Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
57Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
APQP

APQP

Ratings:

1.0

(1)
|Views: 2,575 |Likes:
Published by ME§TRE
Um guia sobre APQP (Advanced Product Quality Planning.
Um guia sobre APQP (Advanced Product Quality Planning.

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: ME§TRE on Jul 09, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/28/2013

pdf

text

original

 
ESTRUTURANDO O PROCESSO DEDESENVOLVIMENTO DO PRODUTOATRAVÉS DO APQP DA QS 9000
João Carlos Soalheiro Gonzalez
Wabco Freios Brasil – Tel.: (019) 864-4786 – Fax:(019) 864-4780e-mail: wabqld@bestway.com.br.
Paulo Augusto Cauchick Miguel
Núcleo de Gestão da Qualidade & MetrologiaFaculdade de Engenharia Mecânica e de Produção, UNIMEPFone (019) 430 1797 – Fax (019) 455 1361; e-mail: pamiguel@unimep.br
ABSTRACT:
 
The acknowledegement of the importance of QS 9000 in the product development is recognised. It has contributed to quality improvement during the project,with several steps in this process called APQP – Advanced Process Quality Planning. This paper presents the structure of the stages of APQP: Product Design and Developement/ Process Design and Development/Product and Process Validation and includes ametodology used by Ford Motors Company. It also highlights a case study of APQPimplementation in a company
KEYWORDS: APQP, Product Development, QS 9000, Quality System
RESUMO:
A importância da norma QS 9000 no desenvolvimento do produto é reconhecida e temcontribuído para a melhoria da qualidade durante o projeto, com diversas etapas num processodenominado APQP – Planejamento Avançado da Qualidade do Produto. Este trabalho apresenta aestrutura dos estágios do APQP (“Projeto e Desenvolvimento do Produto” e “Validação do Produtoe Processo”), incluindo a metodologia usada pela
Ford Motors Company
. O trabalho tambémapresenta um estudo de caso de implantação do APQP em uma empresa.
 
1. INTRODUÇÃO
Com a abertura da economia no início dos anos 90, as empresas brasileiras se vêem obrigadas abuscar um maior nível de qualificação através da melhoria da sua qualidade e produtividade. Aglobalização da economia levou as organizações a adaptarem-se às condições competitivas dospaíses desenvolvidos tornando-as mais ágeis, investindo em novas tecnologias, reestruturando seusníveis hierárquicos, e qualificando seu pessoal.A ISO 9000 é lançada em 1987 visando o estabelecimento de um sistema básico de qualidade e umaimplementação a nível mundial. Mostrando também o seu comprometimento, o governo brasileirolança o Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade e passa a participar, através da ABNT ,do comitê de 18 países que votam as normas da família ISO 9000, inclusive sediando o encontromundial da ISO/TC-176 em novembro de 1997, como também o encontro com mais de 500especialistas de todo o mundo para discussão sobre a implementação da norma ISO 14000(AVELAR, 1997).Preocupada com a invasão do mercado americano por automóveis japoneses, e com produtos demelhor qualidade e menor custo, surge a necessidade de uma norma mais específica para o setorautomotivo. Nesse sentido as três maiores montadoras americanas Ford, Chrysler e GM (
the bigthree
), juntamente com alguns fabricantes de caminhões lançam em 1994 a primeira edição danorma QS 9000. Utilizando os 20 elementos da ISO 9001 com requisitos adicionais em 18 deles naseção I, englobando processos de aprovação de peças de produção, melhoria contínua e capacidadede fabricação na seção II, e os requisitos específicos dos clientes na seção III (CHOWDHU &ZIMMER, 1998; BARRELA, 1997). A elaboração dessa última seção é, no mínimo discutível umavez que a norma tem como objetivo principal “a unificação dos sistemas da qualidade” dessas trêsmontadoras automotivas. Pouco tempo depois, a norma sofre sua primeira revisão, resultando napublicação da 2ª Edição em 1995. Em março de 1998, é publicada a 3.ª edição da norma, a serválida a partir do início de 1999. A QS 9000 em sua terceira edição apresenta como mudanças maissignificativas a incorporação da antiga seção II na seção I e a antiga seção III passa a ser a seção II.Este trabalho objetiva demonstrar a contribuição da norma QS 9000 em relação à sistemáticautilizada por ela no desenvolvimento do produto, com a utilização da metodologia do APQP –
 Advanced Product Quality Planning
 
ou Planejamento Avançado da Qualidade do Produto, queorganiza a realização de todas as etapas do desenvolvimento, a partir da data do fechamento docontrato de fornecimento até o prazo para entrega da primeira produção.
 
2. O CONTEÚDO DA QS 9000
Além da própria norma, a QS 9000 referencia-se a outras publicações, na forma de manuais, quedescrevem algumas das metodologias preventivas disponíveis tais como:
. FMEA
Failure Mode & Effects Analysis
(análise dos modos de falha e seus efeitos) - que temcomo objetivo a determinação de falhas potenciais durante o desenvolvimento do produto e/ou doprocesso.
. MSA
 Measure Systems Analysis
(análise dos sistemas de medição) - através de avaliações detendência , estabilidade, repetitividade e reprodutibilidade dos sistemas de medição, busca-segarantir a correta aplicação do conjunto homem/equipamento/ambiente, utilizado para avaliação dosprodutos e processos.
. SPC
Statistics Process Control
(CEP- controle estatístico do processo) - controle preventivo doprocesso através do monitoramento ao longo do tempo por intermédio de amostras registradas emgráficos de controle por variáveis ou atributos.A norma também considera os seguintes manuais:
. QSA
-
Quality System Assessment 
(avaliação do sistema da qualidade) - consiste num
check list 
para avaliação de sistemas da qualidade baseado nos requisitos da QS 9000.
. PPAP
Production Parts Approval Process
(processo de aprovação de peças de produção)- temcomo finalidade, submeter uma amostra do primeiro lote produzido com material, maquinários,equipamentos e controles de produção normal, a avaliações pelo fornecedor e aprovação pelocliente, garantindo assim os índices de capacidade necessários.

Activity (57)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
(jbarbosa) liked this
(jbarbosa) liked this
Ernani Soares liked this
jorgepaulopj liked this
Cristian Zanella liked this
nicholasvera liked this
Fabrini Soares liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->