Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
15Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Única Porta_SPURGEON-MUITO BOM!!!

A Única Porta_SPURGEON-MUITO BOM!!!

Ratings:
(0)
|Views: 237|Likes:
Published by EVENILSON

More info:

Published by: EVENILSON on Aug 10, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/20/2014

pdf

text

original

 
Cap 07 - A Única Porta
Pr C H Spurgeon
Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem (João 10:9)
A palavra de Deus nos diz que, em meio a grande multidão de sereshumanos, existe um povo especial – um povo escolhido por Deus da raça comum antes queas estrelas começassem a brilhar; um povo caro ao coração de Deus antes da fundação domundo; um povo que foi redimido pelo precioso pelo sangue de Jesus além e acima dahumanidade; um povo que é a propriedade de Cristo, o rebanho do seu pasto, as ovelhasque comem da sua mão; um povo de quem a Providência cuida, abrindo um caminho paraeles em meio ao emaranhado confuso da vida; um povo que no fim será trazido, um por um, sem mácula diante do trono eterno e preparado para o destino excelso que Deus vairevelar no futuro. Em toda a escritura você lê sobre este povo peculiar e especial. Às vezesele é chamado de “semente”, outras vezes de “jardim”, “tesouro” e “rebanho”, como nocapítulo que lemos. O nome comum no novo testamento para ele é “igreja”, “A igreja deDeus, a qual Ele comprou com seu próprio sangue”. “Cristo amou a igreja e a si mesmo seentregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem da água pela palavra”.A grande questão é: como conseguir ser admitido nessa igreja? Ondeencontrar essa comunidade? Quem são seus membros? Qual é o caminho para tornar-se participante dos privilégios que ela tem? Jesus Cristo nos diz duas coisas aqui: como entrar na igreja – o caminho é através Dele, que é a porta. Segundo, que benefícios recebemos por sermos membros da igreja de Cristo seremos salvos, entraremos e sairemos eencontraremos pastagem.I. Como alguém pode tornar membro desta igreja que é eleita? Redimida e serásalva? A afirmação de Jesus dá uma resposta simples e curta a esta pergunta.Cristo nos diz que a única maneira de entrar na igreja é através dele mesmo.Ele é a porta, a única porta. Não há nenhum outro modo de admissão em sua igreja a nãoser por ele. Que fique entendido, então, de uma vez por todas, que não podemos entrar naigreja de Cristo pelo batismo. Há dezenas de milhares, na verdade milhões que foram batizados depois de uma programação especial, isto é, que foram aspergidos ou imergidos,sem nunca terem sido admitidos na igreja de Cristo. Por causa da ordenança que lhes foramministradas, com seu consentimento ou muitas vezes sem ele, algumas pessoas osreconhecem como cristãos. Mas deixe-me dizer-lhes que, se não vieram a Cristo por uma fégenuína, eles não são melhores que pagãos batizados; ainda são pagãos aspergidos. Você pode manter alguém debaixo de um chuveiro para sempre sem com isso fazê-lo “membrode Cristo”; você pode arrastá-lo para o fundo do oceano Atlântico e, se sobreviver aimersão, ele ainda não será um “til” melhor. A porta não é o batismo, mas Cristo. Se vocêCrê em Cristo, você é membro da sua igreja. Se você colocou sua confiança sobre Cristoque é o grande meio de salvação de Deus, então você tem evidências de que foi escolhido por Ele antes da fundação do mundo, e esta sua fé o habilita para todos os privilégios queDeus prometeu aos crentes em sua palavra.
 
Se Cristo é a porta, conclui-se que ninguém entra na igreja por meio denascença. A associação dos amigos tem sido uma das comunidades, mais frutíferas nomundo, e conservou um bom testemunho nas questões mais importantes por muitos anos,mas me parece que o grande mal que há nela, que lhe causou muitos danos, é a admissão demembros por direito de nascimento. Não recebem eles em sua comunhão os filhos dos seusmembros, como se fossem elas pessoas certas para serem recebidas na igreja visível? Meusirmãos, é um grande privilégio ter os pais cristãos. Isso pode ser uma grande vantagem, sevocê fizer uso correto dela. Há nisso uma grande responsabilidade e, se você fizer mau usodela, em vez de ser uma bênção para você pode ser uma maldição temível. Você pode ser um elo de uma grande linhagem de santos; “se você não nascer de novo, não pode ver oreino de Deus”. O exemplo mais consagrado, a formação mais espiritual não pode garantir a conversão e, sem conversão, você pode apostar nisso, você não pode ser de Cristo. “Senão vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reinodos céus”. Por não praticarmos o batismo de crianças, não caímos tão facilmente neste errocomo outras denominações, mas é necessário dizer também aqui que você não tem direitoaos privilégios do evangelho devido aos seus pais e mães. Vocês mesmos precisam ter nascido de novo. Vocês não tem direito à aliança da graça, nem as bênçãos das promessas,se não vier à Cristo por sua fé pessoal e individual. Nem seu pai ou sua mãe podem ser a porta para a igreja de Cristo, só o próprio Cristo. Ele disse: “Eu sou a porta”. Se você temCristo, você está em sua igreja. Se você se prender à Cristo, você será membro dessacomunidade, dos seus eleitos e redimidos. Nunca por batismo ou por direito de nascença.Além disso, como Cristo é a porta, é evidente que ninguém se torna membro daigreja de Cristo simplesmente dizendo que é. Ele pode acabar se revelando um hipócritadetestável, mas não pode se revelar um cristão genuíno por mera confissão de fé. Ninguémfica rico neste mundo esbanjando dinheiro ou dizendo que é abastado. É preciso guardar  bem as escrituras das propriedades e guardar o dinheiro num cofre, senão todo o faz deconta não esconde a pobreza. Você não pode tornar-se cristão vindo à frente e pedindo paraser admitido na igreja, declarando que crê e jurando que se arrepende. Não, você precisa searrepender de verdade, ou não terá parte nem porção nesta questão. Simplesmente dizer:“Sim, sim estou disposto a afirmar isto, concordo em dizer aquilo” faz de você um cristãoquanto dizer que um algodão é seda transforma o algodão nisso, ou fazer ouro de lamamudando o nome desta. Tome cuidado com afirmações falsas porque elas trazem duasconseqüências perigosas. A pessoa que não está debaixo da graça está em perigo, masaquela que afirma tê-la quando não a tem está duplamente em perigo, porque é menos provável que seja despertado, e está fazendo de sua conversão um travesseiro para suacabeça perversa e adormecida, no qual ele descerá dormindo para o inferno.Depois, e talvez isto chegue mais ainda ao ponto, ninguém se torna parte do povodo Senhor ou uma das ovelhas de Cristo por ser admitido em uma igreja visível. Não devetentar entrar em uma igreja visível quem não faz parte da igreja verdadeira. Ele não tem odireito de juntar-se à organização externa se não se agregou primeiro à organização secreta,através de uma fé viva em cristo. Quem dá a volta pela porta e pula o muro, entrando naigreja exterior sem ser crente em Cristo, longe de ser salvo, Cristo vai dizer-lhe: “Você éladrão e salteador, porque você subiu por outro lugar, sem passar pela porta”. Eu creio queagimos corretamente ao submetermos a admissão de membros à voz de toda a igreja; creioque agimos certo ao examinarmos os candidatos, para ver se é possível crer em sua
 
 profissão de fé e se sabem o que estão fazendo. Porém nossa avaliação – ela não é mais profunda que a pele. Não podemos sondar o coração, e o melhor juízo de muitos homenscristãos, por mais honestos e merecedores de grande respeito que sejam, é uma base muito pobre para alguém se apoiar. Se você não tem Cristo, seus certificados da igreja são papéis para o lixo e sua associação com quaisquer pessoas, por mais puras e apostólicas que possam ser, é só um nome pelo qual viver enquanto você está morto, porque a únicamaneira de entrar na igreja real, vital, viva de Cristo é voltando-se para Cristo que, elemesmo, é a porta.O português claro desta metáfora, então, diz exatamente isto: para ser do povo deDeus, o essencial é a dependência simples de Jesus Cristo. Se você não tem isto – nãoimporta quem o batiza, ou lhe dá o pão e o vinho consagrado, ou quem emociona você comuma esperança de salvação pela qual não há garantia – você morrerá em seus pecados,apesar de todos os seus sacramentos, se não vier a Cristo. Nenhum outro meio de admissãono céu pode ser posto além da simples dependência daquele que derramou seu sangue emorreu na cruz do Calvário. A pregação de qualquer outro sistema é mero engano contra oqual fomos advertidos, ou é uma armadilha para apanhar os desatentos.Preste atenção: a fé simples, quando genuína, deixa claro que você entra por Cristoque é a porta, porque uma fé assim leva á obediência. Como você pode imaginar que você émembro de sua igreja se você não é obediente à Cristo? É necessário que quem confie emCristo se torne servo de Cristo. A fé real nunca tropeça nisso. Cristo disse: “Se me amais,guardareis os meus mandamentos”. Se não guardamos os mandamentos de Cristo a partir do princípio do nosso amor por Ele, nossa religião é inútil. “Sem santificação ninguém veráo Senhor”. Podemos falar o quanto quisermos sobre experiências e convicções exteriores, porém “Pelos seus frutos os conhecereis”. O Espírito de Deus é o espírito da santidade,quando Cristo entra na alma, toda iniqüidade precisa ser expurgada dela. Você sabe comoMalaquias descreve a sua vinda. Ele nos anuncia a promessa de que o Senhor a quem buscamos virá ao seu templo de repente: quem procura, acha. O que ele acrescenta? “Masquem poderá suportar o dia da sua vinda? Porque ele é como o fogo do ourives e como a potassa dos lavandeiros”. O fogo do ourives queima as escórias e o sabão do lavandeiro tiraas manchas; da mesma forma, se Cristo está em você, você passará por um refinamento quequeimará, seu pecado interior, e você será submetido a uma lavagem com o sabão maisforte, para limpá-lo de todas as suas iniqüidades. “Não vos enganeis, de Deus não sezomba; pois aquilo que o homem semear isso também ceifará”. Se vivermos de acordo coma carne iremos morrer; se, pela graça de Cristo, vivemos Nele, confiando Nele e servido àEle – sendo que o serviço é a evidência da confiança, e a confiança a evidência da eleição – então você entrou na igreja pela porta, e você está bem.Bem, se Cristo é a porta, e se nós entramos nesta igreja por esta porta, não importamuito para nós o que aquele senhor idoso em Roma pensa de nós. Ele pode querer nosexcomungar. Isto ele gosta de fazer. Ele é bom em maldizer; o que importa? Se sou novacriatura em Cristo Jesus, não dou a mínima para as afrontas do Papa. Além disso, há muitosdifamadores hoje em dia que estão dizendo: “Os não conformistas não passam de um bandode heréticos. Nós temos a sucessão apostólica, os sacramentos e os sacerdotes”. Ora, eles segabam de serem “católicos”, apesar de sua alegação ser desautorizada tanto pela babilôniaaqui de baixo como pela Jerusalém lá de cima. Que se vangloriem. Enquanto temos a

Activity (15)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Misael Martins liked this
Acropollis liked this
Tonleo Ton liked this
Silva_Michel liked this
douglasjalmeida liked this
John Paul Rock liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->