Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
16Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Vocabulário para introdução às Ciências Sociais (continuação)

Vocabulário para introdução às Ciências Sociais (continuação)

Ratings: (0)|Views: 1,029|Likes:
Published by Professor Pablo

More info:

Published by: Professor Pablo on Aug 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/08/2013

pdf

text

original

 
Sociologia
Prof: Pablo Freitas
Vocabulário para introdução às Ciências Sociais (continuação)Antropologia Social (ou Cultural) -
Parte da ciência da Antropologia que estuda o conjunto denormas que visam aprofundar o conhecimento do homem pelo homem, através da análise de suastécnicas, linguagem e sistemas de produção e reprodução cultural. “Na Antropologia Social,lidamos com organizações onde o todo predomina sobre as partes. Com áreas situadas fora doalcance direto dos grandes “aceleradores de tempo” do nosso sistema. Com formas de vida socialfundadas nos fatos do nascimento, do crescimento (com suas crises) e da morte. (...) Nossasdiferenciações são diferenciações externas, de posições relativas a certos temas, problemas emateriais. (...) Disso decorre que s estudamos os chamados “índios” o porque eexclusivamente eles estão desaparecendo, ou só para denunciarmos as injustiças que sofrem, maspara realmente aprender com eles as lições que não sabemos e que, por causa disso, ficamimplícitas na nossa sociedade”. Para a Antropologia Social “o conhecimento do homem sobre simesmo é variado, moral e socialmente equivalente e, por tudo isso, infinito na sua profundidade esua grandeza. Pois o homem é tudo que se manifesta na sociedade e na sociabilidade. (...) Jásabemos que ele não é aquele ser vitoriano acabado, ponto final de uma escalada evolutiva, todaela feita de apreciações e conquistas tecnológicas”. (Da Matta.
Relativizando
)
Arqueologia
A Arqueologia é o estudo do homem no tempo, através de vestígios materiais, comomonumentos, restos de moradas, documentos, armas, obras de arte e realizações técnicas.Vestígios que o homem foi deixando no seu caminho enquanto civilizações davam lugar a outrasno curso da história. A Arqueologia constitui uma subdisciplina da Antropologia Geral e, maisespecificamente, da Antropologia Cultural (ou Social), já que seu objetivo é chegar ao estudo dassociedades do passado.“A Arqueologia nos remete ao mundo de um tempo em escala de milhares de anos, masonde os acontecimentos passam a ser decisivos não mais em escala da espécie humana comouma totalidade (como na Antropologia Biológica), mas como elementos que permitem diferenciar civilizações, sistemas produtivos e regimes políticos específicos. Ela nos coloca diante de umaespécie de arrancada posterior: depois de uma diferenciação ao nível universal (e portanto daespécie biológica), o homem realizou simultaneamente [em diferentes lugares do globo terrestre]as suas variadas diferenciações internas, inventando formas sociais diferentes. (...) A “consciência
 
arqueológica” é aquela que nos toca com temporalidades infinitas e com uma história fria, onde osespaços entre os acontecimentos são enormes. Mas aqui a noção de espaço começa a seinsinuar, já que o tempo por si só não é suficiente para localizar as diferenças. No ano 3000 antesde Cristo, tínhamos civilizações diferenciadas em algumas regiões da Terra: a minoana, a egípcia,a sumeriana, a indiana e a chinesa. (...) Sabemos que as escalas que nos remetem à Arqueologiae à Antropologia Biológica são escalas de tempo milenares, onde a biografia tem que ceder lugar àhistória das técnicas (...) Em outras palavras, numa escala de um milhão de anos, apenas vejomudanças no nível da estrutura anatômica e o surgimento de alguns instrumentos essenciais comoo fogo. Mas, no nível de milhares de anos, percebo o nascimento e o aperfeiçoamento de técnicasmais elaboradas, como a domesticação de animais, o uso técnico do fogo, com a metalurgia, asdiferentes técnicas de tecelagem e com elas algumas instituições sociais. De fato, na medida emque deixo o campo biológico e penetro no tempo arqueológico, começo a vislumbrar a sociedade ea cultura. Numa escala de mil anos, posso perceber nitidamente algumas instituições sociais e atémesmo certas biografias. Mas é visível a possibilidade de especular sobre uma “históriainstitucional”, sobretudo quando se deseja penetrar no campo das conquistas, guerras e etnias, oque remete à guerra e ao comércio: a uma história econômica e política das sociedades.Finalmente, na escala secular, estou no tempo da história propriamente dita, quando minhaconsciência deve desenvolver uma noção muito mais complexa e dialética das determinaçõesmúltiplas dos eventos sobre os homens e as sociedades. Mas esse tipo de consciência já pertencea Antropologia Social (ou Cultural)”
Etnologia
“Atualmente, o termo etnografia é amplamente usado nas obras antropológicas comorefencia aos estudos descritivos das sociedades humanas, geralmente (embora oforçosamente) as sociedades denominadas “primitivas” que estão num nível relativamente simplesde desenvolvimento político e econômico. Até mesmo os estudos descritivos devem implicar certageneralizão e, uma vez que a estrutura teórica empregada na antropologia social foigrandemente desenvolvida na primeira metade do século XX, muito do que se tem recentementeescrito no campo da etnografia (a maioria foi escrita por especialistas em antropologia social) é decunho teórico. O fato de que os antropólogos modernos são seus próprios etnógrafos faz com quea distinção entre etnografia e antropologia social fique confusa (para uma discussão a respeito dealgumas das implicações disso ver Evans Pritchard,
Social Antropology 
. 1951, cap. IV)”. (J. Beattie.
Dicionário de Ciências Sociais
. Fundação Getúlio Vargas, 1982)
Política

Activity (16)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Joao liked this
Júlia Eduardo liked this
Joana Maia liked this
d_552030802 liked this
Ivete Oliveira liked this
Pablicio Cunha liked this
Cleandson Santos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->