Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
BI preçário 2009

BI preçário 2009

Ratings:

4.75

(1)
|Views: 474|Likes:
Published by Assírio & Alvim
Biblioteca dos Editores Independentes
Preçário 2009
Biblioteca dos Editores Independentes
Preçário 2009

More info:

Categories:Types, Brochures
Published by: Assírio & Alvim on May 21, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

text

original

 
os livros de bolso que faltavam
2009
Camilo Castelo Branco,COISAS QUE SÓ EU SEI
«Na última noite do Carnaval, que foi justa-mente aos 8 dias do mês de Fevereiro, do cor-rente ano, pelas 9 horas e meia da noite en-trava no Teatro de S. João, desta heróica emuito nobre e sempre leal cidade, um dominóde cetim.Dera ele os dois primeiros passos no pavi-mento da plateia, quando um outro dominóde veludo preto veio colocar-se-lhe frente afrente, numa contemplação imóvel.O primeiro demorou-se um pouco a medir asalturas do seu admirador, e virou-lhe as cos-tas com indiferença natural.»
96 pp. —
4 EurosEça de Queirós,A CIDADE E AS SERRAS
«O meu amigo Jacinto nasceu num palácio,com cento e nove contos de renda em terras desemeadura, de vinhedo, de cortiça e de olival.No Alentejo, pela Estremadura, através dasduas Beiras, densas sebes ondulando por co-lina e vale, muros altos de boa pedra, ribeiras,estradas, delimitavam os campos desta velhafamília agrícola que já entulhava grão e plan-tava cepa em tempos de el-rei D. Dinis. A suaquinta e casa senhorial de Tormes, no BaixoDouro, cobriam uma serra. […] Mas o palácioonde Jacinto nascera, e onde sempre habitara,era em Paris, nos Campos Elísios, n.º 202.»
288 pp. —
7 EurosNikolai Gógol, O BRUXO VÍI
tradução de Nina Guerrae Filipe Guerra
«Ouviu-se o galo. Era já a segunda vez quecantava, mas da primeira não tinha sido ouvidopelos gnomos. Os espíritos, assustados, atira-vam-se contra as janelas e portas em grandeconfusão, tentando fugir rapidamente, mas eratarde de mais: ficaram ali, cravados nas portase nas janelas. O padre, quando entrou, paroupetrificado à vista daquela incrível profanaçãodo lugar santo e não ousou dizer a missa decorpo presente em semelhante lugar. Assim, aigreja ficou para sempre com os monstros pre-sos às portas e às janelas, cobriu-se de mato —raízes, ervas, abrunheiros-bravos. Já ninguémconseguirá encontrar o caminho até ela.»
96 pp. —
5 EurosEça de Queirós,A CORRESPONDÊNCIA DEFRADIQUE MENDES
Em
 A Correspondência de Fradique Mendes
,Eça de Queirós cria uma das suas persona-gens mais cosmopolitas, que exprime asideias e também as ilusões da vanguardacultural portuguesa da época.
128 pp. —
5 EurosLuigi Pirandello, PENA DEVIVER ASSIM
tradução de Ana Caruso
 Pena de viver assim
faz parte da colectânea
 Novelle per un anno
(1922-1937), compostapor 246 contos repartidos em 15 volumes.A protagonista, que se torna tema centraldo conto, é a senhora Leuca, uma mulher abandonada pelo marido durante onzeanos. A sua nostalgia e a sua dor são contí-nuas e fazem com que ela assista ao de-senvolvimento da sua própria vida sem ter poder de intervenção. A saudade dos senti-dos que a atormenta constrói este conto degrande e trágico humorismo.
96 pp. —
4 EurosCícero, DA VELHICE
tradução do latim de Carlos Humberto Gomes
A obra de Cícero que se supõe ser a maisantiga é o tratado
 De Inventione
, que é da-tado de 84. Datam de 70 as célebres
Verri-nas
(
 Actio Prima
e
 Actio Secunda in Verrem
)contra o corrupto governador da Sicília,Verres. Cícero torna-se o maior orador deRoma.
96 pp. —
4 Euros

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Cristina liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->