Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
11Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Considerações de McLuhan para a internet

Considerações de McLuhan para a internet

Ratings: (0)|Views: 1,074|Likes:
Published by alinebaroni

More info:

Published by: alinebaroni on Jun 07, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/24/2013

pdf

text

original

 
ALINE BARONICONSIDERAÇÕES DE MCLUHAN NA ERA DA INTERNET
Trabalho apresentado à disciplina de Teoria da Comunicação II,Curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo,Universidade Federal do Paraná.Professor(a) orientador(a): Juliane Bazzo
CURITIBA2006
 
“Mas, veja! Que luz é aquela, que passa pela janela? Ela fala – e não diz nada.” Romeu e Julieta, de Shakespeare
 
A evolução na comunicação
Desde a invenção da linguagem, a comunicação já passou por várias evoluções erevoluções. A simples transmissão dos conhecimentos adquiridos transformou-se na escrita,que se baseava na decodificação do que se pretendia comunicar em símbolos e, mais tarde, emalfabetos. A escrita permitiu que o conhecimento ultrapassasse a barreira do tempo e que amensagem pudesse existir independentemente de um emissor, podendo ser recebida aqualquer momento por alguém que soubesse decifrar o código, colaborando, assim, para atransmissão e desenvolvimento da cultura dos povos.Quando Gutenberg criou a prensa de tipos móveis, no século XV, a escrita tornou-senão apenas um meio de transmissão de conteúdo, mas também tornou possível a difusão demensagens em grande escala. O telégrafo e o telefone, apesar de não serem consideradosveículos de comunicação de massa, foram elementos importantes para a acumulação detecnologia. A invenção do rádio e da televisão, nas décadas de 20 e 40, e suas saturações, nosanos 50 e 60, respectivamente, representou mudanças tecnológicas nunca antes vistas. Cadaum desses veículos aumentou as oportunidade do uso da linguagem por parte dos cidadãosdas classes não-abastadas.O marco, então, é a conquista do controle da luz pelo homem:
“A luz elétrica é informação pura. É algo assim como um meio sem mensagem (...). Não percebemos a luz elétrica como meio de comunicação simplesmente porque elanão possui conteúdo” (McLUHAN, 1964)“A tecnologia elétrica tem conseqüências para nossas percepções e hábitos de açãomais comuns e que tais conseqüências estão recriando rapidamente em nós os processos mentais dos homens mais primitivos. Elas não afetam propriamente nossos pensamentos e ações, matéria em que estamos treinados para ser críticos, mas afetamnosso mais comum senso de vida, o qual cria vértices e as matrizes de pensamento eação” (McLUHAN, 1977)
De acordo com McLuhan (1911), o que ocorreu foi a passagem de uma civilizaçãofamiliarizada com a comunicação atras da palavra impressa para a sociedadecontemporânea, em que predomina a base eletrônica
1
.
1
Seguindo as análises de McLuhan, Gabriel Cohn (1987) acrescenta: “De uma comunicação fragmentada, linear, de propagação lenta e decaráter individualizante, (à qual corresponde, no plano sócio-político, o Estado nacional moderno e, no plano econômico, a RevoluçãoIndustrial) passa-se para outra, integrada, não-linear e de propagação instantânea (mítica) e de caráter comunitário (todos participam da vidade todos, e o envolvimento social é global: é a fase da sociedade mundial no plano sócio-político e da automação do plano econômico). Omundo transforma-se num grande ‘vilarejo’; há uma ‘tribalização’ em escala ecumênica”.

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Claudio Lima liked this
Giovani Meine liked this
Cleiton Rocha liked this
Victor Chimenez liked this
Tiago Monteiro liked this
Débora Lopes liked this
joelcavalcanti liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->