Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O poeta Chiado, de Alberto Pimentel

O poeta Chiado, de Alberto Pimentel

Ratings: (0)|Views: 5|Likes:
PIMENTEL, Alberto (1901) — O poeta Chiado; novas investigações sobre a sua vida e escriptos. Lisboa: Empreza da Historia de Portugal.
PIMENTEL, Alberto (1901) — O poeta Chiado; novas investigações sobre a sua vida e escriptos. Lisboa: Empreza da Historia de Portugal.

More info:

Published by: Maria do Rosário Monteiro on Oct 20, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/13/2014

pdf

text

original

 
ALBERTO PIMENTEL
O
POETA
CHIADO
(_Movas
investigações
sobre
a
sua vida
e
escriptos)
~
.
I.ISBOA
){c\
c:
r cn..iu
IJ
d
~h
i
ado
de
\ÍrtuJc
1frande
imi~;o.~ente
tu:t alma comtigrJe
·•~râs
!-\C
ctttas
d~sculpa
..
J"il'-to ,1u: agora
t~
digo.
At'J'(I58'-•
AI.\
AIC&II •
ENPitEZA
DA
HISTORIA
I.>K
PORTUOAI.
Sot:illilldl
ldittWII
LIVRARIA MODRRNA
11
T Y
I'
O G
lt
A P
H
I A
R.
A•pd•,
gJ
H
.u,
R.
r
.
,..,J'I
19(>1
 
t-;
-
..
::·
:
-
;
-:970
p
;
-~-
 
I
.·.:·...
.-··
.......
L,..
I
\.I
-.I
;'
_)
.~
,}
~.
~
.
...
""':-.
-.
"
li
I
A
s relações de amizade entre os vivos e osmortos são menos quebradiças e ephémeras do que as dos vivos uns com outros.
E
a razão é facil de explicar : quem vai, nãovolta.Os mortos não falam,
nfto
intrigam, não atrai
çOam,
não desmerecem, por isso, da estima e consideração
em
que uma vez os tomamos.Affeiçôa-se a gente a um escriptor, a
um
maes-
tro.
a um pintor ou a um estatuário, que morreu
ha
muitos
11nnos
ou
ha
longos seculos, e não dei
:x:amos
apagar nunca a tampada do seu culto: coileccionamos-lhe as obras sem olhar a dinheiro, pormais raras que sejam; conservamol-as em grandeveneração como thesouros que um avarento aferrolha a sete chaves; e estamos sempre promptos
11
combater de ponto
em
branco pela gloria e bel-

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->