Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Simulado 172 - PCF Área 6 - PF - CESPE

Simulado 172 - PCF Área 6 - PF - CESPE

Ratings: (0)|Views: 53|Likes:

More info:

Published by: Robson Timoteo Damasceno on Jun 22, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/05/2013

pdf

text

original

 
 
Simulado 172 para o concurso da Polícia Federal
Perito Criminal Federal
 –
Área 6
 –
Química / Engenharia Química
ResoluçõesElaboração das questões: Robson Timoteo DamascenoResolução das questões: Robson Timoteo Damasceno
4 semanas!Concurseiro Robson
 
CONHECIMENTOS BÁSICOS
1
O conceito atual de engenheiro
pessoa diplomada e legalmente habilitada a exercer alguma das múltiplas atividades da engenharia
é recente, ou seja, data da segunda
4
metade doséculo XVIII. O primeiro estabelecimento de ensino onde se ministrou um curso regular deengenharia, com a diplomação de profissionais com esse título, parece ter sido
7
fundado, emParis, em 1747. Na mesma época, também em Paris, foi criada a escola que formava engenheirosde minas. Em 1818, fundou-se, em Londres, o Instituto de Engenheiros
10
Civis, com a principalfinalidade de defender e prestigiar o significado da profissão, ainda desprezada e malcompreendida, mesmo nos centros mais avançados do mundo.
13
 Antes dessa época, muita gentehouve que se ocupou de diversas tarefas que, hoje, são atribuições do engenheiro. Osconstrutores antigos, entretanto, mesmo tendo realizado obras
16
difíceis e audaciosas, sebaseavam, principalmente, em uma série de regras práticas e empíricas, embora tivessem,evidentemente, em muitos casos, exata noção de estabilidade,
19
de equilíbrio de forças, de centrode gravidade, entre outras. As obras que fizeram, muitas das quais até hoje causam admiração,são muito mais fruto do empirismo e da intuição do
22
que de cálculo e de uma verdadeiraengenharia, como entendida atualmente. Pode-se dizer que a engenharia científica só teve inícioquando se chegou a um consenso de que tudo
25
aquilo que se fazia em bases empíricas eintuitivas era, na realidade, regido por leis físicas e matemáticas, que importava descobrir eestudar. Leonardo da Vinci e Galileu, nos séculos
28
XV e XVII, podem ser considerados osprecursores da engenharia científica.
Pedro Carlos da Silva Telles
. História da engenharia noBrasil. Internet: <www.ebah.com.br> (com adaptações).
Com referência ao texto acima, julgue os próximos itens.
1
 –
Depreende-se da leitura do texto que o autor, relevando os critérios com que a
“engenharia científica” (linha 23) foi def 
inida, aproxima as atividades exercidas por 
“construtores antigos” (linha 15) das realizadas com base em leis da física e da matemática.
 Correto
Ele fala que as construções se aproximavam apenas com o empirismo do que a engenhariacientífica faz.
2
 –
A f 
lexão de singular na forma verbal “importava” (linha 26) justifica
-se por ser o sujeitoda oração indeterminado, de interpretação genérica.Correto
Esta é a razão para isso.
3
 –
 
As palavras “título” (linha 6) e “profissão” (linha 11) foram empregadas com
o
equivalentes semânticos de “conceito” (linha 1), o que as torna intercambiáveis no texto.
 Errado
Há diferença semântica entre esses termos, que não são intercambiáveis.
4
 –
 
A substituição do trecho “como entendida atualmente” (linha 22
-
23) por “de acor 
do com
o nosso entendimento atual” imprimiria um tom mais formal ao texto, mantendo
-se osentido
codificado no valor semântico do conectivo e na flexão do particípio
originaldo texto.Correto
Manter-se-ia o sentido original e realmente se colocaria um tom mais formal.
 
 
1
 A participação das mulheres no mercado de trabalho tem-se ampliado nas últimasdécadas, todavia elas ainda enfrentam processos de segregação ocupacional horizontal e
4
verticalde gênero, marcados, entre outros aspectos, por discriminação, precarização, desigualdadessalariais e desvalorização profissional. A divisão do trabalho doméstico,
7
a socialização de homense mulheres e as relações de poder entre os gêneros são aspectos que contribuem para aconstrução e reprodução dessa desvalorização. Se, por um lado, essa é a
10
realidade de umnúmero significativo de mulheres, temos de considerar, no entanto, que esse cenário, para algunssetores femininos, tem sofrido alterações nas últimas décadas.
13
 A crescente e constanteampliação da escolaridade feminina tem contribuído para ampliar o espaço de atuação dasmulheres no mercado de trabalho também em profissões
16
que, historicamente, têm sidoconsideradas como espaços masculinos. As profissões científicas e tecnológicas inserem-se nessecontexto. Essas carreiras estão associadas a
19
conhecimentos de ciência e tecnologia cujaconstrução histórica e social foi marcada por exclusões de gênero que resultaram em campos compredominância masculina, seja pelo
22
perfil de gênero dos seus profissionais, seja pela formacomo seus conhecimentos se desenvolveram, estruturaram-se ou se organizaram. A baixaparticipação feminina, nesse universo,
25
ainda é uma realidade, particularmente na Engenharia. Areduzida presença de mulheres é um fenômeno que pode ser visto como corolário da baixapresença feminina em cursos
28
superiores dessa área.
Nanci Stancki Silva
. Engenharias no Brasil: mudanças no perfil degênero? Internet: <www.fazendogenero.ufsc.br> (com adaptações).
Com relação às ideias e estruturas linguísticas do texto acima, julgue os itens a seguir.
5
 –
 
As orações “que, historicamente, têm sido consideradas como espaços masculinos”
(
L.
16-
17) e “que resultaram em campos com predominância masculina” (
L.
20-21) poderiam,mantendo-se a coerência do texto e a sua correção gramatical, ser introduzidas por vírgulas,sendo, assim, interpretadas de uma maneira não restritiva.Errado
Não seria mantido a coerência do texto, pois a primeira substituição deixa o texto sem sentido.
6
 –
 
No trecho “A di
visão do trabalho doméstico, a socialização de homens e mulheres e as
relações de poder entre os gêneros” (
L.
6-8), o emprego da vírgula no lugar do conectivo
“e”, em “homens e mulheres”, não alteraria a relação semântico
-sintática entre os termos daoração.Errado
Mudaria muito a relação semântica, pois “mulheres” passaria a ser parte da enumeração anterior.
 
7
 –
 
No trecho “seus conhecimentos se desenvolveram” (
L.
23), a forma pronominal “seus”remete a “Essas carreiras” (
L.
18) e a “campos” (
L.
21), que, por sua vez, refere-
se a “Asprofissões científicas e tecnológicas” (
L.
17).Errado
“Seus” retoma profissionais.
 Nos próximos itens, avalie a correção gramatical frente à norma culta.
8
 –
Posso devolver-lhe o livro agora?Correto
Nada a corrigir.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->