Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
456Activity

Table Of Contents

0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila de Cartografia Completa

Apostila de Cartografia Completa

Ratings: (0)|Views: 83,036 |Likes:
Published by britanico12
Apostila de Cartografia Básica - Professor Doutor Paulo Marcio Leal de Menezes - Departamento de Geografia - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Apostila de Cartografia Básica - Professor Doutor Paulo Marcio Leal de Menezes - Departamento de Geografia - Universidade Federal do Rio de Janeiro

More info:

Published by: britanico12 on May 18, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/21/2013

pdf

text

original

 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIROIGEO CCMNDEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA
DISCIPLINA DE CARTOGRAFIANOTAS DE AULA
Professor: Paulo Márcio L. de Menezes
1 - INTRODUÇÃO
1.1 DEFINIÇÕES E CONCEITO DE CARTOGRAFIA
Etimologicamente Cartografia é uma palavra derivada do grego “
 graphein
”, significandoescrita ou descrita e do latim “
charta
”, com o significado de papel, mostra, portanto uma estreitaligação com a apresentação gráfica da informação, através da sua descrição em papel. Foi criada em1839 pelo historiador português Visconde de Santarém, em carta escrita em Paris e dirigida aohistoriador brasileiro Adolfo Varnhagen. Antes do termo ser divulgado e conseentementeconsagrado na literatura mundial, usava-se tradicionalmente como refencia, o vobulo
Cosmografia
, que significa astronomia descritiva (OLIVEIRA, 1980).Uma definição simplista pode ser estabelecida, apresentando-a como a “
ciência que trata daconcepção, estudo, produção e utilização de mapas
” (ONU, 1949). Outras definições, mais complexase mais atualizadas fornecem uma visão mais profunda dos elementos, funções e processos que acompõem, tais como a estabelecida pela Associação Cartográfica Internacional (ICA), em 1973, que aapresenta como: “
 A arte, ciência e tecnologia de construção de mapas, juntamente com seus estudoscomo documentação científica e trabalhos de arte. Neste contexto mapa deve ser considerado comoincluindo todos os tipos de mapas, plantas, cartas, seções, modelos tridimensionais e globos,representando a Terra ou qualquer outro corpo celeste
”. A mesma ICA em 1991, apresentou umanova definição, nos termos seguintes: “
ciência que trata da organização, apresentação, comunicaçãoe utilização da geoinformação, sob uma forma que pode ser visual, numérica ou tátil, incluindo todosos processos de elaboração, após a preparação dos dados, bem como o estudo e utilização dos mapasou meios de representação em todas as suas formas
”.Esta é uma das definições mais atualizadas, incorporando conceitos que não eram citadosanteriormente, mas nos dias atuais praticamente já estão diretamente associados à Cartografia. Elaextrapola o conceito da apresentação cartográfica, devido à evolução dos meios de apresentação, para1
 
todos os demais compatíveis com as modernas estruturas de representação da informação. Apresenta otermo
geoinformação
, caracterizando um aspecto relativamente novo para a Cartografia emconcepção, mas não em utilização, pois é uma abordagem diretamente associada à representação earmazenamento de informações. Trata-se, porém, de associar a Cartografia como uma
ciência detratamento da informação
, mais especificamente de informações gráficas, que estejam vinculadas àsuperfície terrestre, sejam elas de natureza física, biológica ou humana. Dessa forma a
informaçãogeográfica
sempre será a principal informação contida nos documentos cartográficos.Fica também evidenciado, de uma maneira geral, que a Cartografia tem por objetivo o estudode todas as formas de elaboração, produção e utilização da representação da informação geográfica.Continua a caracterizar a importância do mapa, como uma das principais formas de representação dainformação geográfica, incluindo outras formas de representação e aspectos de armazenamento dainformação cartográfica, principalmente os definidos por meios computacionais.A utilização de mapas e cartas é um aspecto bastante desconsiderado pelos usuários daCartografia. Uma grande maioria de usuários utiliza mapas e cartas, sem conhecimentos cartográficossuficientes para obtenção de um rendimento aceitável que o documento poderia oferecer. Geralmenteum guia de utilização é desenvolvido, através de manuais distintos ou legendas espeficas edetalhadas, destinados a usuários que possuem uma formação cartográfica limitada. Ao usuário, noentanto, cabe uma boa parcela do sucesso de um documento cartográfico, podendo a divulgação e autilização de um documento cartográfico ser equiparada a um livro. Um documento escrito semleitores, pode perder inteiramente a finalidade de sua existência e da mesma forma isto pode ser estendido para um mapa, ou seja, um mapa mal lido ou mal interpretado pode induzir a informaçõeserradas sobre os temas apresentados.
1.2. CARTOGRAFIA E GEOGRAFIA: UMA RELAÇÃO IMPORTANTE
Face à Geografia, a Cartografia apresenta-se funcionalmente, como uma ferramenta de apoio, permitindo, por seu intermédio, a espacialização de toda e qualquer tipo de informação geográfica.Desta forma, para o geógrafo, é imprescindível o conhecimento dos aspectos básicos da cartografia bem como dos fundamentos de projeto de mapas. O cartógrafo geográfico deve ser distinto de outrasáreas de aplicação da Cartografia, pois a sua representação pode ser considerada ao mesmo tempocomo ferramenta e, ao mesmo tempo, produto do geógrafo (DENT, 1999).O geógrafo, como cartógrafo, deve perceber a perspectiva espacial do ambiente geobiofísico,tendo a habilidade de abstraí-lo e simbolizá-lo. Deve conhecer projeções e selecioná-las; ter acompreeno das relações de áreas e também conhecimentos da importância da escala narepresentação final de dados e informações.2
 
Por outro lado deve ter a capacidade, devido à intimidade com a abstração da realidade e suarepresentação, de avaliar e revisar o processo, visando facilitar o entendimento por parte do usuáriofinal. É fundamental a sua participação no projeto e produção de mapas temáticos, associando tambéma representação de outros tipos de informações, tais como sensores remotos.SAUER (1956) sintetiza claramente a importância da Cartografia para o geógrafo, através daseguinte citação:
Mostre-me um geógrafo que não necessite deles (mapas) constantemente e os queira ao seuredor e eu terei minhas dúvidas se ele fez a correta escolha em sua vida. O mapa fala atravésda barreira da linguagem. (SAUER, 1956).
1.3 - COMUNICAÇÃO CARTOGRÁFICA
A Cartografia é, em princípio, um
meio de comunicação gráfica
, exigindo, portanto, comoqualquer outro meio de comunicação (escrita ou oral), um
mínimo de
 
conhecimentos
por partedaqueles que a utilizam. A linguagem
cartográfica
é
praticamente universal
: um usuário com uma boa base de conhecimentos será capaz de traduzir satisfatoriamente qualquer documento cartográfico,seja sob qual forma esteja se apresentando.Considerando-se a Cartografia como um sistema de comunicação, pode-se verificar que a
fontede informações é o mundo real
,
codificado
através do
simbolismo do
 
mapa
, sendo que o vetor entre a fonte e o mapa é caracterizado pelo
padrão gráfico bidimensional estabelecido pelossímbolos
.Figura 1.1 - Sistema de Comunicação Cartográfica Na realidade, de uma forma simplificada, o sistema de informação está restrito ao mundo real,ao cartógrafo e ao usuário, gerando três realidades distintas, como se fossem conjuntos separados.Quanto maior a interseção destas três realidades, mais se aproxima o mapa ideal para a representaçãode um espaço geográfico em qualquer dos seus aspectos.
MAPAUSUÁRIOConcepçãoCartográficaMundoRealFonte Tratamento Apresentação Utilização
SISTEMA CARTOGRÁFICO
Sistema de Comunicação Cartográfica
3

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->