Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Métodos preventivos: sua importância ao cuidador e ao idoso dependente

Métodos preventivos: sua importância ao cuidador e ao idoso dependente

Ratings:

4.67

(6)
|Views: 6,043|Likes:
Didaticamente, considera-se idosa a pessoa com mais de 60 anos. E segundo dados da literatura científica, a maioria dos idosos não conseguem manter bons níveis de higiene bucal ou de suas próteses necessitando muitas vezes do auxílio dos cuidadores para realizá-la. E isto pelo fato que com o envelhecimento, ocorrem alterações fisiológicas que limitam as funções do organismo, o que provoca nos indivíduos da terceira idade, uma maior dependência para a realização do autocuidado, necessitando em um certo momento do auxílio de um cuidador.
Basicamente, a denominação de "cuidador" pode ser compreendida como a pessoa da família (ou não) que é responsável em suprir as necessidades de outra pessoa, dando apoio, ajudando a outra pessoa em suas atividades, como as seguintes: fazer companhia; atuar como confidente; conversar sobre questões pessoais e emocionais; compartilhar atividades; ajudar a manter ou a reatar laços afetivos; arrumar e limpar a casa; preparar refeições; fazer compras; fazer e receber pagamentos; transportar e acompanhar ao médico; auxiliar o idoso ao caminhar; alimentar-se; tomar banho; higienizar-se; pentear os cabelos; usar a toalete; tirar o aparelho de surdez; colocar próteses (como a dentadura); auxiliar na escovação dos dentes; etc.
Didaticamente, considera-se idosa a pessoa com mais de 60 anos. E segundo dados da literatura científica, a maioria dos idosos não conseguem manter bons níveis de higiene bucal ou de suas próteses necessitando muitas vezes do auxílio dos cuidadores para realizá-la. E isto pelo fato que com o envelhecimento, ocorrem alterações fisiológicas que limitam as funções do organismo, o que provoca nos indivíduos da terceira idade, uma maior dependência para a realização do autocuidado, necessitando em um certo momento do auxílio de um cuidador.
Basicamente, a denominação de "cuidador" pode ser compreendida como a pessoa da família (ou não) que é responsável em suprir as necessidades de outra pessoa, dando apoio, ajudando a outra pessoa em suas atividades, como as seguintes: fazer companhia; atuar como confidente; conversar sobre questões pessoais e emocionais; compartilhar atividades; ajudar a manter ou a reatar laços afetivos; arrumar e limpar a casa; preparar refeições; fazer compras; fazer e receber pagamentos; transportar e acompanhar ao médico; auxiliar o idoso ao caminhar; alimentar-se; tomar banho; higienizar-se; pentear os cabelos; usar a toalete; tirar o aparelho de surdez; colocar próteses (como a dentadura); auxiliar na escovação dos dentes; etc.

More info:

Published by: Marco Tulio Pettinato Pereira on Jul 25, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/13/2012

pdf

text

original

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Carlos Juniior liked this
s405050 liked this
Luigi Lavecchia liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->