Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
13Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
3. Viviane Pereira Rocha - Eficácia Horizontal dos Direitos Fundamentais

3. Viviane Pereira Rocha - Eficácia Horizontal dos Direitos Fundamentais

Ratings:

1.0

(1)
|Views: 3,669 |Likes:
Published by Comissão Editorial

More info:

Published by: Comissão Editorial on Jul 09, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/03/2013

pdf

text

original

 
Revista dos Estudantes da Faculdade de Direito da UFC (on-line). a. 1, v. 2, mai./jul. 2007.22
E
FICÁCIA
H
ORIZONTAL DOS
D
IREITOS
F
UNDAMENTAIS
 
VIVIANE PEREIRA ROCHA
*
 Resumo
: O presente artigo pretende refletir sobre os direitos fundamentais e a eficáciahorizontal destes direitos nas relações privadas. Originalmente, somente o Estado deviaobedecer a esses direitos, como uma forma de proteger os cidadãos dos excessos doPoder Público. Mas, atualmente, não somente o Estado viola os direitos fundamentais,como também, as pessoas os infringem em suas relações recíprocas, pois na maioria dasvezes são relações desiguais, em que as partes não possuem paridade. Sendo assim, énecessária a aplicação dos direitos fundamentais nessas relações horizontais comoforma de garantir equilíbrio, justiça e respeito à dignidade da pessoa humana,principalmente no campo do direito civil e do direito do trabalho, largamentedesrespeitados pelos que detêm maior poder econômico. O texto fará comentários geraisacerca das dimensões dos direitos fundamentais, do Estado Democrático de Direito, daforma que os direitos fundamentais estão inseridos na Constituição de 1988 e reflexãosobre o atual panorama mundial. Abordaremos, de forma breve, as correntes que negama eficácia horizontal dos direitos fundamentais (state action), bem como as quedefendem sua eficácia indireta (mediata) e eficácia direta (imediata), que é defendidapela maior parte dos doutrinadores brasileiros e com a qual concordamos. Por fim,versaremos sobre a construção jurisprudencial da eficácia horizontal dos direitosfundamentais, que teve origem na Alemanha (Drittwirkung), evidenciando o caso Lüthdo Tribunal Constitucional Alemão e a repercussão de tal teoria no Brasil. Apontando,em relação à jurisprudência brasileira, o caso, ocorrido no Rio de Janeiro, do membroexcluído da União Brasileira de Compositores, enfatizando a importância de aplicaçãodos direitos fundamentais nas relações privadas juntamente com o Princípio daProporcionalidade.
Palavras-chave
: Direitos Fundamentais. Relações privadas. Eficácia horizontal.
Abstract:
The present article intends to reflect on the fundamental rights and thehorizontal effectiveness of these rights in the private relations. Originally, the State onlyhad to obey these rights, as a form to protect the citizens of the excesses of the PublicPower. But, currently, the State not only violates the fundamental rights, as well as, thepeople infringes them in its reciprocal relations, therefore most of the time they aredifferent relations, where the parts do not possess parity. Being thus, the application of the fundamental rights in these horizontal relations is necessary as form to guaranteebalance, justice and respect to the dignity of the person human being, mainly in the fieldof the civil law and the work law, wide disrespected for that they withhold greater to beable economic. The text will make general commentaries concerning the dimensions of the fundamental rights, of the Democratic State of Right, the form that the fundamentalrights are inserted in the Constitution of 1988 and reflection on the current world-widepanorama. We will approach, of brief form, the chains that deny the horizontaleffectiveness of the fundamental rights (state action), as well as that they defend itsindirect effectiveness (mediate) and direct effectiveness (immediate), that it is defendedmostly of the Brazilian experts and with which we agree. Finally, we will turn on the
*
Aluna da Graduação em Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC).
 
Revista dos Estudantes da Faculdade de Direito da UFC (on-line). a. 1, v. 2, mai./jul. 2007.23
 jurisprudence court construction of the horizontal effectiveness of the fundamentalrights, that had origin in Germany (
 Drittwirkung
), evidencing the Lüth case of theGerman Constitutional Court and the repercussion of such theory in Brazil. Pointing, inrelation the Brazilian jurisprudence, the case, happened in Rio de Janeiro, of theexcluded member of the Brazilian Union of Composers, emphasizing the importance of application of the fundamental rights in the private relations together with the Principleof the Proportionality.
 Keywords
: Fundamental Rights. Private relations. Horizontal effectiveness
1. Direitos Fundamentais: dimensões e titularidade
Os direitos fundamentais se apresentam como espécie dos direitos humanos.Estes são consagrados universalmente e valem para todos os povos; aqueles, variamconforme cada ordenamento jurídico específico.Ingo Wolfgang Sarlet distingue perfeitamente:
aqueles direitos do ser humano reconhecidos e positivados na esfera dodireito constitucional positivo de determinado Estado, ao passo que aexpressão “direitos humanos” guardaria relação com os documentos dedireito internacional, por referir-se àquelas posições jurídicas que sereconhecem ao ser humano como tal, independentemente de sua vinculaçãocom determinada ordem constitucional, e que, portanto, aspiram à validadeuniversal, para todos os povos e tempos, de tal sorte que revelam inequívococaráter supranacional (internacional).
Os direitos humanos possuem um caráter supralegal, ligados à corrente jusnaturalistas, por serem considerados ínsitos a natureza humana. Enquanto os direitosfundamentais são positivados, decorrentes de um processo legislativo.A doutrina estabeleceu uma ordem cronológica, dividindo os direitosfundamentais em dimensões, de acordo com o seu reconhecimento na constituição.Os direitos fundamentais de primeira dimensão são os direitos à liberdade,surgiram no séc. XVIII, como uma forma de proteger os cidadãos perante o Estado,configurando-se como direitos de proteção, de resistência opostos ao Estado.São exemplos: a proteção contra a privação arbitrária da liberdade, liberdade deiniciativa, livre disposição da propriedade, liberdade de reuniões, associações, direito decontrolar os atos estatais e outros previstos no Art. 5
º da Constituição Federal de1988.
 
 
Revista dos Estudantes da Faculdade de Direito da UFC (on-line). a. 1, v. 2, mai./jul. 2007.24
Os direitos fundamentais de segunda dimensão são os direitos sociais, tambémchamados de direitos prestacionais ou prestações positivas do Estado, que buscamoferecer condições favoráveis ao individuo, satisfazer as necessidades coletivas dacomunidade, preponderantes no séc. XX, por uma tendência antiliberal. São exemplos:o direito ao salário mínimo, férias e repouso remunerado, direito aos serviços de saúdegratuitos e ao acesso a todos os níveis de ensino. Encontram-se elencados no art. 6° ao11° da Constituição Federal de 1988.Os direitos fundamentais de terceira dimensão são os direitos da solidariedade eda fraternidade, que surgiram no final do séc. XX como uma reação ao reconhecimentoda profunda desigualdade existente entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos,observados pela situação de beligerância do período e pelo posterior processo dedescolonização, com o término da segunda guerra mundial. São exemplos: direito à paz,ao meio ambiente equilibrado, ao desenvolvimento, o direito à conservação e utilizaçãodo patrimônio histórico e cultural, direitos de comunicação e outros. Encontram-se emartigos esparsos da Constituição como o art.225, art.220 e outros.Os direitos fundamentais de quarta dimensão estão ligados à atual fase deglobalização e de avanço tecnológico. São os direitos à democracia (direta,participativa), à informação, ao pluralismo, bem como direitos relativos a bioética.As duas primeiras dimensões dos direitos fundamentais, possuem como titularde tais direitos o individuo, enquanto os direitos de terceira e quarta dimensão possuemtitularidade difusa ou coletiva.
2. Direitos Fundamentais, Estado Democrático de Direito e a Constituição de 1988
A Constituição Federal de 1988 surgiu em um contexto internacional do pós-guerra mundial, marcado pela preocupação em reconstruir os direitos fundamentais(largamente desrespeitados), tendo como base e ponto de partida o direito da dignidadeda pessoa humana, que limita a atuação do Estado.No âmbito nacional, a sociedade passava por uma fase de pós-ditadura militar,ainda traumatizada com os excessos militares, os desrespeitos aos direitos, sobretudo odireito à liberdade em todas as suas modalidades.O constituinte originário, levando em conta esse panorama externo e interno,teve uma intensa preocupação em proteger o indivíduo em face de um futuro Estado-

Activity (13)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Yuri Gibosky liked this
Tammy Carvalho liked this
Julia Mande liked this
Fernando Nery liked this
carollia liked this
Carol Costa liked this
koritola5428 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->