Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Livreto_Epidemiologico_17set

Livreto_Epidemiologico_17set

Ratings: (0)|Views: 8 |Likes:
Published by Fernando Mineiro

More info:

Published by: Fernando Mineiro on Sep 19, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/19/2013

pdf

text

original

 
 1
Perfil dos usuários de crack e/ou similares no BrasilIntrodução
Em 20 de maio de 2010, a Presidência da República publicou o Decreto nº 7.179, instituindo o PlanoIntegrado de Enfrentamento ao Crack e outras D
rogas, “com vistas à prevenção do uso, ao
tratamento e à
reinserção social de usuários e ao enfrentamento do tráfico de crack e outras drogas ilícitas”. Em dez
embro de2011, em continuidade às ações do Governo Federal, foi lançado o Programa
Crack, É Possível Vencer 
, commedidas de integração de ações em três eixos: Prevenção, Cuidado e Autoridade.Tais iniciativas foram adotadas em vista da gravidade que o consumo do crack representa aos usuários,seja do ponto de vista social e igualmente da saúde. Apesar do uso dessa droga ocorrer, sobretudo, em locaispúblicos, com aglomeração de pessoas, é certo que havia uma carência de indicadores e informações maisprecisas, não só em relação às grandes metrópoles, mas também no que se refere aos municípios de menorporte.Dessa forma, como parte do Plano de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, foi idealizado, pelaSecretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), um estudo que pudesse delinear o perfil da populaçãousuária de crack e outras formas similares de
cocaína fumada (pasta base, merla e “oxi”) no país
, trabalho quefoi realizado em parceria com Fundação Oswaldo Cruz
 –
FIOCRUZ.Todas as etapas dessa pesquisa foram coordenadas pelos pesquisadores Francisco Inácio Bastos eNeilane Bertoni da FIOCRUZ, e foram aprovadas pelo Comitê de Ética da Escola Nacional de Saúde PúblicaSergio Arouca (ENSP/FIOCRUZ), sob o número CAAE 0073.0.031.000-11, e também pelos diversos Comitês deÉticas dos Municípios/Estados participantes, quando assim o foi exigido. A seleção da amostra do inquéritoepidemiológico foi realizada pelos amostristas Maurício Vasconcelos e Pedro Nascimento e Silva do InstitutoBrasileiro de Geografia e Estatística
 –
IBGE.Descrever o perfil de populações denominadas de difícil acesso ou ocultas, como é o caso dos usuáriosde drogas pesadas, é imprescindível, pois as características dessas populações interferem diretamente emcomo as políticas públicas devem ser desenhadas, focalizadas, financiadas e monitoradas.
 
 2
Assim, o estudo sobre o perfil dos usuários de crack consiste em inquérito epidemiológico, baseadono método TLS -
Time-Location Sampling
, e visa descrever tanto as características sociodemográficasquanto comportamentais dessa população, sendo realizado a partir de uma amostra complexa erepresentativa das 26 capitais, Distrito Federal, 9 regiões metropolitanas e municípios de médio e pequenoporte.As informações sobre metodologia e principais resultados obtidos nesse componente sãoapresentadas, de maneira sumarizada, neste documento e, posteriormente, serão disponibilizadas emversão detalhada sob a forma de livro e de artigos científicos.
 
 3
Perfil dos usuários de crack e/ou similares no BrasilInquérito epidemiológico
 
Metodologia
No primeiro semestre de 2011, foi realizado um levantamento dos locais utilizados pelos usuários dedrogas para consumo de crack e similares. O mapeamento foi realizado com base em informações obtidas defontes locais, como Secretarias de Saúde, Assistência Social, Segurança (assim como suas respectivas unidadese equipes com atuação local, como Programa de Saúde da Família), Organizações não Governamentais - ONGs,lideranças comunitárias e com os próprios usuários de drogas.Este levantamento não teve o propósito de mapear todas as cenas de uso de crack do país (mas sim ascenas potenciais de localidades previamente selecionadas) e
não
deve ser entendido como o mapa docrack/similares no país, uma vez que a sua função exclusiva foi de servir de cadastro amostral para as etapassubsequentes da pesquisa. Cabe, ainda, observar que as cenas, mapeadas ao longo do primeiro semestre de2011, serviram de referência para seleção dos locais de pesquisa e para envio de equipes de prospecção eentrevista ao longo da realização de todo o inquérito, ocorrido entre o final de 2011 e junho de 2013.Todas as alterações ocorridas nos locais listados desde o mapeamento foram cuidadosamenteanotadas, em planilhas específicas, quando da ocasião das visitas de recrutamento e entrevista. Esseprocedimento
não
teve o propósito de alimentar retroativamente os mapas iniciais, mas sim de nortear oinquérito e orientar as equipes de campo na sua tarefa cotidiana de contatar e entrevistar os usuários dedrogas.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->