Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
76Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
9 - Gráficos de Controle

9 - Gráficos de Controle

Ratings: (0)|Views: 7,485 |Likes:
Published by danilocuti
Autores: Danilo, Débora, Magno, Mateus, Robert e Tays
Autores: Danilo, Débora, Magno, Mateus, Robert e Tays

More info:

Published by: danilocuti on Aug 20, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/11/2013

pdf

text

original

 
Curso de MINITAB – Universidade Federal de Ouro Preto 
Gráficos de Controle
 
Curso de MINITAB – Universidade Federal de Ouro Preto 
1 - Introdução
Os gráficos de controle podem ser por variáveis ou por atributos, de acordo com a suaclassificação das variáveis contínuas (ex.: comprimento de uma peça, temperatura de umasolução, ...) ou discretas, respectivamente.As cartas Xbar e R são as mais utilizadas nos gráficos por variáveis. Uma carta R avalia avariação entre subgrupos em uma ordem temporal. Uma carta Xbar nos ajuda a determinar se amédia do processo está sob controle estatístico quando os dados forem coletados em subgruposapropriados.Os gráficos P, NP, C e U são os mais utilizados nos gráficos por atributos.
2 - Objetivos
 1. Monitorar os dados temporais para uma característica particular de qualidade,como exemplo: a cor de um produto, o peso ou a temperatura;2. Detectar mudanças no processo ao longo do mesmo;3. Responder perguntas do tipo:
São os lotes de matéria-prima ou a variação de turno que causam avariação do processo?
São causa especiais do processo ou causas naturais (como a temperatura)que ocasionam a variação no processo?
A variação entre as diferentes remessas (lotes) de produção é maior que oesperado?
Gráfico de controle por Variáveis
Uma carta de controle é um gráfico seqüencial desenvolvido especialmente para ajudar aidentificar padrões anormais de variabilidade em um processo, possuindo além dos gráficos dosdados limites os quais denominamos limites de controle.
EXEMPLO 1
Proposta:
Verificar se o processo está sob controle estatístico, ou seja, somente causas comuns devariação influenciam processos.
Problema:
A fábrica Peças & Peças deseja realizar um controle de qualidade do processo defabricação de parafusos.
Dados coletados:
A cada meia hora são retiradas cinco peças da linha de produção, que são medidas emcerta dimensão e os valores registrados. Definimos, neste caso, que o tamanho dosubgrupo é igual a cinco sendo que 25 subgrupos foram obtidos.
 Ferramenta:
Xbar-R
Arquivo de dados:
parafusos.MPJ
 
Curso de MINITAB – Universidade Federal de Ouro Preto 
Variável Descrição
Parafuso Leitura da dimensão obtida de cada parafuso.TempoHora em que cada subgrupo de parafusos foiexaminado no processo.
Xbar-R
1. Abra parafusos .mpj2. Selecione Stat > Control Charts> Variables Charts for Subgroups > Xbar-R3. Complete a caixa de diálogo como mostra a figura:4. Clique em OK
INTERPRETANDO OS RESULTADOS
Dois gráficos foram obtidos: o gráfico Xbar-R, para as médias e, o gráfico R, para asamplitudes. É recomendado que o gráfico R (amplitude) seja analisado em primeiro lugar.

Activity (76)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Pedro Henrique liked this
lupusolitarium liked this
Vannucci Santos liked this
Cíntia Lopes liked this
Luiz Frota liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->