Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
337Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Modelo de Relatório

Modelo de Relatório

Ratings:

4.0

(2)
|Views: 317,637|Likes:
Published by António Pires

More info:

Published by: António Pires on Apr 28, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

02/10/2014

pdf

text

original

 
 
Bibliotecas Escolares:
Modelo de Relatório de Auto - Avaliação
 
1 - Breve Introdução
A avaliação é um instrumento de melhoria da qualidade. Os resultados obtidos no processo de auto-avaliação devem, por isso, ser objecto de análisecolectiva e de reflexão na escola/ agrupamento e originar a implementação de medidas adequadas aos resultados obtidos.Esta análise deve identificar os sucessos - pontos fortes - no trabalho realizado em cada um dos domínios de funcionamento da biblioteca escolar e aslimitações – pontos fracos – que correspondem a um desenvolvimento menor nalguns domínios de funcionamento.O relatório final de auto-avaliação deve ser o instrumento que descreve os resultados da auto-avaliação e que delineia o conjunto de acções a ter emconta no planeamento de acções futuras a desenvolver.Esse relatório deve dar uma visão holística do funcionamento da biblioteca escolar e assumir-se como instrumento de recolha e de difusão deresultados a ser apresentado junto dos órgãos de gestão e de decisão pedagógica.Deve integrar o relatório anual de actividades da escola e originar uma súmula a incorporar no relatório de avaliação da escola e deve orientar ocoordenador na entrevista a realizar pela Inspecção-Geral de Educação.
2 - M
ETODOLOGIA
 
A
 
SEGUIR 
 
NA
 
ELABORAÇÃO
 
DO
ELATÓRIO
A
NUAL
 
DE
A
CTIVIDADES
A aplicação do Modelo de Auto-Avaliação prevê que, decorrido um ciclo de quatro anos, todos os domínios representativos do funcionamento da biblioteca escolar tenham sido avaliados.A selecção, em cada ano, de um ou mais domínios para ser objecto de avaliação representará um investimento mais significativo nesse ou nessesdomínios, no sentido de procurar aferir, de forma sistemática e objectiva, os resultados efectivos do trabalho desenvolvido nessa (s) área (s).
2
 
O trabalho e a acção educativa da biblioteca escolar efectivam-se, no entanto, em cada ano, através dos quatro domínios representativos das áreasessenciais inerentes ao cumprimento dos pressupostos e objectivos que suportam a sua acção. A opção pela avaliação de um dos domínios não podesignificar, por isso, o abandono dos restantes domínios.O Relatório encontra-se, por isso, estruturado em três Secções:A Secção A – Destina-se à apresentação da avaliação do domínio ou domínios que, no âmbito da aplicação do Modelo, foram objecto de avaliação.A Secção B – Destina-se a apresentar  informação acerca do perfil de desempenho da BE nos domínios que, não sendo objecto de avaliação nesse anolectivo, testemunham o seu desempenho nas diferentes áreas de funcionamento da BE.A Secção C – Visa um resumo que forneça uma visão global, recorrendo a um quadro síntese dos resultados obtidos e das acções a implementar.A estrutura apresentada contém um
layout 
onde todos os domínios estão presentes nas secções A e B. Cada escola/ biblioteca escolar deve adaptar aestrutura à sua situação e, na secção A, preencher apenas o quadro correspondente ao domínio em que aplicou o Modelo de Avaliação. Este domínionão será objecto de referência na Secção B.A ficha de perfil da Biblioteca escolar, incluída no “Modelo de Avaliação da Biblioteca Escolar”, deve acompanhar em anexo o Relatório Anual deAvaliação.
3

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->