Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
52Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
fluxo de energia e ciclos de matéria

fluxo de energia e ciclos de matéria

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 34,546|Likes:
Published by Ana Rita Rainho
Resumo e compilação de algum material informativo sobre fluxo de energia e ciclos de matéria nos ecossistemas
Resumo e compilação de algum material informativo sobre fluxo de energia e ciclos de matéria nos ecossistemas

More info:

Published by: Ana Rita Rainho on Jun 14, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See More
See less

09/22/2013

 
ADR Ficha de trabalho n.º 7 Página 1
FICHA DE TRABALHO Nº 7ADR
AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DO CONCELHO DE MORA
Curso Técnico de Turismo Ambiental e Rural
 
Ciclo de Formação 2007/2010 Ano Lectivo 2008/09
 
F
LUXO DE
E
NERGIA E CICLOS DE
M
ATÉRIA
 
Todos os organismos necessitam de energia para realizar as suas funções vitais
. A energianecessária para a vida na Terra provém praticamente toda do sol.
Contudo, nem todos os seres vivos têmcapacidade para a utilizar. São os seres com clorofila, como as plantas, que transformam a energia solar emenergia química, num processo que já estudámos, a fotossíntese. Assim,
a fotossíntese é o processoatravés do qual alguns seres vivos produzem o seu próprio alimento a partir da energia solar.
Durante a fotossíntese, as plantas transformam a água, os sais minerais e o dióxido de carbono, queretiram do meio, em matéria orgânica e oxigénio. À medida que ocorre a transformação de matéria inorgânicaem matéria orgânica, parte da energia luminosa é armazenada nos compostos orgânicos sob a forma deenergia química (figura 1).A matéria orgânica engloba um conjunto de moléculas fabricadas pelos seres vivos, constituídas por carbono, hidrogénio, oxigénio, azoto e outros elementos químicos.Os restantes seres vivos também necessitam de energia para realizarem as suas actividades vitais. Osanimais, por exemplo, como não realizam a fotossíntese, utilizam a energia química que está contida nasmoléculas orgânicas dos alimentos.Com base na capacidade de produzirem ou não os compostos orgânicos a partir dos compostosinorgânicos, os seres vivos podem ser divididos em duas categorias:
 
Autotróficos
– seres vivos capazes de produzir a sua própria matéria orgânica a partir dosconstituintes inorgânicos (matéria mineral e dióxido de carbono) que existem no meio ambiente,utilizando a energia luminosa como forma de energia externa.
 
Heterotróficos –
seres vivos que precisam de consumir matéria orgânica para obter energia enutrientes.
 
ADR – Ficha de Trabalho n.º 7Página 2
A alimentação constitui a forma primordial de transferência de energia (e de matéria) entre os seres vivosde um ecossistema.
Cadeias alimentares
O conjunto de seres vivos de uma comunidade que se alimentam e servem de alimento uns aos outrosconstituem uma
cadeia alimentar 
ou
cadeia trófica
. É nas cadeias alimentares que ocorre a transferência dematéria orgânica de ser vivo para ser vivo.Numa cadeia alimentar, cada ser vivo ocupa uma determinada posição chamada
nível trófico
(dogrego
trophos=alimento
), de acordo com a principal fonte de alimento.Nas diferentes cadeias alimentares podemos encontrar, normalmente, três tipos de categorias de seresvivos:
produtores, consumidores
e
decompositores
.
 
Produtores
Os produtores são seres vivos capazes de produzir o seu próprio alimento (figura 3). São tambémdesignados autotróficos. Ocupam o
1º nível trófico
.
Figura 3 –
Seres vivos produtores: cianobactérias (A), algas (B) e plantas (C)
A
 
B
 
C
 
 
ADR Ficha de trabalho n.º 7 Página 3
 
Consumidores
Os consumidores são seres vivos heterotróficos que se alimentam directa ou indirectamente da matériaorgânica produzida pelos produtores.
 
Consumidores primários ou consumidores de 1ª ordem –
são herbívoros e alimentam-seexclusivamente dos produtores. Ocupam o
2º nível trófico
.
 
Consumidores secundários ou de segunda ordem –
designam-se predadores ou carnívoros esubsistem à custa dos herbívoros. Ocupam o
3º nível trófico.
Existem ainda
consumidores de 3ª ordem, de 4ª ordem
e assim sucessivamente. Contudo, ascadeias alimentares são, de uma maneira geral, curtas, não contendo mais do que cinco ou seis níveis tróficos.
 
Decompositores
Os decompositores são seres vivos heterotróficos que transformam a matéria orgânica, de que sealimentam (cadáveres e produtos de excreção, como as fezes e urina), em matéria mineral, que é devolvida aosolo.
Figura 4 –
Consumidores primários: alimentam-se à custa dos produtores.
Figura 6 –
Os fungos e as bactérias são os principais decompositores.
Figura 5 –
Consumidores secundários – são predadores que se alimentam de herbívoros.

Activity (52)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Pedro Mateus liked this
Leila Felix added this note|
Este conteúdo é muito bom .
Nelo Nelo added this note|
Olha agora estou muito bem esclarecido sobre o fluxo de energia que ocorre nos seres vivos. Gostaria sempre ter matérias actualizadas de biologias através deste site, visto que sou estudante e professor de biologia.
Ligia Rupis liked this
Zeilaine Aparecida added this note|
bom
Ana Aires liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->