Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
112Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
RECALQUE FREUD

RECALQUE FREUD

Ratings:

1.0

(1)
|Views: 26,294 |Likes:
Ao superar a teoria do TRAUMA e perceber o fenômeno da resistência, FREUD conceitua o RECALCAMENTO. Tópicos abordados: recalcamento originário, fixação, reotrno do recalcado, representantes da pulsão, contra-investimento, recalcamento secundario, representante ideativo, afeto, histeria de conversão, de angustia, obcessivo, etc.
Ao superar a teoria do TRAUMA e perceber o fenômeno da resistência, FREUD conceitua o RECALCAMENTO. Tópicos abordados: recalcamento originário, fixação, reotrno do recalcado, representantes da pulsão, contra-investimento, recalcamento secundario, representante ideativo, afeto, histeria de conversão, de angustia, obcessivo, etc.

More info:

Published by: José Hiroshi Taniguti on Jun 13, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/10/2013

pdf

text

original

 
RECALCAMENTO – VerdarngungDEFESA - Abwer 
Ao superar a teoria do trauma e perceber o fenômeno da resistência Freud conceitua orecalcamento.A resistência se manifestava sob a forma de falha de memória ou da incapacidade de falar sobre o tema sugerido.. Essa resistência foi entendida como uma defesa que mantinha fora daconsciência a idéia ameaçadora. Defesa – Censura exercida pelo ego( não confundir com oego da segunda tópica) sobre a idéia que despertam vergonha e dor.O objeto do recalcamento não é, a pulsão propriamente dita, mas um de seus representantes -o representante ideativo – capaz de provocar desprazer em face das exigências da censuraexercida pelo sistema Pcs/Cs.È importante lembrar que alguns termos como recalcamenteo – Verdarngung , repressão –Unterdruckung, Negação Verneinung recusa-Verleugmung e condenação Verurteilungforam ao longo da obra de Freud confundidos.O Recalcamento é um dos destinos da pulsão, ou melhor do representante dela.A criança pode presenciar algo ( uma experiência que não pode ser dotada de significação) ,porém isso não impede que essa experiência faça sua inscrição no inconsciente. Essainscrição é que vai ser objeto de reintegração em função do símbólico. Essas experiências temseu acesso a consciência vedado e vão funcionar como o recalcado original que servirá de pólode atração para o recalcamento propriamente dito ( secundário).É quando o sujeito atinge a verbalizão que podedar uma significação para aexperiência, e é a partir de então que seu caráter traumático vai ser experienciado pelo sujeitoe ocorrerá o recalcamento propriamente dito.O objetivo do recalcamento é evita o desprazer. A satisfação de uma pulsão é sempreprazerosa, o recalcamento é do representante ideativo da pulsão, e é este ( o representante)que é capaz de provocar desprazer ao ser confrontado com o sistema Pcs/Cs.O outro representante
da pulsão é o afeto,
que sofre vicissitudes em decorrência dorecalcamento, pois ele mesmo não pode ser recalcado, é dado então que não podemos falar em afeto inconsciente o que pode ser tornado inconsciente é a idéia a qual o afeto estavaligado, podendo este último ser deslocado para outra ideia. O recalcamento produz uma
ruptura entre o afeto e a idéia
a qual ele pertence, mas não uma transformação do afeto emafeto inconsciente.
Um afeto pode ser suprimido, inibido ou eliminado mas nuncarecalcado.RECALCAMENTO ORIGINÁRIO.
Antes de existir o sistema Pcs/Cs não existe a instância recalcadora portanto não existerecalque(propriamente dito), porém dizemos que o que produz a cisão do psiquismo é orecalcamento, logo deve existir um rcalcamento originário (Urverdarngung) e um recalcamentopropriamente dito – (Verdrangung ou posterior ( nachdrangen)
Podemos distinguir três fases no processo de recalcamento.Fixação / Recalcamento (posterior) / Retorno do recalcado.Fixação
- é o nome que recebe o recalcamento originário . Fixação é o processo no qual apulsão fica inibida em seu desenvolvimento e permane fixada num estágio infantil, mantendo-se inconsciente( não no recalcado, mas no puro inconsciente pois o inconsciente recalcadoainda não se constituiu). Poderíamos falar em inscrição, algo que foi inscrito .A interdição não se faz sobre toda experiência, mas sobre aquela que , por não poder ser dotado de significação não pode ser vivido.
 
Essas inscrições vão funcionar como o recalcado original que servirá de pólo de
atração
 
parao recalcamento propriamente dito
.O conteúdo do recalcamento originário é constituído de
representantes da pulsáo, esses sãoimagens de objetos ou de algo do objeto que se inscreve no sistema mnemico, reduzem-se ao imaginário visual, por oposição a representação de palavras que [e caracteristicados sistemas pre e conscientes
Essa inscrição inicial Freud compara essa força que inscreve ao instinto dos animais, algofilogeneticamente adquirido na vida mental, esse fator instintivo seria então o núcleo doinconsciente.Para que haja o recalcamento propriamente dito não é suficiente a ação exercida pelo sistemaPcs/Cs é necessário também a atração exercida por representações inconscientes.
Como se formam essas representações inconscientes?Contra-investimento
é o único mecanismo do recalque originário – Defesa contra um excessode excitação proveniente do exterior, capaz de romper o escudo protetor contra os estímulos., orecalque originário só pode ser originário de experiências excessivamente fortes, cenas fotes apartir do conteúdo filogenético análogo ao instinto animal, o informador arcaico dessasprimeiras experiêncisa, - é um quase pulsão – entidade mítica próxima dos arquétipos junguiános.Portando aquem do simbolico, da linguagem que é o objeto privilegiado da psicanalise situa-seo imaginário, aquém do imaginário situa-se o impensável - a pulsáo – o real ( Três registros deLacan)A pulsão só nos fala por metáforas.
RECALCAMENTO SECUNDÁRIO.
Processo essencialmente ativo. É uma pressão posterior nachdrangen, . Existe algo que épreviamente recalcado pronto para receber aquilo que é repelido pelo consciente. Orecalcamento secundário pressupóe a clivagem, ele é eleito do conflito entre os sistemas, éobra do sistema pré-consciente. Impede que certos representantes tenham acesso aconsciencia.A pulsáo tem dois representantes psiquicos:
O representante ideativo – O que é recalcado – é o objeto do recalqueO afeto- O que sofre vicissitudes por conta do recalcamento, mas não é recalcado.
O que é recalcado é o representante ideativo ao qual um afeto esta ligado.O representante ideativo recalcado continua a ter existencia independente, produzindoderivados, estabelecendo novas conexões. O representante ideativo, prolifera no escuro,assume formas extermas de expressão, que uma vez traduzidas ao neurotico irao lhe paarecer estranhas e também assustá-lo.O recalcamento afeta o representante ideativo e seus derivados, estes serão tanto maisafetados quanto mais próximos se encontrarem do representante. Se os derivados seencontram suficientemente afastados eles conseguem escapar a censura e Ter acesso aconsciencia.O grau de distorçáo garante esse afastamento.Ao pedirmos que o paciente fale estamos pedindo que ele produza derivados do materialrecalcado. Associar livremente é afrouxar a censura consciente e permitir derivados.

Activity (112)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Thales Elcias liked this
Paula Gusmão liked this
Jane Monteiro liked this
Jeslly Rodrigues liked this
72559 liked this
Denise Silva liked this
Luciana Teixeira added this note
Gosteii muitooo! muitoo rica as ídeias!

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->