Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
163Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
101ideias e dicas para utilizar o quadro interactivo

101ideias e dicas para utilizar o quadro interactivo

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 14,543 |Likes:
Published by luisbarata
Amostra de manual sobre quadros interactivos.
Amostra de manual sobre quadros interactivos.

More info:

Published by: luisbarata on Jul 29, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/25/2013

pdf

text

original

 
Luís Filipe Barata & Sofia Damiana Jesus
 
Índice
1.Introdução.............................................................................................................................11.1 Conceito de interactividade................................................................................................11.2 Organização do livro............................................................................................................31.3 Que quadro interactivo escolher?.......................................................................................31.4 Notas prévias.......................................................................................................................52.O quadro interactivo na sala de aula....................................................................................72.1 A minha primeira aula com quadro interactivo..................................................................72.2 Quadro Interactivo simples, mas eficaz..............................................................................92.3 Utilização do Quadro Interactivo na motivação e introdução de novos conceitos......
Erro!Indicador não definido.
2.4 Outras ideias para a utilização do quadro interactivo...........
Erro! Indicador não definido.
Construir um glossário de termos importantes..........................................................................4.Anexos.................................................................................................................................2310
mandamentos
para o utilizador do quadro interactivo.........................................................24Auto-avaliação de uma aula interactiva Reflexão do Professor..............................................25Planificação de Aula (proposta de Dr.ª Flávia Vieira)..................................................................27ANEXO III -Estudo comparativos dos vários Quadros Interactivos............................................28Bibliografia:.................................................................................................................................30Webgrafia:...................................................................................................................................30
 
Versão 1.0 Setembro 2008 Luís Filipe Barata & Sofia Damiana Jesus
www.escola.diferentenet.com
1
1.Introdão
A escola das mesas e cadeiras alinhadas, do quadro de giz e do toque da campainha já temséculos, gerações de avós, pais, filhos e netos identificavam imediatamente umasala de aulaquer ela fosse do princípio do séc. XX, altura em que o quadro de giz revolucionou o ensino,quer do séc. XXI.Este livro pretende ser um manualde sobrevivência na descoberta das possibilidades efuncionalidades de uma nova ferramenta que está a modernizar as salas de aula dos nossosdias, o quadro interactivo.A sua pertinência aumenta quando é uma ferramenta ainda pouco conhecida pela maioria dosprofissionais da educação, mas figura como um recurso essencial do Plano Tecnológico. Paraalém disso, o Quadro Interactivo pode ser a ferramenta que despoleta a mudança deparadigma na educação, permitindo à escola voltar a estar à frente na inovação,facultandooacesso na escolas a todas as tecnologias que os nossos jovens estão habituados a dispor. Nãosetrata apenas de educar, mas tambémde a escola acompanhar a evolução dos temposmodernos e disputar o interesse e motivação dos jovens em detrimento do negócio dos novosmédia, como os jogos, consolas, computadores, mp3 e outras “brincadeiras” que raramentesão valorizadas como ferramentas educativas, mas que dispõem de receitas financeirassuficientes para rivalizar com a função educativa da Escola.Merece ainda referência o facto de que este instrumento teve resultados muito positivos emsistemas educativos de sociedades com maior poder de compra. Por exemplo, quandocomparamos as opções tomadas pelos EUA, onde se fomentouapenaso uso doscomputadores portáteis no ensino, com o Reino Unido, onde se apostou numa política mistade computadores portáteis e quadros interactivos na escola, concluiu-se que os resultadosforma melhores no segundo caso. Para além disso, a utilização e descoberta desta ferramentapedagógica pode ser um pólo dinamizador da troca de experiências e colaboração entreprofessores.
1.1 Conceito de interactividade
Antes de prosseguirmos, vale a pena discutir o conceito de
interactividade
, que pode serentendida num sentido mais estrito, quando se refere ao facto da tecnologia do quadrointeractivo permitir o controlo do computador através da caneta, ou seja o quadro interactivoé um dispositivo de entrada, na medida em que permite ao utilizador dar ordens ao softwareque controla, mas ao mesmo tempo é um dispositivo de saída, uma vez que se podeconsiderar um “monitor” gigante do computador, através da utilização do projector vídeo.No entanto, se quisermos falar no sentido mais lato de interactividade, queMarco Silva
1
tãobem define no seu livro “Sala de Aula Interactiva”, entramos no campo da pedagogia, onde oquadro interactivo se transforma numa das ferramentasque facilita uma aula participada poralunos e professores.Marco Silva compara a aula interactiva a uma obra de artepopularbrasileira, o Parangolé: umtecido movimentado por artistas que se deslocam pela audiência e a vão envolvendo no
1
Silva, M. (2007)
Sala de Aula Interactiva
Quartet Editora. Rio de Janeiro. 220p.

Activity (163)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Iaracrissiumal liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->