Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
196Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
QUESTOES DIREITO ADMINISTRATIVO COMENTADAS

QUESTOES DIREITO ADMINISTRATIVO COMENTADAS

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 22,698 |Likes:
Published by spriteco
QUESTOES DE DIREITO ADMINISTRATIVO COMENTADAS PROFESSOR ORCI PUCRS
QUESTOES DE DIREITO ADMINISTRATIVO COMENTADAS PROFESSOR ORCI PUCRS

More info:

Categories:Types, Resumes & CVs
Published by: spriteco on Jun 26, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/19/2013

pdf

text

original

 
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do SulDireito Administrativo I“Questões de provas da OAB e concursos - respostas justificadas”Professor Orci Paulino Bretanha TeixeiraNome: Maurícius Rambo Vogel Turma 189 2009/0122/06/2009
 
Questões:
1) (CESPE/OAB Julho - 2007) Em relação aos atos administrativos,assinale a opção correta.
A. Revogação consiste na supressão de ato legítimo e eficaz realizada pelaadministração, por considerá-lo inconveniente ao interesse público.B. A anulação de um ato administrativo, em regra, implica o dever daadministração de indenizar o administrado pelos prejuízos decorrentes dainvalidação do ato.C. Os atos de gestão são os que a administração pratica no exercício do seupoder supremo sobre os particulares.D. A presunção de legitimidade é atributo apenas dos atos administrativosvinculados.
 Justificativa:a) correto, ocorre a revogação de um ato administrativo sempre que oadministrador julgue inconveniente ou inoportuno.b) incorreto, pois em exceção é que se implica o dever da administração deindenizar os prejuízos decorrentes da invalidação do ato.c) incorreto, de acordo com Hely Lopes Meirelles os “atos de gestão são os que aadministração pratica sem usar de sua supremacia sobre os destinatários..” d) incorreto, os atos administrativos vinculados tem como atributo a presunçãode legitimidade sejam estas vinculadas ou não. 
2) (OAB/ SP/ Exame da ordem 2005.2/ Prova objetiva) Quando oadministrador socorre-se de parâmetros normativos e se vale deprocedimentos técnicos e jurídicos prescritos pela Constituição e pelalei, para balancear os interesses em jogo e tomar uma decisão que tenhamais legitimidade, diz-se que ele:
A. instituiu privilégio para atender ao princípio da supremacia do interessepúblico.B. aplicou a verticalidade das relações entre Estado e particular.C. exerceu discricionariedade.D. realizou uma competência vinculada.
 Justificativa:a) Incorreto, o princípio da supremacia do interesse público nada condiz com otexto do enunciado, pois este princípio é: A primazia do interesse público sobre o privado é inerente à atuação estatal e domina-a, na medida em que a existênciado Estado justifica-se pela busca do interesse geral que é a própria condição deexistência e assim não se radica em dispositivo específico algum da Constituição,ainda que inúmeros aludam ou impliquem manifestações concretas dele, como, por exemplo, os princípios da função social da propriedade, da defesa doconsumidor ou do meio ambienteb) Incorreto pois a aplicação da verticalidade das relações entre Estado e particular não condiz com o que foi exposto pelo enunciado da questão.c) Correto, em essência o poder discricionário é a faculdade conferida àautoridade administrativa de, ante certa circunstância, escolher uma entre váriassoluções possíveis.d) Incorreto, pois somente se houvesse apenas uma solução possível seria então poder vinculado; regras técnicas uniformes remetem ao bloco vinculado.
 
3) (FCC/Analista Judiciário TJPE/2007). É certo que a AdministraçãoPública deverá observar certos princípios constitucionais e outrasdeterminações, e dentre estas, que
A. os requisitos e as restrições ao ocupante de cargo ou emprego que possibiliteo acesso a informações privilegiadas restringe-se a administração direta.B. a administração fazendária e seus servidores terão, dentro de suas áreas decompetência e jurisdição, precedência sobre os demais setores administrativos,na forma da lei.C. serão computadas, para efeito dos limites da remuneração e do subsídio dosocupantes de cargos e empregos da Administração pública, as parcelas de caráterindenizatório.D ficam vedadas as contratações de servidores por tempo determinado, aindaque para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público faceao princípio do concurso público.E. os atos de improbidade administrativa importarão, dentre outras cominações,em cassação dos direitos políticos e o ressarcimento ao erário, com prejuízo daação penal.
 Justificativa:a) incorreto, o artigo 37 parágrafo 7 deixa bem claro ao estender suasdeterminações àqueles que pertençam à administração indireta.b) correto, as atividades realizadas pelos servidores fiscais e pela administraçãofazendária e seus servidores terão prioridade perante os demais setores daadministração, conforme se depreende do artigo 37 inciso XVIII da ConstituiçãoFederal.c) incorreto, conforme o artigo 37 parágrafo 11 onde diz que não serãocomputadas as parcelas de caráter indenizatório.d) incorreto, conforme inciso IX do artigo 37e) incorreto, a condeção por improbidade administrativa não afasta a punição doinfrator no âmbito criminal conforme artigo 37 parágrafo quarto.
4) (CESPE/MPTO/2006) Acerca dos princípios do direito administrativo, julgue os itens seguintes.I Apesar do princípio da publicidade e do direito de acesso do cidadão adados a seu respeito, nem toda informação pode ser transmitida aointeressado, mesmo que se relacione com sua pessoa.II Os princípios do direito administrativo são monovalentes, isto é,aplicam-se exclusivamente a esse ramo do direito.III A despeito do princípio da supremacia do interesse público, nemsempre o interesse público secundário deverá prevalecer sobre o direitode um cidadão individualmente considerado.IV O princípio da presunção de legitimidade dos atos administrativosabrange apenas os aspectos jurídicos desses atos, mas não diz respeitoaos fatos nos quais eles supostamente se basearam. Estão certosapenas os itens:
A. I e IIIB. I e IVC. II e IIID. II e IV
 Justificativa:I – Correto, o artigo 5 inciso XXXIII ressalva ao direito fundamental de obter informações dos órgão públicos cujo sigilo seja imprescindível à segurança dasociedade e do Estado e outra ressalva encontra-se na preservação daintimidade, da vida privada, da honra, da imagem das pessoas, declaradas

Activity (196)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Fernando Silva liked this
sousandreia2009 liked this
Antônio Marcos Souza added this note
muito bom,
lfilippe5823 liked this
Erisvaldo Aguiar liked this
Marcio Cabral liked this
mony02 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->