Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O papel da comunicação na manutenção da estrutura do poder

O papel da comunicação na manutenção da estrutura do poder

Ratings: (0)|Views: 1,158 |Likes:
Published by alinebaroni

More info:

Published by: alinebaroni on Jun 07, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

text

original

 
U
NIVERSIDADE
F
EDERAL
 
DO
P
ARANÁ
S
ETOR
D
E
C
IÊNCIAS
H
UMANAS
, L
ETRAS
 
E
A
RTES
D
EPARTAMENTO
 
DE
C
IÊNCIAS
S
OCIAIS
O
PAPEL
 
DA
 
COMUNICAÇÃO
 
NA
 
MANUTENÇÃO
 
DA
 
ESTRUTURA
 
DO
P
ODER
Trabalho apresentado à disciplina de TópicosEspeciais em Ciência Política do curso deCiências Sociais, por Aline BaroniProfessor: Renato Perissinotto
C
URITIBA
2006
 
Introdução
Este artigo pretende abordar a problemática do poder e analisar como, segundo ocritério “quantidade de poder”, se dá o acesso de determinados grupos à imprensa.A mídia – e aqui não me preocuparei em distinguir conceitualmente mídia, imprensa,comunicação e jornalismo – é uma instituição da sociedade que não apenas retrata arealidade, mas tem papel decisivo em sua construção. Portanto, se o objeto principal deestudo é o poder, faz-se importante analisar também como acontece a manutenção dessepoder (e do
status quo
, segundo Bourdieu). Nessa conservação, a comunicação temimportância fundamental.Para o estudo, primeiramente serão expostas algumas noções de poder – de WrightMills e Floyd Hunter, Robert Dahl, Peter Bachrach e Morton Baratz, Nicos Poulantzas, StevenLukes, Michel Foucault, Hannah Arendt – e a evolução histórica do conceito; em seguidaserá apresentada a idéia de poder adotada neste artigo.Depois de uma breve discussão sobre a falta de inserção da comunicação nosestudos de ciência política, será apresentada a idéia da mídia como organizadora do mundoda política, através das rotinas produtivas jornalísticas.Por fim, de modo a aproximar as duas partes iniciais do artigo, serão aprofundadasquestões propostas por Althusser e Bourdieu, que relacionam a comunicação com asociologia.
1.As noções de pode
Neste artigo, serão analisadas apenas as concepções de poder elaboradas a partir dadécada de 50. Isso porque é nesse período que se inicia a consolidação da imprensa atual.O livro “A Elite do Poder”, de Wright Mills, publicado originalmente em 1956 começa adiscussão do poder através da análise da elite. Mills estuda as minorias politicamente ativasnorte-americanas e conclui que a “democracia” local é dominada por uma elite coesa – daí adenominação de sua tradição: elitista monista. Essa elite foi formada pela fusão de trêsoutras elites – política, econômica e militar. Para ele, o poder está na capacidade de tomadade decisões através de posições politicamente estratégicas.
A elite são simplesmente os que têm a maior parte de tudo o que possa ser possuído. (...) Aelite são os que pertencem conscientemente a um estrato social superior, a um grupo ou
 
conjunto de grupos cujos membros se conhecem mutuamente e que, ao menos em parte,compõem uma entidade organizada. (...) A elite são os que estão no topo das principaishierarquias e organizações da sociedade moderna. (MILLS, 1956, p.63)
Segundo Mills, o poderoso é aquele que poder “realizar sua vontade mesmo contra aresistência dos outros” (MILLS, 1956, p.65). A política, então, é fundamentalmente um campode ações estratégicas – e, portanto, conscientes – que visam fins desejados.Outro elitista monista, Floyd Hunter, analisa o poder nas ações e relações doshomens. Segundo ele, há poder quando há homens que fazem com que outros cumpramsuas ordens (HUNTER, 1953), evidenciando influências de Weber, para quem o “poder podeser entendido como a produção de efeitos pretendidos” (WEBER, 1991, p.29).A estrutura do poder, para Hunter, é composta por membros que participam de testesde admissão – formais e informais – e submetem-se a uma organização hierárquica. Aconcepção de poder dos monistas está essencialmente relacionada à posição estratégicadentro das instituções que criam e modificam políticas públicas.Na época, a visão monista foi contraposta pelos elitistas pluralistas, dos quais o autor que obteve maior destaque foi Robert Dahl. De acordo com a concepção de Dahl, o poder éuma relação causal e intencional, do campo das relações humanas. “Por definição, A controlaB se os desejos de A provocam uma alteração na conduta ou nas predisposições de B”(DAHL, 1988, p.48). Poder, para ele, é uma relação dinâmica, que envolve a capacidade deimpor o curso de ação sobre determinado tema.Peter Bachrach e Morton Baratz, na década de 60, criam a perspectiva da não-decisão. Ao contrário dos autores anteriores, analisam o poder a partir da exclusão dedeterminados temas da agenda pública. Para Bachrach e Baratz, há um grupo responsávelpor excluir temas do debate público, e os assuntos que passam por esse processo deseleção fazem parte de uma política considerada segura. A inação política poder trazer efeitos de acordo com o interesse do grupo que exclui o tema.
[Muitos investigadores] 
não se aparceberam da área igualmente importante, senão maisimportante, do que poderia se chamar de tomada de não-decisões, isto é, a prática de limitar oâmbito da tomada real de decisões a questões “seguras”, através da manipulação dos valores,mitos e instituições políticas e procedimentos dominantes na sociedade (BACHRACH eBARATZ in: CARDOSO e MARTINS, 1983, p.43-44)
Na mesma época, ligado ao estruturalismo marxista, Nicos Poulantzas cria umaconcepção menos pontual e mais contextualizada. Para ele, o poder é efeito das estruturassociais, e está relacionado fundamentalmente ao conceito de classe.

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Jennifer Torres liked this
Nelo Rosario liked this
ceanecardoso liked this
emilufra8006 liked this
remomoreira liked this
Nandalops liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->