Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
346Activity

Table Of Contents

0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Teorias Pedagógicas modernas - Libâneo

Teorias Pedagógicas modernas - Libâneo

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 63,795 |Likes:
Published by paolatheo

More info:

Published by: paolatheo on Jun 13, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/09/2014

pdf

text

original

 
c a p í t u l o : 1 –
As TeoriasPedagógicasModernas Revisitadas peloDebate Contemporâneona Educação
 José Carlos Libâneo
*
A pedagogia ocu pa-se das tarefas de for mação humana em contextos deter minados por mar cos es paciais e tem porais. A in- vestigação do seu ob jeto, a educação, im plica considerá-lo como uma realidade em mudança. A realidade atual mostra um mundo ao mesmo tem po homoneo e heteroneo, num processo de glo-  balização e individuação, afetando sentidos e significados de indi- duos e gru pos, criando múlti plas culturas, múlti plas relações, múlti plos su jeitos. Se de um lado, a pedagogia centra suas preocu-  pações na ex plicitação de seu ob jeto dirigindo-se ao esclareci - mento intencional do femeno do qual se ocu pa, por outro esse ob jeto requer ser pensado na sua com plexidade. Este texto abor da  posveis mudanças no interior das teorias pedagicas moder nas em sua inter face com teorias contem poneas alinhadas ao pensa - mento “pós-moderno”. Ao modo de ensaio tipo sur vey, o ob jetivo
*A produção deste texto resultou de leituras, apontamentos de aulas e discussões comalunos ao longo dos últimos anos, na disciplina Teorias da Educação e ProcessosPedagógicos, do Mestrado em Educação da Universidade Católica de Goiás. Desejoexpressar aos alunos meus agradecimentos pelo estímulo e pelo compartilhamentode idéias. Também agradeço, afetuosamente, contribuições sempre bem-vindas deLana de Souza Cavalcanti, Selma Garrido Pimenta, Cipriano Carlos Luckesi,Raquel A. M. da Madeira Freitas, Maria Augusta de Oliveira e Akiko Santos.
 
de escrevê-lo é tentar ex plicitar tangenciamentos entre o básico das teorias pedagicas moder nas e a tetica resultante do de ba - te contem poneo na educação, tendo em vista aproximá-los de uma pers pectiva teórica hisrico-cultural da educação.
As exigências da pedagogiaem um mundo em mudança
Aos que se ocupam da educação escolar, das escolas, daaprendizagem dos estudantes, é requerido que façam opções pedagógicas, ou seja, assumam um posicionamento sobre objetivos emodos de promover o desenvolvimento e a aprendizagem de sujeitosinseridos em contextos socioculturais e institucionais concretos. Oseducadores, tanto os que se dedicam à pesquisa quanto os envolvidosdiretamente na atividade docente, enfrentam uma realidade educativaimersa em perplexidades, crises, incertezas, pressões sociais eeconômicas, relativismo moral, dissoluções de crenças e utopias.Pede-se muito da educação em todas as classes, grupos e segmentossociais, mas há cada vez mais dissonâncias, divergências, numavariedade imensa de diagnósticos, posicionamentos e soluções.Talvez a ressonância mais problemática disso se dê na sala de aula,onde decisões precisam ser tomadas e ações imediatas e pontuais precisam ser efetivadas visando promover mudanças qualitativas nodesenvolvimento e na aprendizagem dos sujeitos. Pensar e atuar nocampo da educação, enquanto atividade social prática de humanizaçãodas pessoas, implica responsabilidade social e ética de dizer nãoapenas o porquê fazer, mas o quê e como fazer. Isso envolvenecessariamente uma tomada de posição pela pedagogia. Nenhum investigador e nenhum educador prático poderá, pois,evadir-se da pedagogia, pois o que fazemos quando intentamos educar  pessoas é efetivar práticas pedagógicas que irão constituir sujeitos eidentidades. Por sua vez, sujeitos e identidades se constituem enquanto portadores das dimensões física, cognitiva, afetiva, social, ética, estética,situados em contextos socioculturais, históricos e institucionais. Buscar saber como esses contextos atuam em processos de ensino eaprendizagem de modo a formar o desenvolvimento cognitivo, afetivo emoral dos indivíduos com base em necessidades sociais é uma forterazão para o cotejamento entre o “clássico” da pedagogia e as novasconstruções teóricas lastreadas no pensamento “pós-moderno”
1
.
16José Carlos Libâneo
 
A pedagogia quer compreender como fatores socioculturais einstitucionais atuam nos processos de transformação dos sujeitos mas,também, em que condições esses sujeitos aprendem melhor.Destaca-se no contexto social contemporâneo a contradição entre a pobreza de muitos e a riqueza de poucos, entre a lógica da gestãoempresarial e as lógicas da inclusão social, ampliando as formasexplícitas e ocultas de exclusão. As escolas e as salas de aula têmcontribuído pouco para a superação dessas contradições,especialmente estão falhando em sua missão primordial de promover odesenvolvimento cognitivo dos alunos, correndo o risco de terem queassumir o ônus de estarem ampliando a exclusão com medidasaparentemente bem intencionadas como a eliminação da organizaçãocurricular em séries, a promoção automática, a integração de alunos portadores de necessidades especiais, a flexibilização da avaliaçãoescolar, a transformação da escola em mero espaço de vivência deexperiências socioculturais. Um posicionamento pedagógico requer uma investigação das condições escolares atuais de formação dassubjetividades e identidades para verificar onde estão as reaisexplicações do sentimento de fracasso, de mediocridade, deincompetência, que vai tomando conta do alunado. Não haverámudanças efetivas enquanto a elite intelectual do campo científico daeducação e os educadores profissionais não se derem conta de algomuito simples: escola existe para formar sujeitos preparados parasobreviver nesta sociedade e, para isso, precisam da ciência, da cultura,da arte, precisam saber coisas, saber resolver dilemas, ter autonomia eresponsabilidade, saber dos seus direitos e deveres, construir suadignidade humana, ter uma auto-imagem positiva, desenvolver capacidades cognitivas para se apropriar criticamente dos benefíciosda ciência e da tecnologia em favor do seu trabalho, da sua vidacotidiana, do seu crescimento pessoal. Mesmo sabendo-se que essasaprendizagens impliquem saberes originados nas relações cotidianas eexperiências socioculturais, isto é, a cultura da vida cotidiana.Três coisas são, portanto, necessárias de serem ditas para quemquiser ajudar e não dificultar as condições do agir pedagógico. A primeira é que práticas pedagógicas implicam necessariamentedecisões e ações que envolvem o destino humano das pessoas,requerendo projetos que explicitem direção de sentido da açãoeducativa e formas explícitas do agir pedagógico. Quem se dispuser ao
 As Teorias Pedagicas Modernas Revisitadas pelo Debate Contemponeo...17

Activity (346)

You've already reviewed this. Edit your review.
Érica Gusmão liked this
clerysf liked this
Cinarynha liked this
Ieda Regina liked this
1 hundred thousand reads
Viviane Santos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->