Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
24Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila Ramatis - 02 Deus

Apostila Ramatis - 02 Deus

Ratings: (0)|Views: 640 |Likes:
Published by patignipper

More info:

Published by: patignipper on Aug 21, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/18/2011

pdf

text

original

 
2. Deus _______________________________ _________________________ ___________________1
GETER – Grupo de Estudos e Trabalhos Espiritualistas Ramatís
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS OBRAS DE RAMATÍS
DEUS
 
1. DEUS
“... nós, do “lado de cá”, dispomos de uma visão mais ampla, que não se restringe a fixar apenas ascontingências do
 
 presente. Em alguns casos conseguimos ver os horizontes luminosos do
 
amanhã. E, por 
 
isso, em certas matérias que abordamos nas obras que transmitimos à Terra, algumas das nossas“divagações” já constituem esclarecimentos fundamentais para o
futuro
.” 
 
RAMATÍS
 
(“Elucidações do Além”)
1.1 A NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DE DEUS
Dado que o homem existe, também existe um Universo que lhe ampara a vida. Por pura necessidade delógica,
“todo efeito observado no Universo deriva-se de uma origem ou causa; não há efeito sem causa”.
 Se o homem existe como
efeito
de uma realidade endossada pela mente humana, há de existir, também,uma
Causa
primordial que plasmou o Universo, que é Deus ! Independentemente da suposição ou danatureza que se atribua à essa realidade divina, é evidente que Ele existe acima e além da concepçãoinfantil mitológica ou da própria pesquisa científica.O homem é uma entidade criada, conseqüentemente e sob a premissa lógica de que
o efeito tem causa
, ohomem é o
efeito criado
de uma
Causa Criante
:
Deus
!O apercebimento da existência de Deus é pura questão de sensibilidade psíquica, pois quando a criaturasente que existe como individualidade ou consciência definida no seio do Cosmo, ela também sente noâmago de si mesma a natureza divina e criadora do Pai!O homem não é um ser estático e produto de um acaso acidental, que após compô-lo e criá-lo, oabandonou como efeito de uma causa sem inteligência e discernimento progressista.
Todo efeito inteligente no seio do Cosmo só pode se originar de uma Causa também inteligente.
O homem atual é fruto de uma
incessante atividade de elaboração
, cuja linhagem inferior se apura e elevacada vez mais sobre a própria espécie animal, que lhe fornece a vestimenta carnal, revelando, como panode fundo,
um processo inteligente de evolução física
.O homem é o ser mais valioso e inteligente da Criação e rege a maior expressão no planeta Terra, operandoe contribuindo para a metamorfose de um mundo primário, em transformação, para maior perfeição, àsemelhança de Deus.Mas, vítima da própria cristalização personalista, o homem por vezes confunde o potencial criador doUniverso, que vibra em si próprio, com a faculdade e a capacidade humana de descobrir o que Deus jácriou, confundindo “transformação” com “criação”, o que o leva a atribuir sua existência ao Acaso, à guisade um deusinho que lhe satisfaz a vaidade.Basta ao homem analisar e pesquisar as leis justas e coerentes que regem o Universo para se aperceber daexistência de um Autor inteligente, sábio e amoroso, tradicionalmente aceito por “Deus”, governando oCosmo sob o controle de uma Suprema Inteligência.Só a existência de uma Mente Cósmica sábia e justa pode se responsabilizar por todos os fenômenos eacontecimentos que ocorrem no Universo, sob incessante e implacável aperfeiçoamento.
 .GETER -
 
Introdução ao estudo das obras de Ramatís
 
2. Deus _______________________________ _________________________ ___________________2
A existência de Deus é, portanto, uma
necessidade lógica
, dado que as estruturas estáveis, perfeitas ecomplexas, presentes no Universo, obedecendo a leis sensatas, lógicas e sábias, não podem ser explicadascomo fruto do acaso ou de um acidente imprevisível que pudesse produzir fenômenos e fatos inteligentes,como a Vida no Cosmo, demonstrando um plano de inteligência incomum e superior ao mais avançadoíndice de intelecto humano.O homem sem presunção acadêmica, ao estudar as leis que regem a natureza, o destino do seu orbe e desi mesmo, sente que Deus existe como causa das próprias leis atuantes, ainda, acima da capacidade e doentendimento humano.
 
Apesar do homem não poder comprovar corretamente a realidade de Deus, ele podeinferir quanto a Sua existência através das leis e dos fenômenos inteligentes da Natureza.
1.2 A IDÉIA DE DEUS
A idéia de Deus, como a certeza de sua existência, é inata no homem por que seu espírito é uma centelhade luz divina despertando e se desenvolvendo incessante e conscientemente no seio do Espírito Eterno doCriador:
GÊNESE
O homem foi feito à imagem de Deus.
JESUS
O reino de Deus está próprio no homem. O homem e Deussão um só.
SABEDORIA ORIENTAL
(Hermes)Deus é o macrocosmo e o homem é o microcosmo; o queestá em cima está embaixo.O homem em seus vários estágios evolutivos sempre buscou Deus:
ALGUNS ESTÁGIOS EVOLUTIVOS DA IDÉIA DA DIVINDADE SUPREMA
(conforme o progresso, entendimento e cultura humana)
POVO / RELIGIÃOENTIDADESUPREMACARACTERÍSTICAS
SilvícolasTupã Deus do Raio e do TrovãoAtlantes / Egípcios / AstecasSol Centro da Vida Divina do CriadoHebreusJeováDeus guerreiro e poderosoCatólicosDeusVive no u, distribui gras aos Seusdevotos e condena ao Inferno os pecadoresEspíritasDeusSuprema Inteligência do Universo / CausaPrimária de todas as coisasDeus não é apenas uma idéia ou fruto das necessidades psicológicas do homem; à medida que este maiscompreende a Vida, mais seu psiquismo se apercebe da Verdade Cósmica. A criatura tem uma visão deDeus tanto mais fantasiosa ou mais próxima da realidade quanto maior for sua experiência, sabedoria,sensibilidade e evolução, mas sem nunca atingir a solução que lhe ultrapassa a sua capacidade mental.O progresso técnico e científico do mundo, ao contrário de causar prejuízos e enfraquecer a crença ou idéiade Deus, substituíndo-a por uma realidade controlada pela própria ciência do mundo, ajuda o homem adistinguir e a separar o real da fantasia improdutiva, em conseqüência do seu melhor ajuste a uma vivênciacada vez mais autêntica, com melhor percepção da realidade exata da Criação.
 .GETER -
 
Introdução ao estudo das obras de Ramatís
 
2. Deus _______________________________ _________________________ ___________________3
 
A Verdade definitiva e imutável é expressa pelas próprias leis e princípiosirrevogáveis do Cosmo !
“Buscai a Verdade e ela vos libertará !” 
À medida que o homem se espiritualiza, pelo amadurecimento e amplitude de sua consciência, ele tambémmelhora a sua concepção sobre Deus e abrange maior área da manifestação Divina. Não importam osdiversos aspectos da imagem ou idéia de Deus elaborados pela humanidade ignorante da Realidade Divina,quando os homens podem sentí-lo ou mesmo identificá-lo através das leis justas e sábias que regem aCriação, pois que imanadas de um único Criador.O terceiro milênio há de apresentar à humanidade terrena uma nova expressão da idéia de Deus esposadaaté o presente, por cujo motivo, mesmo os mais avançados espiritualistas hão de sofrer o choque damudança para o sentido mais real, e no entanto, sumamente revolucionário perante toda a tradiçãoconhecida, obrigando a renovações mentais que trarão severo deslocamento psicológico e filosófico naconcepção de Deus.O católico que só admite Deus como sendo um velhinho de barbas níveas, envolvido pelas nuvensimaculadas do céu, sentirá seu coração sangrar, se tiver que substituí-lo pela idéia esotérica e sem forma daForça, Luz, Amor e Sabedoria! A fase de transição para o terceiro milênio, conhecida por “fim de tempos”,também é portadora de renovações mentais que obrigarão a severa deslocação psicológica e filosófica naconcepção de Deus.
3. CONHECIMENTO DA REALIDADE DE DEUS
A criatura humana jamais conseguirá definir ou identificar racionalmente a Realidade Absoluta do Criador,embora ela seja também uma partícula divina, pois, tal como a parte não pode definir o Todo,
o criado nãotem como definir o Criador 
.Assim como um neurônio do cérebro humano não está em condições de avaliar o equipo “psicofísico” doseu dono, a criatura, que é tão somente uma partícula microcósmica do Universo, também não estácapacitada para julgar e explicar o Cosmo em todos os seus aspectos. Caso o homem pudesse fazê-lo, eleentão seria outro Deus para ser descoberto, descrito e identificado, pois só outro Deus, além ou semelhanteao que se pretende conhecer, é que poderia lograr tal intento.
Deus, fonte original e incriada da Vida, pré-existe antes de qualquer coisa ou ser; em conseqüência,não pode o homem explicar o que já existe muito antes e independente de sua própria existência!
Deus é a própria Eternidade, e seria demasiada vaidade e estultícia o homem pretender conhecê-Lo em tãocurto lapso da vida humana. Deus é incessante e inesgotável alegria que mais interpenetra na intimidadeda criatura quanto mais o homem avança em sua realização cósmica.Deus é o Espírito-Uno que sustenta cada forma e energia transcendental do Universo e existe no vazio doincriado, além de quaisquer fenômenos concebidos pelas criaturas em realização do autoconhecimento.Considerando-se Deus simbolizado por raios que partem geometricamente de um ponto central e seperdem no infinito, a consciência do homem pode ser comparada à figura de uma esfera limitada sobre ocentro desses raios.À medida que o homem, após situar-se no seio da matéria, vai aumentando seu grau de conscientização,realizando em si mesmo seu desenvolvimento espiritual,
vai ampliando, sua compreensão de Deus
namesma medida da amplitude da limitação humana. Embora essa consciência se amplie e se desenvolvaincessantemente em todos os sentidos, ela jamais alcançará os raios infinitos.Dessa forma, à medida que o ser amplia essa consciência no contato incessante e educativo com as formasdos mundos planetários, ele também abrange maior porção divina e mais se apercebe de Deus.
 .GETER -
 
Introdução ao estudo das obras de Ramatís

Activity (24)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
mauromartinazo liked this
Getulio Machado liked this
buscandoaverdade liked this
Fernando Olmedo liked this
cqj7117 liked this
jnmngraca liked this
jnmngraca liked this
josemaio liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->