Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
1Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
3 Matematica p Detransp Todos Os Cargos Aula 04 Aula 04 Detransp 29062

3 Matematica p Detransp Todos Os Cargos Aula 04 Aula 04 Detransp 29062

Ratings: (0)|Views: 699|Likes:
Published by Cinthia Krayuska

More info:

Published by: Cinthia Krayuska on Aug 14, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

09/09/2013

pdf

text

original

 
MATEMÁTICA P/ DETRAN-SP TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOSProf. Arthur Lima – Aula 04
 
Prof. Arthur Lima
www.estrategiaconcursos.com.br
1
 
AULA 04: TÓPICOS FINAIS
SUMÁRIO PÁGINA
1. Teoria 012. Resolução de exercícios 233. Lista de exercícios resolvidos 704. Gabarito 93Prezado aluno,Em nossa quarta e última aula veremos os tópicos restantes do seu edital:
“Média aritmética simples e ponderada. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos. Raciocínio lógico. Resolução de situações problema” 
Tenha uma boa aula, e me procure em caso de dúvida!
1. TEORIA:1.1 RELAÇÃO ENTRE GRANDEZAS: TABELAS E GRÁFICOS
Para começarmos o estudo de relações entre grandezas, precisamosconhecer alguns conceitos básicos:
- População: 
é o conjunto de todas as entidades sob estudo. Possui pelo menosuma característica em comum que permite delimitar os seus integrantes. Ex.:População dos moradores de Brasília; população dos alunos da escola A;população dos animais de estimação do meu bairro;
- Censo: 
quando efetuamos o censo de uma população, analisamos todos osindivíduos que compõem aquela população. Por exemplo: podemos contar um porum os moradores de Brasília, ou todos os alunos da escola A, ou todos os animaisde estimação de meu bairro. Normalmente o nosso interesse não é simplesmentecontá-los, mas sim verificar um determinado atributo, ou característica que esses
 
MATEMÁTICA P/ DETRAN-SP TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOSProf. Arthur Lima – Aula 04
 
Prof. Arthur Lima
www.estrategiaconcursos.com.br
2
 
indivíduos possuem. Exemplificando, pode ser que queiramos saber, de todos osmoradores de Brasília, quantos são Homens, ou quantos tem mais de 1,80m dealtura, ou quantos ganham mais que R$1.000,00 por mês.
- Amostra: 
em muitos casos é inviável, custoso ou desnecessário, observar um porum dos membros de uma determinada população. Se queremos saber qual opercentual de homens na população de Brasília, podemos analisar um subconjuntodaquela população, isto é, uma amostra. Se a amostra for suficientemente grande (ebem escolhida), é possível que o percentual de homens da amostra seja muitoparecido com o que seria obtido se analisássemos toda a população.
- Variável: 
é um atributo ou característica (ex: sexo, altura, salário etc.) doselementos de uma população que pretendemos avaliar.
- Observação: 
trata-se do valor que a variável assume para um determinadomembro da população. Ex.: a observação da variável SEXO referente a João,membro da população brasiliense, tem valor “Masculino”.
1.1.1 TABELAS
Para descrever um conjunto de dados, um recurso muito utilizado são tabelascomo essa abaixo, referente à observação da variável “Sexo dos moradores deBrasília”:
 
Valor da variável Frequências (Fi)Masculino 23Feminino 27Note que na coluna da esquerda colocamos as categorias de valores que avariável pode assumir, e na coluna da direita colocamos o número de Frequências,isto é, o número de observações relativas a cada um dos valores. Note que foianalisada uma amostra de 50 pessoas, das quais 23 eram homens e 27 mulheres.Estes são os valores de frequências absolutas. Podemos ainda representar as
 
MATEMÁTICA P/ DETRAN-SP TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOSProf. Arthur Lima – Aula 04
 
Prof. Arthur Lima
www.estrategiaconcursos.com.br
3
 
frequências relativas (percentuais): sabemos que 23 em 50 são 46%, e 27 em 50são 54%. Portanto, teríamos:Valor da variável Frequências relativas (Fi)Masculino 46%Feminino 54%Se essa amostra foi bem escolhida, ela nos dá uma boa estimativa de comoé distribuída a população brasiliense: cerca de 46% são homens e 54% mulheres.Quanto maior a amostra (e mais bem escolhida), mais nos aproximaremos dospercentuais que seriam obtidos na análise de toda a população.Note que a frequência relativa é dada por Fi / n, onde Fi é o número defrequências de determinado valor da variável, e n é o número total de observações.Agora, veja a tabela abaixo, referente à observações da variável Altura dosmoradores de Brasília:
 
Valor da variável Frequências (Fi)1,50m 151,51m 51,53m 41,57m 21,60m 101,63m 81,65m 11,71m 201,73m 101,75m 31,83m 2Quando temos uma variável como esta, que pode assumir um grandenúmero de valores distintos, é interessante “resumir” os dados, criando intervalos devalores para a variável (que chamaremos de classes). Veja um exemplo:

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->