Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
31Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Alcance Da Imunidade Sobre Os Impostos Indiretos

O Alcance Da Imunidade Sobre Os Impostos Indiretos

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 9,323|Likes:
Published by Enaldo Brito
RESUMO
A presente pesquisa objetivou conhecer o alcance da imunidade sobre os impostos indiretos. Iniciamos com um breve histórico da imunidade nos tempos primordiais até sua evolução na doutrina pátria. A noção de imunidade tributária moderna origina-se no Estado de Direito, como limitação constitucional do poder de tributar e, no Brasil, na Constituição de 1891, na espécie imunidade recíproca, e posteriormente, nas constituições seguintes. Imunidade pode ser conceituada pelos positivistas como autolimitação da competência tributária e, pelos humanistas, em limitação do poder de tributar pelo direito das liberdades. Quanto à natureza, ela é um instituto constitucional que visa a proteção de valores fundamentais, é uma espécie de limitação da competência tributária, não incidência qualificada, por conseguinte, difere de isenção, pois tem alcance sobre todos os tributos, pela interpretação ampla, mas apenas sobre os impostos, pela interpretação restrita. A doutrina classifica-a em subjetiva e objetiva, ou mista, na incidência; em ontológicas e políticas, se origina em principio constitucional; condicionadas e incondicionadas, se depende de legislação inferior; genéricas e especifica pelo grau de abrangência; explícitas ou implícitas pela forma de conhecê-las. Quanto às espécies constitucionais da Imunidade: Recíproca ou Intergovernamental, dos Templos Religiosos, para partidos políticos, entidades sindicais, instituições de educação e entidades de assistência social, dos partidos políticos e suas fundações, das entidades sindicais dos trabalhadores, das instituições de educação, das instituições de assistência social, dos livros, jornais, periódicos e papel, além das outras específicas. O imposto indireto é uma espécie de tributo caracterizado pelo fenômeno econômico da repercussão, em que o contribuinte, de fato, é quem suporta a carga tributária, enquanto o fato gerador é realizado pelo contribuinte de direito, além de outros aspectos característicos. Os principais são o ICMS e o IPI. Finalmente, prevalece no direito pátrio, de acordo com a teoria formal, que a imunidade dos impostos indiretos exonera os entes imunes, na venda de mercadorias e produtos, desde que apliquem o lucro em suas finalidades. Por outro lado, não a reconhece na aquisição de mercadorias e produtos.

PALAVRAS CHAVE: IMUNIDADE, TRIBUTO E IMPOSTO INDIRETO.
ABSTRACT

The present research aimed to know the reach of the immunity about the indirect taxes. We began with an abbreviation report of the immunity in the times origins until its evolution in the doctrine homeland and, the notion of modern tributary immunity, arises in the State of Right, as constitutional limitation of the power in charging rates and, in Brazil, in the Constitution of 1891, in the species reciprocal immunity, and later in all the constitutions. The immunity can be considered by the positivers in high limitation of the tributary competence and, for the humanists, in limitation of the power in charging rates for the right of the freedoms. With relationship to the nature, it is a constitutional institute, that it aims the protection of fundamental values, it is a type of limitation of the tributary competence, not qualified incidence, so it differs of exemption and, its reach is on all the tributes, for the wide interpretation and, only on the taxes, for the restricted interpretation. The doctrine classifies it in subjective and objective, or mixed, in the incidence, in originally and politics, it arises in constitutional beginning, conditioned and unconditioned, it depended on legislation inferior, generic and it specifies, for the inclusion degree, explicit or implicit, for the way of knowing them. With relationship to the constitutional species of the Immunity: Reciprocal or Inter government, of the Religious Temples, for political parties, syndical entities, education institutions and entities of social attendance, of the political parties and their foundations, of the workers
RESUMO
A presente pesquisa objetivou conhecer o alcance da imunidade sobre os impostos indiretos. Iniciamos com um breve histórico da imunidade nos tempos primordiais até sua evolução na doutrina pátria. A noção de imunidade tributária moderna origina-se no Estado de Direito, como limitação constitucional do poder de tributar e, no Brasil, na Constituição de 1891, na espécie imunidade recíproca, e posteriormente, nas constituições seguintes. Imunidade pode ser conceituada pelos positivistas como autolimitação da competência tributária e, pelos humanistas, em limitação do poder de tributar pelo direito das liberdades. Quanto à natureza, ela é um instituto constitucional que visa a proteção de valores fundamentais, é uma espécie de limitação da competência tributária, não incidência qualificada, por conseguinte, difere de isenção, pois tem alcance sobre todos os tributos, pela interpretação ampla, mas apenas sobre os impostos, pela interpretação restrita. A doutrina classifica-a em subjetiva e objetiva, ou mista, na incidência; em ontológicas e políticas, se origina em principio constitucional; condicionadas e incondicionadas, se depende de legislação inferior; genéricas e especifica pelo grau de abrangência; explícitas ou implícitas pela forma de conhecê-las. Quanto às espécies constitucionais da Imunidade: Recíproca ou Intergovernamental, dos Templos Religiosos, para partidos políticos, entidades sindicais, instituições de educação e entidades de assistência social, dos partidos políticos e suas fundações, das entidades sindicais dos trabalhadores, das instituições de educação, das instituições de assistência social, dos livros, jornais, periódicos e papel, além das outras específicas. O imposto indireto é uma espécie de tributo caracterizado pelo fenômeno econômico da repercussão, em que o contribuinte, de fato, é quem suporta a carga tributária, enquanto o fato gerador é realizado pelo contribuinte de direito, além de outros aspectos característicos. Os principais são o ICMS e o IPI. Finalmente, prevalece no direito pátrio, de acordo com a teoria formal, que a imunidade dos impostos indiretos exonera os entes imunes, na venda de mercadorias e produtos, desde que apliquem o lucro em suas finalidades. Por outro lado, não a reconhece na aquisição de mercadorias e produtos.

PALAVRAS CHAVE: IMUNIDADE, TRIBUTO E IMPOSTO INDIRETO.
ABSTRACT

The present research aimed to know the reach of the immunity about the indirect taxes. We began with an abbreviation report of the immunity in the times origins until its evolution in the doctrine homeland and, the notion of modern tributary immunity, arises in the State of Right, as constitutional limitation of the power in charging rates and, in Brazil, in the Constitution of 1891, in the species reciprocal immunity, and later in all the constitutions. The immunity can be considered by the positivers in high limitation of the tributary competence and, for the humanists, in limitation of the power in charging rates for the right of the freedoms. With relationship to the nature, it is a constitutional institute, that it aims the protection of fundamental values, it is a type of limitation of the tributary competence, not qualified incidence, so it differs of exemption and, its reach is on all the tributes, for the wide interpretation and, only on the taxes, for the restricted interpretation. The doctrine classifies it in subjective and objective, or mixed, in the incidence, in originally and politics, it arises in constitutional beginning, conditioned and unconditioned, it depended on legislation inferior, generic and it specifies, for the inclusion degree, explicit or implicit, for the way of knowing them. With relationship to the constitutional species of the Immunity: Reciprocal or Inter government, of the Religious Temples, for political parties, syndical entities, education institutions and entities of social attendance, of the political parties and their foundations, of the workers

More info:

Published by: Enaldo Brito on Jun 04, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/08/2012

pdf

text

original

 
ENALDO BRITO O ALCANCE DA IMUNIDADE SOBRE OS IMPOSTOS INDIRETOSBelém (PA)2008
 
3 cm
 
ENALDO BRITO
O ALCANCE DA IMUNIDADE SOBRE OS IMPOSTOS INDIRETOSMonografia apresentada ao Curso deEspecialização Telepresencial e Virtual emDireito Tributário, na modalidade Formaçãopara o Magistério Superior, como requisitoparcial à obtenção do grau de especialistaem Direito Tributário.Universidade do Sul de Santa Catarina -UNISULRede de Ensino Luiz Flávio Gomes - REDELFGOrientador: Prof. Esp. Sâmia Mônica FortunatoBelém (PA)2008
 3 cm

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->