Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Edicao-07

Edicao-07

Ratings: (0)|Views: 370|Likes:
Published by uniaoabc

More info:

Published by: uniaoabc on Jun 19, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/08/2014

pdf

text

original

 
PÁGINA 3PÁGINA 7PÁGINA 11PÁGINA 12
Emprega São Paulo/Mais Empregodisponibiliza mais de 8.200 vagas em SP
Foto: Divulgação
Como convencer seu chefe de que você merece ser promovido
Pontos motivacionais ajudam muito e sãoessenciais para alcançar o objetivo
Foto: Agência Estado
68% dos paulistanos gastam atéuma hora para ir de casa ao trabalho
Radial Leste, uma das mais movimentadas rodovias de São Paulo, onde alcança todos osdias grandes índices de trânsito
Foto: Divulgação
Obsessão por comida‘saudável’ pode ser doença
Preencha metade do prato com verduras elegumes e a outra metade, divida em car-boidratos e proteínas. Isso basta
Marginal Tietê ganha faixaexclusiva para ônibus
A partir do dia 24, motorista que desrespeitar a faixa exclusiva será multado. A ideia é que a Mar-ginal Pinheiros e a Av. Paulista sejam as próximas a receber a faixa
Foto: Yoshiaki AfusoFoto: Divulgação
Imóveis em condomíniopodem valorizar em até 5%com medição de água individual
Praticamente todo condomínio possui algum tipode desperdício de água, um dos fatores para a insta-lação dos hidrômetros
PÁGINA 4PÁGINA 5
 
Sede:
Rua Nara Leão, 38 - Itaim Paulista - SPCEP 08152-030 - Fone: (11) 2831-4247
Sucursal ABC:
Administração, redação e publicidade: Av. Maria Servidei Demarchi, 1.898 - DemarchiS.B Campo/SP - CEP 09820-000 - Fone: (11) 4396-8833
Distribuição gratuita do Jornal União São Paulo nos principais semáforos da capital paulista
 No entorno da Av. Paulista, próximo às estações do metrô e trens, corredoresviários importantes e em diversos bairros de São Paulo.
Fotolito e Impressão: Grafca Folha
atendimento@jornaluniaosp.com.br, jornalismo@jornaluniaosp.com.br www.jornaluniaosp.com.br 
Assessoria Jurídica:
Dr. Jazanias Oliveira Santos
 Av. Portugal, 397 - Sala 1004, Centro - Santo André/SP.CEP:09040-010Fones:(11) 4901-0398, 95657-8855, 7872-7501 id. 86*16200
Diagramação e Arte Final:
 Alessandro Bueno
Periodicidade:
Dezenal
“Os artigos não reetem a opinião deste jornal, sendo as opiniões e matérias de inteiraresponsabilidade de seus autores.Fica assegurado o direito de resposta a quem interessar, na forma do Artigo 5º incisos V da Constituição Federal.”.
Jornalistas:
José de Lima Ribeiro MTB 56.758,Fábio S. Gomes, Giuliana Martha e Camila Crepaldi
Fotos:
Aylton Ribeiro e Lucas Lima
NPJ N˚:
71.538.326/0001-15
19 a 29 de Junho de 2013 
P • 2
www.jornaluniaosp.com.br
UM NOVO JORNAL, UMA NOVA CIDADE
O
Jornal ‘União São Paulo’
está registrado no
Instituto Nacional de Propriedade Industrial
, sob o
827.225.180
, no
Registro de Títulos e Documentos Cível de Pessoas Jurídicas
sob o nº
178.263
,
Impostos no Brasil: carose com pouco retorno
A internet e a forçada informação
O cidadão brasileiro,todo ano, trabalhadias e dias apenaspara pagar impostos.Na roupa, na comida,no transporte, emtudo está embutido obendito imposto, quecerceia nosso povo deter uma vida melhordevido à pesada cargaque leva todos os dias.Temos visto, diaria-mente, as notícias so-bre os protestos contrao aumento nas tarifasdos ônibus que come-çaram em São Paulo eatingiram todo o país.Todo paulistano maisou menos ‘online’ e comsuas redes sociais emdia recebeu convitespara os protestos. E hácentenas de comunida-des fazendo alusão àmanifestação, ensinan-do como se proteger
 José de Lima Ribeiro jornalismo@jornaluniaosp.com.br
Fábio Silva Gomesfabio@uniaoabc.com.br
Nosso povo estácansado de tanto “I”que precisa engolir. ÉIPTU, IPVA, ICMS, IPI,ITBI, IE, ITR, IR, IOF,ISS, INSS, ITCMD, II, é“I” que não acaba mais.Isso tudo para terserviços públicos queprecisam melhorarmuito para serem, nomínimo, razoáveis.Cabe a todos nósprocurarmos nos in-formar para onde estáindo cada centavo donosso imposto. Se pa-gamos caro, em tudo,o mínimo que quemrecebe deveria fazer éprestar contas!de gás lacrimogêneo oucomo se portar na mul-tidão. Onde quer que sevá, na web, informaçãohá. E este é o maior pe-rigo para quem quermanipular as massas,porque povo bem in-formado não se deixaenganar.É a primeira manifes-tação deste porte quevivemos com a ajuda dainternet. E vemos que opovo não é bobo! Embo-ra tenhamos gente con-tra e gente a favor, nãointeressa. A manifesta-ção é legítima, desdeque não haja violência.É possível o debate, e asautoridades não podemngir que nada estáacontecendo. O povoestá fazendo valer osseus direitos, tendo des-coberto aí que pagar,car quieto e se confor-mar de nada adianta.
SAÚDE/ESPORTE
EDITORIAL
Da Redação
Revelado em 2004pela Portuguesa, o vo-lante Bruno Bronetta,29, revelou no programaConexão Esportiva os se-gredos para conquistaros resultados traçadosneste tipo de competi-ção. Bronetta disputounesta temporada a SérieA3 do Paulista pelo gua-rulhense Flamengo.Além de disputar aSérie B do Brasileirãocom as camisas da Por-tuguesa e Santo André,o marcador também sedestacou no mineiroAraxá conquistando otítulo do Módulo II, naúltima temporada. Masfoi na sua passagem
Foto: Marcos Ribeiro
Volante Bruno Bronetta destaca aspectossobre a disputa da Série B do Brasileiro
A Praça David Raw, na subprefeitura da Lapa, é mantida pela seguradora Porto Seguro
pelo gaúcho Caxias, quelhe rendeu um lugar en-tre os principais atletasda história do time daSerra Gaúcha e pode serconsiderado o momentoalto de sua carreira.“Sabemos que futebol ésempre uma caixinha desurpresa, mas para con-quistar aquilo que é pla-nejado, precisa haver umasintonia entre o elenco,comissão técnica e seusdirigentes, para superaras adversidades”, disse.Ele destacou aspectos quediferem o futebol brasilei-ro do europeu, já que teveexperiências em clubes daGrécia e da Bielorrússia.
Por Giuliana Martha
O salto alto sempre pro-moveu um estilo diferen-ciado para as mulheres.Mas, ultimamente, cadavez mais novas, as ado-lescentes estão queren-do ser adeptas ao estilo.Conforme pesquisa fei-ta na Universidade Fe-deral de Pernambuco, ouso precoce e frequentedo salto está provocandoproblemas nos joelhos etornozelos das meninas.Além disso, o uso exces-sivo de salto traz conse-quências como alteraçãona coluna lombar e napelve, que só podem servericadas quando asadolescentes chegam àfase adulta.“Hábitos típicos daadolescência, como aforma de sentar e opeso carregado dentro
Foto: Divulgação
 Salto alto na adolesnciaprovoca alteração postural
Foram avaliadas 96 adolescentes, sendo 48 delasusuárias de salto altos e 48 não usuárias, com idadeentre 11 e 15 anos
ao uso do salto alto”,explica a pesquisadoraAnniele Martins Silva.Foram avaliadas 96adolescentes, sendo 48delas usuárias de saltoaltos e 48 não usuárias,com idade entre 11 e15 anos. O hábito trazalterações posturais nacoluna vertebral e dosmembros inferiores.Questões como alturamínima do salto e o tem-po de uso ainda estãosendo investigados.O conselho deixado porAnniele é que os pais dasadolescentes limitem ouso deste tipo de calça-do, para que o hábito nãovenha a prejudicá-las.Sandálias rasteirinhas,sapatilhas e tênis fazemtambém parte da modae devem ser priorizadosnesta idade.das mochilas escolares,combinados com o pro-cesso de crescimento edesenvolvimento mus-culoesquelético, podemocasionar alterações depostura que repercu-tem pelo resto da vida,como escoliose, hiper-lordose e hipercifose to-rácica. Em adolescentesdo sexo feminino, essequadro se agrava aindamais quando associado
 
19 a 29 de Junho de 2013 
www.jornaluniaosp.com.br
UM NOVO JORNAL, UMA NOVA CIDADEP • 3REGIONAL/EMPREGO
O Emprega São Paulo/Mais Emprego, agência de empregos pública e gratui-ta gerenciada pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), emparceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), disponibiliza nestasemana 1294 vagas esta semana. Para maiores informações ligue: Poupa-tempo - 0800 772 36 33 e PAT: 0800-7707133.
OCUPAÇÃO MUNICÍPIO Nº VAGAS
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAISSÃO PAULO10ELETRICISTA (HIDRÁULICA)EMBU-GUAÇU4AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃOEMBU DAS ARTES7FISCAL DE LOJASÃO PAULO 20OPERADOR DE TELEMARKETINGBARUERI50AJUDANTE GERALJANDIRA 10OPERADOR DE COBRANÇANÃO FIXO150OPERADOR DE TELEMARKETINGBARUERI50CONFERENTE DE CARGA E DESCARGABARUERI100PORTEIROMOEMA8ELETRICISTA (HIDRÁULICA)EMBU-GUAÇU4DOMESTICAJUQUITIBA1
Emprega São Paulo/Mais Empregodisponibiliza mais de 1200 vagas em SP
Da RedaçãoDa Redação
Os moradores da RuaMiguel de Arizo já po-dem comemorar as me-lhorias urbanas realiza-das pela Subprefeiturade Guaianases no local.
Foto: DivulgaçãoFoto: Léo Pinheiro/Futura Press/Estadão Conteúdo
Rua Miguel de Arizorecebe pavimentação
Protestos contra aumento das tarifas deônibus tomam as ruas em todo o Brasil
A rua está localizada no núcleo Lajeado, em Guaianases, na Zona LesteManifestações se espalharam por diversas cidades e tiveram forte apoio das redes sociais
Na rua foram coloca-dos guias e sarjetas emtoda a extensão, alémde toda a pavimenta-ção e asfalto. A praçaFrancisco Pereira So-brinho ganhou umanova iluminação e todaAs recentes mani-festações que tiveraminício no dia 05/06contra o aumento daspassagens de ônibusem São Paulo, organi-zadas pelo MovimentoPasse Livre (MPL), temrepercutido em cidadesde todo o país. Mesmocom a superexposiçãodo vandalismo, que defato depredou facha-das, estações de metrôe bens públicos, veio àtona a truculência po-licial ocorrida nos pri-meiros dias do ato, quetransformaram SãoPaulo num cenário deguerra, em que o portede vinagre (um dos an-tídotos contra bombasde gás lacrimogêneo)foi proibido. O saldodisso foi de muitos pre-sos, feridos e um repór-ter que quase perdeua visão. No ato maisinado – que contoucom 65 mil pessoasa área da Academia aoAr Livre foi restaurada.Muitos inclusive, jáestão reformando suascalcadas, pintando por-tões, mostrando entu-siasmo com as benfei-torias da região.55% de concordânciapor parte dos paulis-tanos – não reivindicaapenas pelos R$ 0,20de reajuste na passa-gem de ônibus, maspelo péssimo serviçoprestado, e caro, numaconta que pesa parao bolso do usuário eenche os cofres dasempresas. Estudantespartiram de univer-sidades em grupos,famílias inteiras parti-ciparam, num ato quetem mobilizado o paíse sido notícia no mun-do. O governador doEstado, Geraldo Alck-min disse que não ne-gociaria com vândalose o prefeito Fernan-do Haddad mantevea impossibilidade dereduzir as passagens.O prosseguimento domanifesto, porém, fezcom que o próprioConselho da Cidade,eleito por Haddad noinício de seu mandato,sugerisse ao prefeitoque desse uma aten-ção à tarifa do trans-porte e, se caso issonão fosse feito, re-pensasse o porquê dacriação do comitê.na região da AvenidaPaulista no dia 17/06– as balas de borrachae o gás estavam proibi-dos, e os manifestantesgarantiram que a lutanão parará, e que serápacíca, pois quem lutapelo ideal legítimo dabatalha quer apenasser ouvido e que hajauma reação cabível,sem violência.A marcha – que -cou conhecida comoRevolta do Vinagre eque, segundo o Ins-tituto Datafolha, tem

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->