Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
158Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila 1 - Importância da estatística e conceitos básicos

Apostila 1 - Importância da estatística e conceitos básicos

Ratings:

4.0

(2)
|Views: 76,690|Likes:
Published by Allan Reis
apostila de estatística básica
apostila de estatística básica

More info:

categoriesTypes, Resumes & CVs
Published by: Allan Reis on Jul 14, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/15/2013

pdf

text

original

 
 1
Universidade Federal do Piauí Campus Universitário “Prof 
a
. Cinobelina Elvas” – Bom Jesus, PIProfa. Gisele
ESTATÍSTICA
I - IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA E CONCEITOS BÁSICOS1. INTRODUÇÃO: Origem e importância
Há tempos o homem tem, muitas vezes, tomado notas de coisas e pessoas, não somente como fim de acumular números, mas também visando utilizar os dados do passado para a resolução deproblemas do presente. Todavia, somente no fim do século XIX e início do século XX, com aaplicação das probabilidades aos problemas sobre a interpretação dos dados, os números passaram aser utilizados tanto para resolver os problemas do presente quanto prever os acontecimentos futuros.A palavra Estatística deriva do latim “status”, que significa ESTADO. Os primeiros usos daestatística envolviam a compilação de dados e gráficos que descreviam vários aspectos de umestado ou país, daí a origem da palavra estar relacionada a estado. O primeiro levantamentoestatístico remonta a 3500 a.C no Egito, tendo como objetivo informar ao estado sobre os recursoshumanos e econômicos.No século XVII d.C a disciplina estatística já era lecionada nas universidades alemãs,continuando com a finalidade de descrever as populações e as riquezas do estado. Ainda nesteséculo, ocorreu a expansão da ciência em áreas como saúde pública, indústria, comércio edensidade demográfica.Alguns estudiosos contribuíram ao longo dos anos para o desenvolvimento da estatísticacomo ciência, como Francis Galton (1822-1911) que apresentou as noções de regressão ecorrelação; Karl Pearson (1857-1936) que apresentou seus famosos coeficientes, hoje chamados decoeficientes de Pearson; e Fisher que apresentou estudos sobre inferência estatística, dentre outros.Porém, o grande avanço mesmo da ciência foi por volta de 1940, quando o tratamento dos dadosdeixou de ser manual para ser computadorizado e, com isso, a realização de procedimentosestatísticos que, geralmente eram de alto custo do ponto de vista humano, passaram a serdinamizados pela aplicação da informática no tratamento dos dados.
 
 2A importância da estatística reside no esforço do homem para melhor compreender omundo, tanto do ponto de vista físico como social. Na sociedade científica, da qual fazemos parteatualmente, a investigação é parte essencial do trabalho diário. O interesse por descobrir novosprocedimentos por meio da experiência acumulada tem sido determinante para a necessidade de osprofissionais se perceberem imersos na formação e aprendizado de técnicas básicas de metodologiada investigação e de algumas mais concretas como a análise de dados. Os profissionais que seapóiam na quantificação e no estudo do que se observa diariamente, e entendem e conhecem osconceitos básicos de estatística se aprofundam e compreendem melhor o fundamento de sua área detrabalho.
2. O QUE É ESTATÍSTICA?
Segundo o Dicionário de Língua Portuguesa Aurélio:
1
Parte da matemática em que se investigam processos de obtenção, organização e análise dedados sobre uma coleção de seres quaisquer, e métodos de tirar conclusões e fazer predições combase nesses dados.
2
Conjunto de elementos numéricos relativos a um fato social.”Para muitas pessoas, a palavra “estatística” faz lembrar longas colunas de números, gráficose diagramas que mostram de que forma o governo está gastando o dinheiro dos impostos. Nopassado, esta palavra referia-se exclusivamente à informações numéricas de que os governosnecessitavam para planejar sua conduta. Os estatísticos eram pessoas que coletavam grandesquantidades de informações numéricas. Alguns estatísticos ainda realizam este tipo de trabalho, masexistem outros que auxiliam a conduzir e interpretar experimentos científicos e pesquisasprofissionais. As mudanças no significado da palavra estatística acompanharam as mudançasocorridas no tipo de trabalho realizado pelos estatísticos.A palavra estatística pode ser utilizada para designar dados numéricos, como, por exemplo,estatísticas esportivas ou estatísticas financeiras. Entretanto, a palavra pode também se referir àestatística como uma disciplina própria da mesma forma que a matemática ou a economia.Assim, conceituando temos que:
  A estatística é o ramo da matemática interessado nos métodos científicos para coleta,organização, resumo, apresentação e análise de dados, bem como na obtenção de conclusõesválidas e na tomada de decisões razoáveis baseadas em tais análises.
Portanto, a estatística é uma ciência que se preocupa com o planejamento de uma pesquisa,envolvendo desde a forma de coleta das observações obtidas em
experimentos
ou
levantamentos
,até a maneira como será feita a organização, a descrição, o resumo dos dados e a avaliação e
 
 3afirmação sobre características de interesse do pesquisador. Tudo isso corresponde às fases dométodo estatístico.As fases do método estatístico são então:
a) Definição do Problema
Consiste na:- formulação correta do problema;- examinar outros levantamentos realizados no mesmo campo (revisão da literatura);- saber exatamente o que se pretende pesquisar definindo o problema corretamente (variáveis,população, hipóteses, etc.)
b) Planejamento
Determinar o procedimento necessário para resolver o problema:- Como levantar informações;- Tipos de levantamentos: por censo (completo) ou por amostragem (parcial).- Cronograma, custos, etc.
c) Coleta ou levantamento dos dados
Consiste na obtenção dos dados referentes ao trabalho que desejamos fazer.A coleta pode ser: Direta - diretamente da fonte; Indireta - feita através de outras fontes.Os dados podem ser obtidos pela própria pessoa (primários) ou se baseia no registro de terceiros(secundários).
d) Apuração dos Dados ou sumarização
Consiste em resumir os dados, através de uma contagem e agrupamento. É um trabalho decoordenação e de tabulação.
e) Apresentação dos dados
É a fase em que são mostrados os resultados obtidos na coleta e na organização.
f) Análise e interpretação dos dados
É a fase mais importante e também a mais delicada. Obtêm-se conclusões que auxiliam opesquisador nas tomadas de decisões.

Activity (158)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Caio Casaes liked this
Bianca Hülle liked this
Sávio Cunha liked this
laeciocosta liked this
Sandra Oliveira liked this
Alex Meurer liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->