Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
93Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Simulado Geral 65questoes II

Simulado Geral 65questoes II

Ratings:

4.0

(4)
|Views: 15,994 |Likes:
Published by gilka10

More info:

Published by: gilka10 on May 10, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/21/2013

pdf

text

original

 
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na InternetAcesse Agora !www.vestibular1.com.br 
Simulado de Língua Portuguesae Literatura Luso-Brasileirado Ensino Médio
Texto para responder às questões 01 e 02.ENTREVISTA COM MICHAEL SERMERRepórter: Como o senhor justifica a vantagem do pensamento cientifico sobre oobscurantismo?MS A ciência é o único campo do conhecimento humano com característicasprogressista. Não digo isso tomando o termo progresso arte, por exemplo. Os artistas nãomelhoram o estilo de seus antecessores, eles simplesmente o mudam. Na religião, padres,rabinos e pastores não pretendem melhorar as pregações de seus mestres. Eles as imitam,interpretam e repetem aos discípulos. Astrólogos, médiuns e místicos não corrigem os erros deseus predecessores, eles os perpetuam. A ciência, não. Tem características de autocorreçãoque operam como a seleção natural. Para avançar, a ciência se livra dos erros e teóriasobsoletas com enorme facilidade. Com a natureza, é capaz de preservar os ganhos e erradicar os erros para continuar a existir.(Diretor da ONG contra supertições – Veja, nº 1733) 1º) Em termos argumentativos, pode-se dizer que:a)a argumentação apresentada por MS se apóia em testemunha de autoridade.b)a tese apresentada está explícita em “ a ciência se livra dos erros e teorias obsoletascom enorme facilidade”.c)o público-alvo a ser convencido é o conjunto de pessoas ligadas de uma maneira ououtra, ao obscurantismo.d)os argumentos apresentados na defesa da tese se fundamentam ora na intimidaçãoora na persuasão.e)por ser caráter cientifico, a subjetividade do argumentador é completamentedesprezada na argumentação.2º) O segmento do texto que se volta para a própria contrução do texto é:a)“Não digo isso tomando o termo progresso como coisa boa, mas sim como um fato.”b)“O mesmo não ocorre na arte, por exemplo.”c)“Na religião, padres, rabinos e pastores não pretendem melhorar as pregações de seusmestres.”d)“Para avançar, a ciência se livra dos erros e teorias obsoletas com enorme facilidade.”e)“Como a natureza, é capaz de preservar os ganhos e erradicar os erros para continuar a existir.”Leia o texto para responder às questões 03 e 04.CHEGOU O FUTUROParece mentira que ele tinha chegado. Para quem está hoje na terceira idade, o ano2000 é como se fosse a chegada do futuro pelo qual se esperou achando que ele chamaischegaria. Parecia inatingível, tão distante era o tempo e na cabeça da gente. Sonhava-se coma data como se sonhava com o dia do homem à Lua ou a Marte, como sinônimo de conquistado impossível.
1
 
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na InternetAcesse Agora !www.vestibular1.com.br 
O passado era embalado por uma promessa que se acreditava que jamais iria serealizar. “Pode esperar sentado”, diziam os mais velhos quando queriam desanimar um jovem,“isto só vai acontecer no ano 2000, 10 no Dia de São Nunca”.Eis que bem ou mal ele está aí, encerrando de uma só vez a década, o século e omilênio dando início a uma era, não importa que o calendário diga o contrário; miticamente noimaginário de todo mundo, é assim.Foi um percurso acidentado dramático, o deste século para falar apenas dele e não domilênio. Só de guerras mundiais, envolvendo as grandes potências ameaçando se espalhar pelo planeta, foram duas, acompanhadas de centenas de conflitos regionalizados, morticínio,holocausto, extermínio em massa. A ciência e a tecnologia desenvolveram e aprimoraramcomo nunca a arte de destruir – as espécies, inclusive a própria, e o meio ambiente.A segunda guerra foi o traço mais constante nesse “século da insensatez”. Chegou-sea inventar uma forma moderna e cínica de paz: a Guerra Fria.Apesar de tudo isso, porém, o ano 2000 chega trazendo também um certo ar de vitóriasobre as previsões mais pessimistas: o fato de ter resistido tantas vezes ao apocalipseanunciado demonstra que a vontade de vida da humanidade ainda foi maior do que sua pulsãode morte.(Zuenir Ventura.
Època
. 3 de janeiro, 2000. com adaptações)3º) Sonhava-se com a data (...) como sinônimo de conquista do impossível.” (
.4-6)De acordo com o texto, justifica esse sentimento o:a)clima de euforia reinante em certas datasb)inexperiência natural dos jovens da primeira metade do séculoc)frustração dos contemporâneos do cronista com a proximidade do novo séculod)insegurança das pessoas mais velhas em relação ao seu próprio futuroe)distância existente entre aquele momento do passado do cronista e o ano 20004º) “Pode esperar sentado”, diziam os mais velhos quando queriam desanimar um jovem, istosó vai acontecer no ano 2000, no dia de São Nunca. E eis que bem ou mal ele está aí,” .No trecho, a conjunção sublinhada só NÃO pode ser substituída por:a) masb) porquec) porémd) entretantoe) no entantoTexto para responder às questões 05 e 06.O MEDO SOCIALNo Rio de Janeiro, uma senhora dirigia seu automóvel com o filho ao lado. De repentefoi assaltada por um adolescente, que a robou, ameaçando cortar a garganta do garoto. Diasdepois, a mesma senhora reconhece o assaltantena rua. Acelera o carro, atropela-o e mata-o,com a aprovação dos que presenciaram a cena. Verídica ou não, a história é exemplar, ilustrao que é a cultura da violência, a sua nova feição no Brasil.Ela segue regras próprias. Ao expor as pessoas a constantes ataques à sua integridadefísica e moral, a violência começa a gerar expectativas, a fornecer padrões de respostas.Episódios truculentos e situações-limite passam a ser imaginados e repetidos com o fim decaucionar a idéia de que só a força resolve conflitos. A violência torna-se um item obrigatóriona visão do mundo que nos é transmitida. Cria a convicção tática de que o crime e a
2
 
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na InternetAcesse Agora !www.vestibular1.com.br 
brutalidade são inevitáveis. O problema, então, é entender como chegamos a esse ponto.Como e por porque estamos nos familiarizando com a violência, tornando-a nosso cotidiano.Em primeiro lugar, é preciso que a violência se torne corriqueira para que a lei deixe deser concebida como o instrumento de escolha na aplicação da justiça. Sua proliferaçãoindiscriminada mostra que as leis perdem o valor normativo e os meios legais de coerção, aforça que deveriam ter. Nesse vácuo, indivíduos e grupos passam a arbitrar o que é justo ouinjusto, segundo decisões privadas, dissociadas de princípios éticos válidos para todos. Ocrime é assim, relativizado em seu valor de infração. Os criminosos agem com consiênciasfelizes. Não se julgam fora da lei ou da moral, pois conduzem-se de acordo com o queestipulam ser o preceito correto. A imoralidade da cultura da violência consiste justamente nadisseminação de sistemas morais particularizados e irredutíveis a ideais comuns, condiçãoprévia para que qualquer atitude criminosa possa ser justificada e legítima.(Jurandir Freire Costa) 5º) “No Rio de Janeiro, uma senhora dirigia seu automóvel com o filhoao lado. De repente foiassaltada por um adolescente ...”; a passagem do pretérito imperfeito para o pretérito perfeitomarca a mudança de:a)um texto descritivo para um texto narrativob)a fala do narrador para a fala do personagemc)um tempo passado para um tempo presented)um tempo presente para um tempo passadoe)a mudaa de narrado6º) A narrativa contida no primeiro parágrafo tem a função textual de:a)exemplificar algo que vai ser explicado depois.b)justificar a reação social contra a violência.c)despertar a atenção do leitor para o problema da violência.d)mostrar a violência nas grandes cidades.e)relatar que vai justificar uma reação social.7º) Sobre o Romantismo brasileiro, é CORRETO afirmar que:a)ocorreu simultaneamente às principais escolas do Romantismo europeu,estabelecendo um dialogo com as principais correntes então em voga.b)criou um tema original, o do indígena, antes não explorado, representando um primeiromomento de inovação em relação à matriz.c)teve como principais manifestações o romance e o drama histórico, diferentemente doromantismo francês, que privilegiou a poesia e o teatro.d)abordou temas relacionados a varias regiões do país, buscando traçar um panoramaque retratasse a multiplicidade e riqueza da cultura nacional.e)Manteve total independência em relação às principais correntes euroias,estabelecendo assim as bases para o movimento modernista brasileiro.8º) Leia as afirmações abaixo sobre os romances
O Guarani e Iracema
, Jose de Alencar.
I.
Em
O Guarani 
, tanto a casa Mariz, representante dos valores lusitanos, quanto osAimorés, que retratam o lado negativo da terra americana, são destruídos.
II.
Em
Iracema
, a guardiã do “segredo da Jurema” abandona sua tribo para seguir Martim, o homem branco por quem se apaixonara.
III.
Em
O Guarani e Iracema
, as personagens indígenas – Peri e Iracema – morrem emcircunstâncias trágicas, na certeza de que serão vingadas.Quais estão corretas?
3

Activity (93)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Alex Fonte liked this
Antonio Vicente liked this
Mara Perazza liked this
bkarvy liked this
bkarvy liked this
profsmariano liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->