Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
125Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
estruturalismo e funcionalismo

estruturalismo e funcionalismo

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 25,364 |Likes:
Psicologia Científica: Edward B. Titichener e Willhelm Wundt
Psicologia Científica: Edward B. Titichener e Willhelm Wundt

More info:

Published by: José Hiroshi Taniguti on Jun 14, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/13/2013

pdf

text

original

 
PSICOLOGIA CIENTÍFICAWilhelm Wundt (1832-1920)
Tirando a Psicologia da Filosofia, trazendo para o campo da ciênciaWilhelm Wundt (1832-1920) , criou na Alemanha o primeiro laboratóriode pesquisa em Psicologia: “A ambição de Wundt era estabelecer umaidentidade independente para a Psicologia. (...) Ele acreditava que ospsicólogos deveriam investigar ‘os processos elementares da consciênciahumana', suas combinações, relações e interações. É comum descrever Wundtcomo um ‘químico' da vida mental que estudava seus ‘átomos'sistematicamente. Muito apropriadamente, o método de Wundt é em geralchamado de
estruturalismo
(Davidoff, 2001; p. 9-10).Ele foi, nos primeiros anos da evolução da Psicologia como disciplinacientífica distinta / autônoma, um baluarte. Wilhelm Wundt que determinou oobjecto de estudo, o método de pesquisa, os tópicos a serem estudados e osobjectivos da nova ciência. Formado em
Medicina
ele criou um espaçocompatível com os laboratórios das ciências naturais. Este laboratório tornou-se um centro de investigação, local onde acorreram psicólogos e estudantes detodo o mundo. Esta foi a forma mais eficaz de Wundt atingir o seu principalobjetivo que era contribuir para o processo de autonomia da Psicologia –separando-se, nesse contexto, e apenas nesse, da
Filosofia
.Era, naquele período, um ramo do saber estar acoplado à Filosofia –estudo do saber, daquele que é “amigo” e “amante” do saber. A Mecânica, aFísica, a Biologia, a Fisiologia, a Química cresciam velozmente respondendoàs demandas das pessoas: tecidos fabricados, carro, eletricidade, remédiosetc.
 
Foi influenciado pelas descobertas da
Química
. Na Química todas assubstâncias são compostas por átomos. Wundt foi então decompor a mentenos seus elementos mais simples, que são as
sensações
.Tanto para Wundt como para os seguidores do estruturalismo, asoperações mentais resultam da
organização
de
sensações
elementares quese relacionam com a
estrutura
do
Sistema Nervoso
.Wundt recorre aos métodos experimentais das
Ciências Naturais
,particularmente às técnicas usadas pelos
fisiologistas
, e adaptou os seusmétodos científicos de investigação aos objetivos da Psicologia. Desta forma, a
Fisiologia
e a
Filosofia
ajudaram a moldar: o objeto de estudo e os métodosde investigação dessa ciência que emergia.Wundt define como
objeto
da
Psicologia o estudo da mente
, daexperiência consciente do Homem - a
consciência
- e é no seu laboratório, emLeipzig, que ele vai procurar conhecer os
elementos constitutivos daconsciência
. Suas interrogações era: Como se relacionam? Como seassociação? Haveira uma concepção? Haveria uma associação ouassociacionismo? Etc.Para atingir estes seus objetivos, nosso estimado Wundt utiliza comométodo de estudo a
introspecção controlada
. Esse método consiste em, nolaboratório, observadores treinados descreverem as suas experiênciasresultantes de uma situação experimental. Através da
introspecção
, ossujeitos
descreviam
as suas
percepções
resultantes de
estímulos visuais
,
auditivos
e
tácteis
. Exemplo: os sujeitos experimentais ouviam um som e emseguida descreviam o que sentiam. Para Wundt só este método permite oacesso à
experiência consciente
do indivíduo.
 
O emprego da
introspecção
veio da
Física
. Nesta ciência este métodotinha sido utilizado para estudar a luz e o som. Ele também foi usado na
Fisiologia
em que fora aplicado ao estudo dos órgãos dos sentidos.A
introspecção
ou
percepção interior 
, tal como é praticada nolaboratório criado por Wundt, seguia condições experimentais restritas eobedecia a regras explícitas.Wundt criou então esse instrumento: a “
introspecção
” , tambémdenominada de “
analítica
”.Rigor científico de WundtNo seu Laboratório Wundt treinava os cientistas para que elesrespondessem a perguntas específicas e bem definidas sobre as própriasexperiências vividas ali dentro do espaço criado por ele. Wundt era rigoroso eexigia que os observadores tivessem experiência em realizar, pelo menos
dezmil observações
e apenas a partir daí trabalhava com eles.Em um estudo ele e seus colegas escutaram a pulsação de ummetrônomo. Esse instrumento rítmico mecânico é programado para emitir rítmicos específicos. Quando uma série de pulsações terminava, os psicólogosrelatavam suas percepções: “ligeira tensão enquanto esperava que oinstrumento fosse acionado”, “leve excitação quando o rítmico aumentou”, “umtodo harmonioso quando o som terminou” etc.Diz Hayes (in Davidoff, 2001; p. 11) que relatar “(...) uma experiênciaimediata com exatidão não é nada fácil (...).

Activity (125)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Rodrigo César liked this
Jéssica Ribeiro liked this
Thais Bosque liked this
Ciça Petrassi liked this
gragragra8910 liked this
Eros Renato liked this
Elisangela Costa liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->