Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
11Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Profeta+Isaías

Profeta+Isaías

Ratings: (0)|Views: 6,123|Likes:
Published by Yehud77

More info:

Published by: Yehud77 on May 12, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

01/30/2013

pdf

text

original

 
Profeta Isaías - Capítulo 6 versículos 8 a 10.
Navi Yeshayáhu - Prophet IsaiasProfeta Isaías 6:8-10 -
 Ouvi a voz do Eterno, dizendo: A quem enviarei, quem háde ir por nós? - e eu exclamei: 'aqui estou. Envia a mim!' 9 Ele disse:Vai e fala aeste povo: Certamente escutais, mas não compreendeis; olhais, mas não vosapercebeis. 10 Embota o coração deste povo, ensurdece seus ouvidos e cerraseus olhos para que, ao enxergar com os olhos, escutar com os ouvidos ecompreender com o coração, não se arrependam e sejam curados.
 Alegação missionária:
Que estes versos aludem a Jesus, de Nazaré, que segundo um texto não judaicofalava por parábolas.
Contexto da Passagem:
Não somente os versos citados pelos missionários se refere ao próprio profetaIsaías, como todo o capítulo 6, que relata o início de sua vocação profética. Os versos não tem nenhuma ligação com a distorcida interpretação missionária queJesus
"falava" 
por parábolas. Os missionários tiram o versículo do seu contextocorreto e transladam para uma posição que acham conveniente
Resumo para entendimento:
Eventos muito importantes ocorreram durante a vida de Yeshayáhu, tanto nahistória de nosso povo quanto na história do mundo em geral. Yeshayáhu viu osurgimento de um novo império, a Assíria, cujo rei Shalmaneser conquistou oReino Norte, e exilou as Dez tribos. Somente Judéia permaneceu, e este foi oúltimo baluarte da verdadeira fé num Único D'us.Porém ali, também, as práticas perversas dos vizinhos começaram a causardanos, e a Cidade Sagrada de Jerusam muitas vezes foi profanada pelaidolatria, injustiça e corrupção. Yeshayáhu levou ao rei e ao povo a mensagemde D'us, num tempo em que a idolatria parecia estar fincando raízes na terra, eele pregou justiça e caridade numa época em que a moral do povo descia cada vez a níveis mais baixos.Sobre o seu chamado Divino, Yeshayáhu (Isaías) assim relata no capítulo 6:
"No ano da morte do Rei Uzziá (isso significa quando ele foi atacado pela leprae estava isolado), eu vi D'us sentado sobre um trono alto e exaltado, e Sua glória preenchia o santuário. Serafins (anjos de fogo) estavam de pé à Sua volta. Cadaum tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os pés, e com duasele voava. E um falava com o outro, dizendo: 'Santo, Santo, Santo é o Senhordos Exércitos; a terra inteira está repleta com Sua glória."E os pilares tremiam com as vozes daqueles que clamavam, e a casa ficourepleta de fumaça. E eu disse: 'Infeliz sou eu, um homem de lábios impuros, e nomeio de pessoas com lábios impuros eu habito; pois o Rei, o Senhor das Hostes,meus olhos viram.
 
"Então um Serafim voou na minha direção, e em sua mão havia um carvão queele tinha tirado do altar com o pegador. Ele o colocou sobre minha boca e disse:'Vê, isso tocou teus lábios, e tua iniqüidade partiu e teu pecado está perdoado!' 
"E eu ouvi a voz de D'us, dizendo: 'A quem Eu enviarei e quem irá por nós?' E eu disse: 'Aqui estou; envia a mim.' E Ele respondeu:'Vai, diz a este povo; vocês ouviram, mas não entenderam; vocêsviram, mas não sabem. Obstinado é o coração deste povo; seusouvidos são pesados e seus olhos fechados; ou então seus olhosveriam, seus ouvidos ouviriam, e seus corações entenderiam, paraque se arrependam e sejam curados.'
 A missão de Yeshayáhu era, antes de mais nada, admoestar as pessoas e insistircom elas para que se arrependessem e voltassem a D'us. Ele diz ao povo queD'us é seu pai, e que eles são Seus filhos. Ele chama os filhos rebeldes a voltaremao Pai amoroso. Assim, já no primeiro capítulo (do livro que lemos no Shabat Chazon), sua voztroveja:
"Ouçam, ó Céus, e ouça, ó Terra, pois D'us falou. 'Os filhos que eu nutri e criei,eles se rebelaram contra Mim. O boi conhece o seu dono, o jumento conhece o jugo do amo, mas Israel não conhece, Meu povo não considera'" 
 Assim ele conclama céu e terra como para serem testemunhas de que Israel semostrou ingrato e desobediente. Ele não hesita em culpar os líderes, a quemchama de
"Governantes de Sodoma",
pelo baixo nível moral do povo. Repreendeseveramente os devotos hipócritas que oferecem sacrifícios a D'us, mas que nãodeixam de pecar, pensando que podem
"subornar" 
D'us, como fazem osidólatras.
Para o judeu pensar:
 Não sou Eu o Eterno? 
 E não há nenhum deus além de Mim
– um D'us justo e Salvador;
não há ninguém mais
. Volte para Mim e salve-se, todos osconfins da terra, pois Eu sou D'us e não há nenhum outro ."(Yesha’yáhu - Isaias45:21-22).
 
Profeta Isaías - Capítulo 7 versículo 14
Navi Yeshayáhu - Prophet Isaias
 
Profeta Isaías 7:14 -
 Eis pois que o Eterno, Ele mesmo, vos dará um sinal: eisque a moça grávida dará à luz um filho e o chamará Imanuel ('D'us estáconosco')
 
 Alegação missionária:
Que o verso 14 justifica o nascimento de Jesus, de Nazaatravés de uma virgem de acordo com a descrição de texto não judaico.
Contexto da Passagem:
O verculo relata um sinal que o Eterno dará ao Rei Achaz (Acaz). Onascimento de uma criança, que aconteceu no mínimo 700 anos antes de Jesus.
Resumo para entendimento:
1 - O Reino de Efraim (norte) se aliou ao rei de Aram (Retsin) na tentativa de selivrar do perigo assírio (Is-7:2). O Reino de Judá (sul) não participou da aliançacom o Reino de Efraim e Aram. Estes dois reinos temendo que o reino do sul(Judá) se tornasse aliado da Assíria, resolveram atacar (Judá) para remover dotrono o Rei Achaz (Acaz) e colocar em seu lugar o filho de Tav'al, rei de Tiro. Achaz, presumindo e temendo um ataque da aliança do norte (Efraim e Aram)efetua uma verificação da reserva de água de Jerusalém (Is-7:3). No entanto oprofeta Isaías vai ao encontro do Rei e o tranqüiliza que não haverá perigo pois,continua válida a promessa (do Eterno) que a dinastia do rei Davi será mantida,desde que confie nas providências divinas.(Is-7:4)O Rei Achaz não deu crédito as promessas do Eterno feitas pelo profeta Isaías epediu aulio a Assíria. O profeta condenou este modo de agir do rei eproclamou que o Eterno estaria presente, que Ele (D'us) estaria ao lado doReino do Sul (Judá), que
"D'us Estaria Conosco" 
- Imanuel. Assim, de acordo com o contexto do Capítulo 7:1-9 de Isaías conclui-se que, oEterno promete um sinal ao rei Achaz e este sinal é justamente o filho dopróprio rei, que está para nascer.2 - Os missionários descontextualizam o texto e não se preocuparam sequercom o tempo histórico do versículo3 - Traduzem mal:O correto no versículo é
"D'us ESTÁ conosco" 
e não "
 D'us Conosco",
que visa assim sustentar credos estranhos ao judaísmo;Tradução grosseira da palavra almá (almah). A palavra hebraica
"almah" 
significa uma
"jovem mulher
e não uma virgem, fato reconhecido por

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
José Roberto liked this
divinohenrique liked this
Erisvan Soares liked this
Pedro Lucas liked this
morenoedu liked this
guidettescribd liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->