Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
39Activity
P. 1
ESTACAS PRÉ-MOLDADAS

ESTACAS PRÉ-MOLDADAS

Ratings: (0)|Views: 8,903 |Likes:
Published by gontijoengenharia
As estacas pré-moldadas podem ser de concreto armado ou protendido, vibrado ou centrifugado, com qualquer forma geométrica da seção transversal, devendo apresentar resistência compatível com os esforços de projeto e decorrentes do transporte, manuseio, cravação e a eventuais solos agressivos.
As estacas pré-moldadas podem ser de concreto armado ou protendido, vibrado ou centrifugado, com qualquer forma geométrica da seção transversal, devendo apresentar resistência compatível com os esforços de projeto e decorrentes do transporte, manuseio, cravação e a eventuais solos agressivos.

More info:

Published by: gontijoengenharia on Aug 09, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

Estacas Pr\u00e9-moldadas
ITENS DE REFER\u00caNCIA na NBR-6122
http://www.gontijoengenharia.com.br/
8.6.4 Estacas pr\u00e9-moldadas de concreto

Nas estacas de concreto pr\u00e9-moldado o dimensionamento estrutural deve ser feito utilizando-se as normas ABNT
NBR 6118 e ABNT NBR 9062, limitando ofck a 40,0 MPa.
Nas duas extremidades da estaca, deve ser feito um refor\u00e7o da armadura transversal, para levar em conta as tens\u00f5es
de crava\u00e7\u00e3o.
O fabricante deve apresentar curvas de intera\u00e7\u00e3o flexo-compress\u00e3o e flexo-tra\u00e7\u00e3o do elemento estrutural.

ANEXO D (NBR-6122)
Estacas Pr\u00e9-moldadas
Procedimento executivo
D.1 Introdu\u00e7\u00e3o

Este anexo tem por objetivo:
a) descrever os procedimentos executivos;
b) complementar o item 8 da NBR-6122;
c) especificar os insumos; e
d) detalhar as diretrizes construtivas.

D.2 Caracter\u00edsticas gerais

As estacas pr\u00e9-moldadas podem ser de concreto armado ou protendido, vibrado ou centrifugado, com qualquer
forma geom\u00e9trica da se\u00e7\u00e3o transversal, devendo apresentar resist\u00eancia compat\u00edvel com os esfor\u00e7os de projeto e
decorrentes do transporte, manuseio, crava\u00e7\u00e3o e a eventuais solos agressivos.
Para a finalidade desta Norma, as estacas pr\u00e9-fabricadas s\u00e3o consideradas como pe\u00e7as pr\u00e9-moldadas, dentro do
conceito da ABNT NBR 9062.

D.3 Equipamento

A crava\u00e7\u00e3o de estacas pode ser feita por percuss\u00e3o, prensagem ou vibra\u00e7\u00e3o.
A escolha do equipamento deve ser feita de acordo com o tipo, dimens\u00e3o da estaca, caracter\u00edsticas do solo,
condi\u00e7\u00f5es de vizinhan\u00e7a, caracter\u00edsticas do projeto e peculiaridades do local.
O sistema de crava\u00e7\u00e3o deve estar sempre bem ajustado e com todas as suas partes constituintes, tanto estruturais
quanto acess\u00f3rias, em perfeito estado a fim de evitar quaisquer danos \u00e0s estacas durante a crava\u00e7\u00e3o e deve ser
dimensionado de modo a levar a estaca at\u00e9 a profundidade prevista sem danific\u00e1-la.
Para essa finalidade, o uso de martelos mais pesados e com menor altura de queda, \u00e9 mais eficiente do que o uso
de martelos mais leves e com grande altura de queda.
A folga do martelo e do capacete n\u00e3o deve ser superior a 2,0 cm em rela\u00e7\u00e3o \u00e0s guias do equipamento.
O formato do capacete dever\u00e1 ser adequado \u00e0 se\u00e7\u00e3o da estaca e possuir superf\u00edcie de contato plana, com encaixes
com folga inferior a 1,0 cm, sendo periodicamente verificadas e corrigidas eventuais irregularidades.
Suas dimens\u00f5es externas devem ser compat\u00edveis com as do martelo, de forma que a carga transmitida seja
centrada.
A crava\u00e7\u00e3o \u00e9 normalmente executada com martelo de queda livre, devendo o peso do martelo ser, no m\u00ednimo,
igual a 70% peso total da estaca, e n\u00e3o menor do que 20 kN.
No uso de martelos autom\u00e1ticos ou vibrat\u00f3rios, deve-se seguir as recomenda\u00e7\u00f5es dos fabricantes.

D.4 Crava\u00e7\u00e3o

O armazenamento e o i\u00e7amento de estacas pr\u00e9-moldadas na obra deve obedecer \u00e0s prescri\u00e7\u00f5es do fabricante que
deve disponibilizar todas as informa\u00e7\u00f5es necess\u00e1rias para evitar fissuramento excessivo ou quebra das estacas.
No caso em que a cota de arrasamento estiver abaixo da cota do plano de crava\u00e7\u00e3o, pode-se utilizar um elemento
suplementar, denominado \u201cprolonga\u201d ou \u201csuplemento\u201d.
O comprimento do suplemento deve ser limitado a 2,50 m.
Para crava\u00e7\u00e3o de estacas atrav\u00e9s de terrenos resistentes podem ser empregadas pr\u00e9-perfura\u00e7\u00f5es.
Neste caso, o eventual desconfinamento deve ser considerado pelo projetista das funda\u00e7\u00f5es.
De qualquer maneira a crava\u00e7\u00e3o final deve ser feita sem influ\u00eancia deste recurso.
Quando forem previstos ou observados in loco esfor\u00e7os significativos de tra\u00e7\u00e3o decorrentes da crava\u00e7\u00e3o da estaca
o sistema de crava\u00e7\u00e3o deve ser ajustado de modo a minimizar tais esfor\u00e7os e n\u00e3o colocar em risco o elemento
estrutural.
Devem tamb\u00e9m ser observadas as recomenda\u00e7\u00f5es do item 8.5 da NBR-6122.

Activity (39)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Hermon Almeida liked this
Rnpremoldados Mossoró added this note
estar e da boa
hissahamylle liked this
Jonatas Souza liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->