Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A confusão mental dos seguidores de Olavo de Carvalho

A confusão mental dos seguidores de Olavo de Carvalho

Ratings: (0)|Views: 10 |Likes:
Todos são saudosistas da ditadura. Olavo de Carvalho costuma dizer em seus vídeos que o maior erro do regime militar foi não ter acabado com a esquerda. Ou seja, para eles deveria ter acontecido aquilo que Mussolini e Francisco Franco tentaram fazer na Itália e na Espanha, respectivamente: liquidar fisicamente a oposição de esquerda. Curioso é que eles gostam de falar dos gulags e genocídios soviéticos, mas os crimes contra a humanidade perpetrados por ditadores de direita são considerados normais para estes senhores. Eles idealizam o regime militar como o paraíso do desenvolvimento brasileiro.
Todos são saudosistas da ditadura. Olavo de Carvalho costuma dizer em seus vídeos que o maior erro do regime militar foi não ter acabado com a esquerda. Ou seja, para eles deveria ter acontecido aquilo que Mussolini e Francisco Franco tentaram fazer na Itália e na Espanha, respectivamente: liquidar fisicamente a oposição de esquerda. Curioso é que eles gostam de falar dos gulags e genocídios soviéticos, mas os crimes contra a humanidade perpetrados por ditadores de direita são considerados normais para estes senhores. Eles idealizam o regime militar como o paraíso do desenvolvimento brasileiro.

More info:

Published by: Carlos Antonio Guimarães on Sep 30, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/21/2014

pdf

text

original

 
 
 A confusão mental dos seguidores deOlavo de Carvalho
15/12/20121 Política  Texto de Bertone SousaFonte: 
 
Há alguns meses publiquei neste blog dois textos sobreum jornalista que se auto-intitula filósofo (mas não possui diploma)chamado
Olavo de Carvalho
. Para minha surpresa, nos últimosdias tenho recebido um enxurrada de comentários raivosos, depessoas que vêm aqui xingando e descarregando todo tipo deinsanidades contra essas duas postagens. Só aprovei aquelescomentários de pessoas que falam com o mínimo de civilidade. Poisbem: todas essas pessoas são seguidoras e admiradoras do talOlavo de Carvalho. A questão é que acompanhei durante alguns meses as postagensde textos e vídeos do site do qual Olavo é dono: o Mídia semMáscara. Como já falei em outras postagens, o site éexclusivamente voltado a falar mal (nem posso dizer que sãoanálises porque não há análises sérias ali, apenas esculachos) daesquerda, do marxismo, do PT, do MST, de Lula, da Dilma, de tudoo que não seja de extrema direita e que não esteja vinculada a umavisão de mundo conservadora, fascista e cristã.Mas os colunistas são uma verdadeira piada: há um tal de JulioSevero, um protestante homofóbico; Graça Salgueiro, uma senhoraque vive desejando golpes militares de direita na América Latina(uma característica desses colunistas: golpes militares podem,desde que sejam de direita e mesmo que sejam contra governos de
 
esquerda eleitos democraticamente); Nivaldo Cordeiro, quepraticamente repete as mesmas asneiras ditas e escritas por Olavode Carvalho, entre vários outros.Entre um desses admiradores de Olavo está um tal de LeonardoBruno, que edita um blog chamado Conde Loppeux de LaVillanueva e também escreve para o Mídia sem Máscara, mas emquem eu nunca tinha prestado atenção até ele vir aqui me anunciar 
uma postagem que ele fez respondendo à minha “Olavo deCarvalho e a pieguice intelectual brasileira”
. Leonardo é umblogueiro de orientação fascista que xinga a todos os que não estãoalinhados a suas ideias. Em um desses comentários, Leonardo mefalou que não interessa que eu tenha publicado artigos e livrosporque a universidade brasileira é tão insignificante quanto eu. Agora vejam só: um homem que considera a universidadeinsignificante apenas porque ela não é a imagem e semelhança doque ele acha que tem que ser. O sujeito é tão ignorante que nãoentende nada de linguística e antropologia (segundo ele próprio) efala que essas duas áreas do conhecimento servem apenas paraempregar pessoas. Mas pessoas de orientação fascista nãosuportam a universidade enquanto centro de livre discussão deideias; ela só é útil pra eles se estiver livre de qualquer oposição erigidamente controlada por um Estado de extrema direita. Ora, aacademia ainda é um dos poucos espaços na sociedade ondeconvivem ideias pluralistas, há intelectuais de direita, de esquerda,outros que estabelecem diálogos com ambos sem necessariamenteaderir a um lado ou a outro. A universidade brasileira ainda tem menos de cem anos mas temdado contribuições inestimáveis à sociedade. No campo dahistoriografia, por exemplo, que é a minha área, há professoresreconhecidos internacionalmente por suas pesquisas. O Brasilpossui uma historiografia abundante e bem consolidada e o Sr.Leonardo Bruno generaliza dizendo que nossas universidades sãoinsignificantes. Acontece que não é possível nem dialogar com o sr.Leonardo porque tudo o que ele fala são xingamentos,desqualificação do interlocutor, escárnios, uma verdadeira baixariasem fim, bem ao estilo de Olavo de Carvalho, de quem seusseguidores imitam os trejeitos. Leonardo Bruno é um apedeuta quesai vomitando esculachos e intimidações contra os outros nainternet. E outros como ele acham isso o máximo, afinal
 
demonstração de intelectualidade para eles é distribuir palavrõesgratuitos.Leonardo Bruno é um sujeito que não teve competência paraconcluir um curso de graduação em História e hoje fica na internetxingando a tudo e a todos de quem discorda. Vi alguns de seusvídeos no Youtube, onde é possível ver o quanto o homem émesquinho, rude, pedante. O homem simplesmente não argumenta,apenas ofende. E então fiquei pensando: essa é a cara da direitabrasileira formada pelo Sr. Olavo de Carvalho: uma direita quedespreza a universidade e cultiva o ideário fascista.Todos são saudosistas da ditadura. Olavo de Carvalho costumadizer em seus vídeos que o maior erro do regime militar foi não ter acabado com a esquerda. Ou seja, para eles deveria ter acontecidoaquilo que Mussolini e Francisco Franco tentaram fazer na Itália ena Espanha, respectivamente: liquidar fisicamente a oposição deesquerda. Curioso é que eles gostam de falar dos gulags egenocídios soviéticos, mas os crimes contra a humanidadeperpetrados por ditadores de direita são considerados normais paraestes senhores. Eles idealizam o regime militar como o paraíso dodesenvolvimento brasileiro.O que fez a ditadura militar foi promover um crescimento econômicodesordenado que levou a uma falência da máquina estatal. Evaldo
Vieira em “Viagem Incompleta: a grande transação” informa que
entre 1956 e 1983 a dívida externa brasileira cresceu 3.400%,passando de 2,5 bilhões de dólares para 90 bilhões. Em 1980 ainflação era de 110,2% e, apenas quatro anos depois, havia saltadopara 223,7%. Por isso a década 1980 foi de estagnação econômicapara o Brasil. A degradação do salário mínimo fez com que osprodutos básicos para alimentação custassem mais de 60% darenda mensal dos trabalhadores.O desemprego cresceu exponencialmente: na região metropolitanade São Paulo, por exemplo, o número de desempregados atingiu15% da população economicamente ativa. Mas é claro queLeonardo Bruno não sabe disso, porque
seu “professor” Olavo de
Carvalho não traz essas informações. A ditadura militar é que foiboa, independente do fato se as pessoas estavam passando fomeou sem trabalho. O importante para esses fascistas é que aesquerda não esteja no poder, não importa o quanto a populaçãoesteja sendo massacrada.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->