Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
CHICA PELEGA

CHICA PELEGA

Ratings: (0)|Views: 771 |Likes:
Published by ininha_idr
Da professora Ariane fpolis
Da professora Ariane fpolis

More info:

Published by: ininha_idr on Aug 19, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/06/2013

pdf

text

original

 
CHICA PELEGATRAGÉDIA ROMÂNTICAAulo Sanford de vasconcellos(Romance – 199 páginas)CONTEXTO HISTÓRICO -
GUERRA DO CONTESTADO
A
Guerra do Contestado
foi um conflito armado, entre a populaçãocaboclae os representantes do poder estadual e federalbrasileirotravado entre outubro de1912a agosto de1916, numa região rica emerva-mateemadeira   pretendida pelos Estados doParanáeSanta Catarina. A Guerra do Contestado teve origem em conflitos sociais, frutos de desmandos, em especial no tocante à regularização da posse de terras por parte dos caboclos. Representando, aomesmo tempo, a insatisfação da população com sua situação material, o conflito era permeado pelo fanatismoreligioso, expresso pelomessianismoe pela crença, por parte dos caboclos revoltados, de que se tratava de uma
. O primeiro monge que ganhou fama no Contestado foiJoão Maria, um homem de origemitaliana, que  peregrinou pregando e atendendo doentes de1844a1870.Fazia questão de viver uma vida extremamente humilde, e sua ética e forma de viver arrebanhou milhares de crentes, reforçando o messianismo coletivo. Sublinhe-se, porém,que não exerceu influência direta nos acontecimentos da Guerra do Contestado que ocorreria posteriormente. JoãoMaria morreu em 1870, emSorocaba,EstadodeSão Paulo.  O segundo monge também denominou – se João Maria, mas seu verdadeiro nome eraAtanás Marcaf,  provavelmente de origemsíria. Aparece publicamente com aRevolução Federalistade1893, mostrando uma postura firme e uma posição messiânica, sobre sua situação política, dizia ele "estou do lado dos que sofrem". Chegou,inclusive, a fazer previsões sobre os fatos políticos da sua época. Atuava na região entre os riosIguaçueUruguai. Após o desaparecimento do monge em 1908 os crentes acreditavam na volta dele através da ressurreição.A espera dos fiéis acaba em1912, quando apareceu publicamente a figura do terceiro monge. Este eraconhecido inicialmente como umcurandeirode ervas, tendo se apresentado com o nome deJosé Maria de Santo  Agostinho,ainda que, de acordo com um laudo dapolíciada Vila de Palmas, Estado do Paraná, ele fosse, na verdade, um soldado desertor condenado por estupro, de nomeMiguel Lucena de Boaventura. O monge ganha fama e credibilidade através de alguns episódios como: ter ressuscitado uma jovem(provavelmente apenas vítima decatalepsia patológica), ter curado a esposa do coronel Francisco de Almeida, vítimade uma doença incurável e rejeitado terras e uma grande quantidade deouroque o coronel, agradecido, queria lheoferecer.A partir daí, José Maria passa a ser considerado santo: um homem que veio a terra apenas para curar e tratar osdoentes e necessitados. Metódico e organizado, estava muito longe do perfil dos curandeiros vulgares. Sabia ler eescrever e anotava em seus cadernos as propriedades medicinais das plantas encontradas na região. Com oconsentimento do coronel Almeida, montou no rancho de um dos capatazes o que chamou de
 farmácia do povo
, ondefazia o depósito de ervas medicinais que utilizava no atendimento diário, até horas tardias da noite, a quem quer que ovisitasse.Os camponeses que tinham perdido o direito às terras que ocupavam e os trabalhadores que foram demitidos pela companhia da estrada de ferro decidiram, então, ouvir a voz do monge José Maria, sob o comando do qualorganizaram umacomunidade. Resultando infrutíferas quaisquer tentativas de retomada das terras, que até o início dasobras eram
oficialmente
consideradas
, cada vez mais se passou a contestar a legalidade dadesapropriação. Uniram-se ao grupo diversos fazendeiros que, por conta da concessão, estavam perdendo terras para ogrupo deFarquhar , bem como para os coronéis manda-chuvas da região.A união destas pessoas em torno de um ideal comum levou à sua organização, com funções distribuídas entresi, e ao fortalecimento do grupo. Omessianismoadquiria corpo. A vida era comunitária, com locais de culto e procissões.Tudo pertencia a todos. Ocomércioconvencional foi abolido, sendo apenas permitidas trocas. Segundo as  pregações do líder, o mundo não duraria mais 1000 anos e oparaísoestava próximo. Ninguém deveria ter medo demorrer porque ressuscitaria após o combate final. É de destacar a importância atribuída às mulheres nesta sociedade. Avirgindade era particularmente valorizada.O "santo monge" José Maria rebelou-se contra a recém formadarepública brasileirae decidiu dar status degoverno independenteà comunidade que comandava. Para ele, a República era a "lei do diabo". Nomeou "Imperador do Brasil" um fazendeiro analfabeto, nomeou a comunidade de "Quadro Santo" e criou uma guarda de honraconstituída por 24 cavaleiros que intitulou de "Doze Pares de França", numa alusão à cavalaria deCarlos MagnonaIdade Média. Os camponeses uniram-se a este, fundando alguns povoados, cada qual com seu santo. Cada povoadoseria como uma "Monarquia Celeste", com ordem própria, à semelhança do queAntônio Conselheirofizera emCanudos.O monge é, então, convidado para participar dafesta do Senhor do Bom Jesus,na localidade deTaquaruçu  (município deCuritibanos). Segue acompanhado de cerca de 300 fiéis. Terminada a festa, o monge se demorou nestalocalidade, atendendo a quem quer que viesse em seu encontro, receitando remédios e fazendo curas. Desconfiadocom o que acontecia em Taquaruçu, e com medo de perder o mando da situação local em Curitibanos, o coronelFrancisco de Albuquerque, rival do coronel Almeida, enviou um telegrama para a capital doEstado pedindo auxílio contra "rebeldes que proclamaram amonarquiaem Taquaruçu"'.
 
O governo brasileiro comandado pelo MarechalHermes da Fonseca,responsável pela "Política dasSalvações", caracterizada por intervenções político-militares que em diversos Estados do país pretendiam eliminar seus adversários políticos, sentiu indícios de insurreição neste movimento e decidiu reprimi-lo, enviandotropas para"acalmar" os ânimos.Intuindo o que estava por vir, José Maria parte imediatamente para a localidade deIranicom todos os seusseguidores. Irani, nesta época, pertencia aPalmas, cidade que estava na jurisdição doParaná. Como Paraná eSanta  Catarinatinham questões jurídicas não resolvidas por conta das divisas de seu território, o Paraná viu nessa grandemovimentação de pessoas uma
estratégia
de ocupação daquelas terras por parte do Estado vizinho de Santa Catarina.A guerra do Contestado inicia-se neste ponto: em defesa das terras paranaenses, várias tropas do Regimento deSegurança do Paraná são enviadas para o local, a fim de obrigar os invasores a voltar para Santa Catarina. Estamos emoutubro de 1912.Tem início um confronto sangrento entre tropas do governo e fiéis do Contestado no lugar chamado "BanhadoGrande". Ao término da luta, estão sem vida dezenas de pessoas, de ambos os lados. Morreram no confronto o capitãoJoão Gualberto,que comandava as tropas, e também o monge José Maria, mas os partidários do contestado tinhamconseguido a sua primeira vitória.José Maria é enterrado com tábuas pelos seus fiéis, a fim de facilitar a sua ressurreição, já que os caboclosacreditavam que este ressuscitaria acompanhado de um Exército Encantado, vulgarmente chamado de Exército de SãoSebastião, que os ajudaria a fortalecer a Monarquia Celeste e a derrubar a República, que cada vez mais se acreditavaser um instrumento do diabo, dominado pelas figuras dos coronéis.Em8 de fevereirode1914,numa ação conjunta deSanta Catarina,Paranáe governo federal, foi enviado a Taquaruçu um efetivo de 700 soldados, apoiados por peças deartilhariaemetralhadoras.Estes logram êxito na empreitada, incendeiam completamente o acampamento dosjagunços, mas sem muitas perdas humanas, já que oscaboclose fiéis da causa do Contestado se refugiaram emCaraguatá,local de difícil acesso e onde já viviam cerca de 2000 pessoas.Os fiéis que mudaram para Caraguatá eram chefiados por Maria Rosa,uma jovem com 15 anos de idade,considerada pelos historiadores como umaJoana D'Arcdo sertão, já que "combatia montada em um cavalo brancocom arreios forrados de veludo, vestida de branco, com flores nos cabelos e no fuzil". Após a morte de José Maria,Maria Rosa afirmava receber, espiritualmente, ordens do mesmo, o que a fez assumir a liderança espiritual e militar detodos os revoltosos, então cerca de 6000 homens.De março a maio outras expedições foram realizadas, porém todas sem sucesso. Em9 de Marçode1914, embaladas pela vitória de Taquaruçu, que tinham destruído completamente, as tropas cercam e atacam Caraguatá, masaí o desastre é total. Fogem em pânico perseguidos pelos revoltosos. Esta nova vitória enche os contestadores deânimo. O fato repercute em todo o interior, trazendo para o reduto ainda mais pessoas com interesses afins, mastambém repercute muito mal frente ao governo e aos órgãos legalmente constituídos.Como cada vez mais pessoas engajavam-se abertamente ao movimento, piquetes foram formados pelos fiéis para o arrebanhamento de animais da região a fim de suprir as necessidades alimentícias do núcleo de Caraguatá. Sãoentão fundados os redutos deBom Sossegoe São Sebastião. Só neste último se aglomeravam cerca de 2.000 pessoas.Além de colocar em práticatécnicas de guerrilhapara a defesa dos ataques do governo, os fanáticos passaramao contra-ataque. Em 1° de setembro, lançaram um documento que se intitulou "Manifesto Monarquista", deflagrando-se, a partir de então, o que chamavam de aGuerra santa,caracterizada por saques e invasões de propriedades decoronéis e por um discurso que exigia pobreza e cobrava exploração ao máximo da República.Invadiam as fazendas dos coronéis tomando para si tudo o que precisavam para suprir as necessidades doreduto. Além disso, amparados nas vitórias que tiveram, atacaram várias cidades, como foi o caso deCuritibanos, ondeos alvos eram invariavelmente oscartórios,locais onde se encontravam os registros das terras que antes a eles pertenciam. o bastando incendiar os cartórios, num outro ataque na localidade deCalmon,destruíramcompletamente a segunda serraria daLumber , uma das empresas que vieram de fora para explorar a madeira da faixade terra de 30 quilômetros (15 quilômetros de cada lado) às margens da ferrovia.Com a ordem social cada vez mais caótica na região, o governo central designa o generalCarlos Frederico de Mesquita,veterano deCanudos, para comandar uma ação contra os rebeldes. Inicialmente tenta, sem êxito, um acordo  para dispensar os revoltosos; a seguir ataca duramenteSanto Antônio,obrigando os rebeldes a fugir. O reduto deCaraguatá, que antes vira as tropas do governo fugirem perseguidas por revoltosos, tem agora de ser abandonada às pressas pelos mesmos revoltosos devido a uma grande epidemia detifo. Considerando, equivocadamente, dispersos osrevoltosos, o general Mesquita dá a luta por encerrada.Mas a calmaria terminaria logo. Os revoltosos rapidamente se reagrupam e se organizam na localidade deSanta Maria, interior do município deTimbó Grande, intensificando os ataques: tomam e incendeiam a estação deCalmon;dizimam a vila de São João (Matos Costa), atacamCuritibanose ameaçamPorto União da Vitória,cuja  população abandona a cidade em desespero.Os boatos chegam atéPonta Grossae dizem que os revoltosos e seu exército pretendem marchar até oRio de  Janeiro para depor o Presidente. Os rebeldes já dominam, nesta altura dos acontecimentos, cerca de 25000 km² daregião doContestado.O governo federal nomeia o general
para o comando das operaçõescontra os Contestadores. Em setembro de1914, chefiando cerca de 7000 homens e com ordens de sufocar a rebelião e
 
 pacificar a região a qualquer custo, chega aCuritibao general Setembrino de Carvalho. A primeira e mais imediata providência foi restabelecer as ligações ferroviárias e guarnecer as mesmas para evitar que fossem novamenteatacadas. Nas proximidades da ferrovia, o exército brasileiro construiu o Campo da Aviação de Rio Caçador, onde hoje éo município deCaçador . Como apoio de operações de guerra, pela primeira vez na história daAmérica Latinaforam usados doisaviões para fins de reconhecimento. Em um acidente durante as operações, morreu o CapitãoRicardo  Kirk .Setembrino
 
enviou ummanifestoaos revoltosos no qual garantia a devolução de terras para quem seentregasse pacificamente. Garantia também, por outro lado, um tratamento hostil e severo para quem resolvessecontinuar em luta contra o governo. Com o passar do tempo,
adotouuma nova postura de guerra, evitando o combate direto, que era o que os revoltosos esperavam e para o que estavam se preparando, optando, pelo contrário, por cercar o reduto dos fanáticos com tropas por todos os lados, evitando queentrassem ou saíssem da região onde estavam. Para isto, o general dividiu seu efetivo em quatro alas com nomes dosquatro pontos cardeais,
norte, sul, leste e oeste
e, gradativamente, foi avançando e destruindo qualquer resistência queencontrasse pelo caminho.Com esta nova estratégia, rapidamente começou a faltar comidanos acampamentos dos revoltosos. Isto tevecomo conseqüência imediata a rendição de dezenas de caboclos. Contudo, a maioria dos que se entregavam eramvelhos, mulheres e crianças - talvez uma contra-estratégia dos fiéis para que sobrasse mais comida aos combatentesque ficaram para trás e que ainda defenderiam a causa. Na guerra do Contestado, coma a se destacar – 
se a figura de Deodato Manuel Ramos, vulgo"Adeodato",
considerado pelos historiadores como o último líder dos Contestadores. Adeodato transfere o núcleo dosrevoltosos para o vale de Santa Maria, que contava ainda com cerca de 5000 homens. Só que aí, à medida que iafaltando o alimento, Adeodato passa a revelar-se cada vez mais autoritário, não aceitando a rendição. Aos que seentregavam, aplicava sem dó apena capital: a morte. Cerco fechado, sem pressa e deixando os revoltosos nervosos lutarem contra si mesmos, em8 de Fevereirode1915a ala Sul, comandada pelo tenente-coronel Estillac, chega a Santa Maria. De um lado as forças do governo, bemarmadas, bem alimentadas, de outro, rebeldes também armados, é verdade, mas famintos e sem ânimo para resistir muito tempo. A luta inicial é intensa e, à noite, o tenente-coronel ordena a retirada, afinal, já contabilizara só no seulado 30 mortos e 40 feridos. Novos ataques e recuos ocorreram nos dias seguintes.Em28 de Marçode1915,o capitãoTertuliano Potyguaraparte da vila deReinchardtcom 710 homens em direção a Santa Maria, perdendo só em emboscadas durante o trajeto, 24 homens. Depois de vários confrontos, numdelesMaria Rosa, a líder espiritual dos rebeldes, morre às margens dorio Caçador . Em3 de Abril,as tropas de Estillac e Potyguara avançam juntas e ordenadas para o assalto final a Santa Maria, onde restavam apenas alguns combatentes já quase mortos pela fome.Em5 de Abril, depois do grande assalto a Santa Maria, o general Estillac registra que "tudo foi destruído,subindo o número de habitações destruídas a 5000 (...) as mulheres que se bateram como homens foram mortas emcombate (...) o número de jagunços mortos eleva-se a 600. Os redutos deCaçador e de Santa Maria estão extintos. Não posso garantir que todos os bandidos que infestam o Contestado tenham desaparecido, mas a missão confiada aoexército está cumprida". Os rebeldes sobreviventes se dispersaram em muitas cidades.Em dezembro de1915o último dos redutos dos revoltosos foi devastado pelas tropas de Setembrino.Adeodato fugiu, vagando com tropas no seu encalço. Conseguiu, no entanto, escapar de seus perseguidores e, comoforagido, ficou ainda 8 meses escondendo-se pelas matas da região. Mas a fome e o cansaço, além de uma perseguiçãosem trégua, fizeram com que Adeodato se rendesse. Encerrava-se então, em agosto de1916, com a prisão deAdeodato, a Guerra do Contestado.Adeodato foi capturado e condenado a 30 anos de prisão. Entretanto, em1923,7 anos após ter sido preso,Adeodato é morto pelo próprio diretor da cadeia numa tentativa de fuga. Na data de12 de outubrode 1916, osgovernadoresFilipe Schmidt(de Santa Catarina) eAfonso Camargo(do Paraná) assinaram um acordo e o município de "Campos de Irani" passou a chamar-seConcórdia.
AUTOR: SANFORD DE VASCONCELLOS
VIDA:
Autor catarinense , advogado. O escritor Sanford de Vasconcellos já tinha abordado um dos conflitosmais importantes do Brasil, no livro O Dragão vermelho, vencedor do prêmio na 1ª Bienal do Livro do ConeSul, no ano passado de 2007, em Florianópolis.
"Os que não obedeciam os editais era mortos e tinham suas casas incendiadas", conta Sanford, juiz de direitoaposentado e autor de nove livros. Provavelmente nascida em Joaçaba, Chica Pelega ficou conhecida por liderar ogrupo que liquidou os agentes do Exército Nacional na localidade de Taquaruçu, em Curitibanos. "Ela não tinha medode morrer. Ela era o espírito dos injustiçados. Eu peguei a Chica Pelega de propósito, tanto pela sua história trágicacomo pela sua reação. Não estava na história dela ser guerreira. Ela foi embrutecida pelas circunstâncias. O livro éuma trajetória heróica", conta o autor.Para retratar a história trágica da personagem desconhecida, Aulo Sanford de Vasconcellos conectou a ficçãoàs informações já conhecidas da história, sejam retratadas em livros ou passadas de geração em
geração através

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
xuxu1281 liked this
alinetrento liked this
Bruna Libardi liked this
Lucas Devens liked this
Raphael Tiuba liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->