Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Axumitas

Axumitas

Ratings: (0)|Views: 418 |Likes:
Published by Henrique Santos

More info:

Published by: Henrique Santos on Jul 08, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/11/2014

pdf

text

original

 
 
 
AGRADECIMENTOS- Aos meus pais, que sempre me incentivaram ao prazer da leitura e nunca condenaram minhacuriosidade extrema...- Aos meus queridos Jogadores, que me aguentam como Mestre desde 1996 (em especial o
Tico “Slinker”, o Rodrigo “Chuck Norris”, o Rafael “Feijão”, o Rafael “Ruffles”, o Dalton,
o Lucas
“Wargods”, o Renato “Cocaman”, os primos Luiz, William
, Gabriel, Eduardo e Patrick eprincipalmente meu irmão César).- À minha namorada Dayana, com a simples existência dela na minha vida.- Às Musas que inspiraram Marcelo Del Debbio a criar um cenário tão vasto e rico, digno daadmiração de todo RPGista e leitor (que saiu ganhando com tantos contos derivados destecenário).- À galera do Fórum da Editora Daemon e do Grupo da Daemon no Facebook, que semprebusca ajudar quem tem dúvidas quanto ao cenário, e me deram inúmeras sugestões para estee os próximos Netbooks.- A todos os artistas desconhecidos por mim que disponibilizaram as imagens pela Internet,imagens estas que eu peguei emprestadas para este Netbook.
 
MISTERIOSOS AXUMITAS
Desde crianças, estudamos a HistóriaAntiga a partir dos egípcios,mesopotâmicos, gregos e romanos, mas nãotemos contato com as centenas de outrospovos que compunham e relacionavam-secom estes povos principais. Um destespovos é a misteriosa nação da região doChifre Africano, cujo reino era chamadoAxum.Um povo repleto de mistérios e detentor deum dos primeiros alfabetos do MundoAntigo, com tradições mantidas até hoje econhecimento militar e hidráulicoadmiráveis em sua época e região. Mesmocom características tão marcantes, osaxumitas muitas vezes nem sãomencionados nos livros de História.Este povo, após sua diluição entre povostribais e invasões europeias e árabes, tevealgumas de suas tradições mudadas pelocontato com tantos outros povos, atépraticamente desaparecerem com adominação islâmica e a posteriorneocolonização italiana que acabou porformar o país conhecido atualmente comoEtiópia. Atualmente, os ditos axumitas nãopassam de uma fraca lembrança históricasuprimida pela intensa influência cristãortodoxa e a cultura da miséria e dasguerras dos senhores tribais.O Netbook Axumitas, escrito por Henrique
“Morcego” Santos, trata deste povo
poucoconhecido na História real e menos aindano Mundo de Trevas, explicando inclusivefatos obscuros mas de grande interesse,como a relação da Cidade de Prata e dacultura rastafári sobre a região, o mistérioda possessão Bouda e da vidência atravésda borra de café, a atuação das ordenssecretas o Leste Africano, e novasinformações sobre como é o Mundo de Trevas dentro do continente africano
 – 
 atualmente, reduzido a fracas menções deAsimanis e bruxos Asimas. Junto a todosos recursos para uma campanha em Axumou na Etiópia, este Netbook aindaapresenta Addis Abeba como cidade-base, euma aventura introdutória às novasinformações contidas neste Netbook.Entre os novos tipos de personagem, estãotrês tipos de místicos (Sälabi, Kadami eAwaqi), Templários da Arca da Aliança,membros dos povos dos desertos (Adagn eKomaro), exorcistas etíopes, criaturas dofolclore árabe (Zä'ast'ämon, Bouda eLégéwon) e outros, todos com regras paraPersonagens Jogadores, além de poderes edescrições que introduzirão com perfeiçãoestes personagens ao cenário de Trevas.Vale ressaltar que este Netbook possui asideias específicas do autor, podendo ou nãoser consideradas oficiais, desde queafirmado diretamente pelo criador doMundo de Trevas, Marcelo del Debbio.
RESUMO HISTÓRICO
Axum foi o império existente na região ondehoje se situa a Etiópia, tendo existido porvolta do século IV a.C. até o século I d.C. Acapital do reino estava localizada na cidadede Axum, bem ao norte do atual paísafricano, famosa por ali ser apontado comoo lugar onde é guardada por mongesortodoxos etíopes a famosa Arca da Aliança.O império axumita teve importânciadefinitiva no comércio entre o ImpérioRomano e o subcontinente indiano, servido
de “ponte” para a troca de produtos entre o
Ocidente e o Oriente. Prova da importânciadeste antigo reino africano é atestado pelacunhagem de inúmeras moedas de ouro eprata, durante a administração de váriosmonarcas locais, e que traziam inscrições
em ge’ez (a língua do império) e grego,
prova de que este antigo estado tinhaproeminência no comércio internacional deseu tempo (o grego era a língua preferencialpara qualquer contato internacional naépoca). Foi inclusive nesta época que se
criou a escrita ge’ez, ainda hoje utilizada,
um dos poucos sistemas de escritaexclusivamente africano.Ainda durante a existência do estado deAxum, o povo etíope adotou a religiãocristã, durante o reinado de Ezana (cerca de320 da era Cristã), adaptando-a a suarealidade e tornando-a uma forma deidentificação de sua nacionalidade. Apesardisso, a Igreja Ortodoxa etíope ficariasubordinada à Igreja Copta egípcia desde oinício até 1959, quando finalmente estesdois ramos do Cristianismo com seus ritosparticulares se separaram. Antes de suaconversão ao Cristianismo, o povo adotavauma religião própria muito vinculada àmitologia mesopotâmica. Uma porcentagemconsiderável dos súditos de Axum cultuavaainda o Judaísmo.Axum chegou ao fim devido à expansãomuçulmana e a pressão de reinos vizinhos.A população do Império foi forçada a seisolar no interior de seu território,causando consequente declínio de suacultura e comércio, apagando aos poucos ostraços desta distinta sociedade. O ImpérioAxumita seria sucedido pelo Estado

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Alex Pina liked this
Pedro Jones liked this
Henrique Santos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->