Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
98Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Associacionismo

O Associacionismo

Ratings: (0)|Views: 39,840 |Likes:
Published by karenalmeida

More info:

Published by: karenalmeida on Aug 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/26/2013

pdf

text

original

 
O Associacionismo
O principal representante do Associacionismo é Edward L. Thorndike, esua importância está em ter sido o formulador de uma primeira teoria deaprendizagem na Psicologia. O termo associacionismo origina-se daconcepção de que a aprendizagem se dá por um processo de associação dasidéias – das mais simples às mais complexas. Assim, para aprender umacoisa complexa, a pessoa precisaria primeiro aprender as idéias maissimples, que ela estariam associadas.Thorndike formulou a Lei do Efeito, que seria de grande utilidade para aPsicologia Comportamentalista. De acordo com essa lei, todo o comportamento deum organismo vivo (um homem, um pombo, um rato, etc.) tende a se repetir, se nóso recompensarmos (efeito) assim que ele o emitir. Por outro lado, ocomportamento tenderá a não acontecer, se o organismo for castigado (efeito) apóssua ocorrência. E, pela Lei do Efeito, o organismo irá associar essas situações comoutras semelhantes
Edward Lee Thorndike
"Cores desbotam, templos desmoronam, impérios caem, mas palavras sábias duram."(apud http://www.psy.pdx.edu/PsiCafe/KeyTheorists/Thorndike.htm – acesso em 03/06/2002)
Edward Lee Thorndike, nasceu em 1874 na cidade de Williamsburg, Massa, nosEstados Unidos e era filho de um ministro metodista em Lowell, Massachusetts. Elecresceu numa época em que a psicologia científica estava se estabelecendo eminstituições acadêmicas. Durante sua vida universitária, quando se formou naUniversidade de Weslyan em 1895, ele se interessou pelo campo da psicologia,matriculando-se na Universidade de Harvard em 1896.As grandes contribuições dele para psicologia educacional no início de sua carreiraestão em grande parte nos métodos que ele inventou para testar e medir ainteligência de crianças e a habilidade delas para aprender. Esses estudos noentanto, foram interrompidos por falta de condições de trabalho, e ele passou adesenvolver projetos que procuravam investigar a aprendizagem em animais,realizados durante o curso em Harvard. Por motivos pessoais Thorndike nãocompletou a graduação tendo se transferido para a Universidade de Columbia, ondese tornou PhD em 1898.Cinco anos antes da divulgação na imprensa da expressão reflexo condicionado,proposta pelo fisiologista Ivan Pavlov, Thorndike publicou nos Estados Unidos suaimportante monografia de doutorado intitulada "Inteligência Animal": Um EstudoExperimental dos Processos Associativos em Animais".
 
Este estudo foi importante porque introduziu o método experimental nainvestigação do comportamento animal. Para isso Thorndike inventou a caixa-problema, onde eram presos gatos famintos, e ele procurou observar como eles secomportavam para fugirem da caixa e comerem o alimento que era colocadopróximo à mesma. Com essa experiência Thorndike conseguiu mostrar que aconcepção de aprendizagem (formação de conexões estímulo-resposta) está sujeitaa três leis principais, sendo as mais importantes: lei do efeito e a lei do exercício.Thorndike estabelece, com a lei dos efeitos as bases para o behaviorismo deSkinner. Antes, entretanto, de ser integrado ao paradigma comportamentalista,Thorndike foi muito criticado por defender que as sensações agradáveis edesagradáveis que um sujeito sente ao responder um estímulo funcionam comoelemento de fixação de respostas.Depois de responder às críticas, sua teoria acabou sendo incorporada às correntesbehavioristas. Suas formulações se inserem numa lógica positivista e formapragmática (sem e com pouca enunciação epistemológica) de fazer ciência.Em 1899, Thorndike voltou a se interessar pela área de Psicologia Educacional, masdepois de um ano de emprego infeliz na Faculdade para Mulheres em Cleveland,Ohio, ele se tornou um professor em psicologia na Faculdade de Pedagogia daUniversidade de Columbia, onde permaneceu durante o resto de toda sua vidaprofissional, pesquisando e lecionando sobre aprendizagem humana.As investigações pioneiras de Edward L. Throndike nos campos da aprendizagemhumana estão entre as mais influentes na história de Psicologia. Em 1912, ele foireconhecido por suas pesquisas, sendo eleito como o presidente da AssociaçãoPsicológica americana. Em 1934, a Associação americana para o Avanço de Ciênciaelegeu-o como o único cientista social desta organização profissional. Thorndike seaposentou em 1939, mas trabalhou ativamente até 1949, quando faleceu.
(1) Associacionismo
 
Origem: filho do empirismo britânico, se desenvolveu a partir doprincípio da contigüidade, isto é, se duas coisas são vizinhas no tempo éprovável que se associem entre si.
 
Influências Antecedentes: Aristóteles (384/322 a.C.) – Leis doAssociacionismo: Contigüidade, Semelhança, Contraste.
 
Fundador: David Hartley (1749).
 
Promotores: Thomas Brown (1778/1820), primeiro a propor a químicamental, para ele tudo se recombina; James Mill (1773/1836), defensorda mecênica mental; John Stuart Mill (1806/1873), defensor daquímica mental, para ele as idéias complexas perdem sua identidadeoriginal; Alexander Bain (1818/1903), deu maior ênfase aos fenômenossensoriais; Hermann Ebbinghaus (1850/1909), estudou a memória; Ivan
 
Petrovich Pavlov (1849/1930), fisiologista (reflexo condicionado);Vladimir Bechterev (1857/1927), psiquiatra (condiconamento motor);Edward Lee Thorndike (1874/1949), aprendizado animal; Edwin Guthrie(1886/1959).
 
Definição: "Estudo das associações de idéias, palavras ou conexões deestímulo-reação".
 
Método: Buscavam as leis da associação e analisavam a vida psíquica.
 
Contribuições: Thorndike deixou valiosa contribuição em favor dapsicologia através de sua grande obra bibliográfica. Durante 50 anos,dedicou-se à pesquisa de laboratório sobre a aprendizagem animal;elaborou a primeira teoria da aprendizagem em termos associacionistas;efetuou exaustiva análise da aprendizagem humana; tornou-se líder emtestes mentais e práticas educacionais e deixou estudos que ajudaramno desenvolvimento no campo da lexicografia.
 
Data de Aparecimento: Surgiu em 1749 e atingiu o seu ápice nas duasprimeiras décadas deste século.
 
Críticas: o caráter elementar de suas posições; a ênfase dada àaprendizagem, como um processo de ensaio e erro; a suficiência dosatos de exercícios; a Lei do Efeito de Thorndike; o determinismomecanicista que, segundo os opositores do sistema, destrói os valoreshumanos.
2
Albert Bandura
Bandura é considerado teórico da aprendizagem social, pois se interessou pelaaprendizagem decorrente do contato entre duas pessoas. Para ele, psicólogobehaviorista contemporâneo, a pessoa aprende muito por imitação. Duranteinterações sociais, o indivíduo pode modificar seu comportamento, como resultadoda observação de como as outras pessoas do grupo reagem. Embora reconheça aimportância do condicionamento de Skinner, Bandura insisti em dizer que nemtoda aprendizagem ocorre como resultado do reforçamento direto de respostas. Aoposição de Bandura é decorrente das experiências feitas por ele, as quaisprovaram que para a ocorrência de uma ação não é necessário oferecer umarecompensa. Bandura faz várias criticas as pesquisas individualizadas e comanimais. Como é característico do ser humano a socialização, são raros os casos deisolamento social. Por isso, segundo ele, as pesquisas devem ser feitas com grupos.E não se deve utilizar animais nas experiências, uma vez que a aplicação será noshumanos e estes possuem sentimentos, são racionais, diferentemente dos animais.Seus princípios de aprendizagem social também podem ser aplicados namodificação de comportamentos agressivos. Estes são adquiridos através doexemplo, da experiência direta e da interação com fatores estruturais. Bandura

Activity (98)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Eryck Azevedo liked this
Veronica Gomes Correa added this note
o texto é muito bom, vem enriquecer nosso conhecimento,de maneira esclarecedoras sobre o associacionismo.
Samila Santos added this note
muito feia
O texto é muito bom e enriquece o conhecimento sobre o associacionismo
Jaqueline Teixeira added this note
muito escçarecedor e interessante o Associacionismo adorei. Luciane cristina 09/10/2012
Janete Locatelli added this note
o termo associacionismo é a aprendizagem que se dá por um processo de associação das ídeias - das mais simples às mais complexas. o texto nos esclarece muito bem sobre o assunto.
HFábyola Cardoso added this note
NOSSA QUE CASAL LINDO!
Creuzy liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->