deficiência
2.5.2.9 Nível Escolar
CAPÍTULO III
METODOLOGIA
3.1 Caracterização do Estudo
3.2 Procedimentos de Selecção da Amostra e Aplicação dos Instrumentos de
3.3 Caracterização da Amostra
3.4 Instrumentos de Medida
3.4.1 Estudo Quantitativo
3.4.1.2 Ficha Individual do Docente
3.4.1 Estudo Qualitativo (Focus Group)
3.5 Definição e Caracterização das Variáveis em Estudo
3.5.1 Variáveis Independentes
3.5.2 Variáveis Dependentes
3.6 Análise e Tratamento de Dados
3.6.1 Estudo Quantitativo
3.6.2 Estudo Qualitativo
CAPÍTULO IV
APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS
4.1 Resultados de natureza descritiva
4.1.1 Género
Tabela 1 – Tabela Relativa à Variável Género
4.1.2 Grupo etário
Tabela 2 – Tabela Relativa à Variável Grupo Etário
4.1.3 Tempo de serviço
Tabela 3 – Tabela Relativa à Variável Tempo de Serviço
4.1.4 Habilitação académica
Tabela 4 – Tabela Relativa à Variável Habilitação Académica
4.1.5 Formação académica em Ensino Especial
Tabela 5 – Tabela Relativa à Variável Formação Académica em Ensino Especial
4.1.6 Formação em Ensino Especial fora do contexto académico
4.1.7 Experiência com estudantes com deficiência na aula de Educação Física
4.1.8 Nível de escolaridade em que vivenciaram essa experiência
4.1.9 Condição de deficiência
Tabela 9 – Tabela Relativa à Variável Condição de Deficiência
4.1.10 Experiência de ensino a alunos com deficiência
4.1.11 Qualidade da Experiência
Tabela 11 – Tabela Relativa à Variável Qualidade da Experiência
4.1.12 Competência Percebida
Tabela 12 – Tabela Relativa à Variável Competência Percebida
4.2.2 Grupo Etário
4.2.3 Tempo de Serviço
4.2.4 Formação em Ensino Especial no Contexto Académico
4.2.5 Formação em Ensino Especial Fora do Contexto Académico
4.2.6 Experiência
4.2.7 Qualidade da Experiência
4.2.8 Competência Percebida
CAPÍTULO V
DISCUSSÃO DOS RESULTADOS
CAPÍTULO VI
CONCLUSÕES, LIMITAÇÕES E RECOMENDAÇÕES
6.1 Conclusões
6.1.1 Estudo Quantitativo – Hipóteses de Estudo
6.1.2 Estudo Qualitativo – Questões de Pesquisa
6.2 Limitações
6.3 Recomendações
CAPÍTULO VII
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ANEXOS
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
comportamento dos professores de educação fisica com crianças de educação especial

comportamento dos professores de educação fisica com crianças de educação especial

Ratings: (0)|Views: 4 |Likes:
Published by Marta Romão

More info:

Published by: Marta Romão on Jun 09, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/02/2013

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 4 to 14 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 18 to 98 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 102 to 143 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 147 to 151 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 155 to 159 are not shown in this preview.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->