Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
55Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Introdução à Teologia

Introdução à Teologia

Ratings: (0)|Views: 16,540|Likes:
Published by Joaristides
Introdução à Teologia: José Aristides da Silva Gamito, Conceição de Ipanema, 2009.
Introdução à Teologia: José Aristides da Silva Gamito, Conceição de Ipanema, 2009.

More info:

Published by: Joaristides on Aug 23, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/15/2013

pdf

text

original

 
1
 INTRODUÇÃO À TEOLOGIA
Curso de Teologia Popular: Conceição de Ipanema, 2009
Conceito de teologia
A palavra teologia
1
vem da língua grega e significa “estudo sobre Deus”. Otermo foi criado pelo filósofo Platão (428-347 antes da Era comum). Agostinho (354-430 da Era comum) deu-lhe um sentido cristão. Atualmente,
é entendida como areflexão sistemática dos fundamentos da revelação.
Portanto, o seu objeto de estudonão é Deus em si. Porque se considerarmos a infinitude divina tal tarefa éimpossibilitada pela finitude da inteligência humana (HARBIN, 2001). Karl Barthafirma que só é possível falar de Deus de forma comparativa, a partir da experiência dohomem. Às vezes, a teologia é chamada de ciência. Esta classificação só pode ser feitaconsiderando-a apenas como uma forma de investigação racional da fé. A sua matériade estudo não é empírica.A disciplina estuda a realidade sobre Deus e sua relação com o homem. Arevelação é o ponto de partida e de delimitação da reflexão teológica. A revelaçãopossui seu lado divino porque é Deus quem se revela, e um lado humano, pois é ohomem que acolhe a verdade revelada. E na história, os homens da cada época refletemsobre o sentido do que foi revelado limitado pela sua compreensão. Portanto, existe umasó revelação, mas existem muitas teologias, pois os homens são diversos e diversas sãoas culturas.
Objetivo
O objetivo principal do estudo da teologia é o amadurecimento da fé, econsequentemente, o crescimento espiritual daquele que crê. No mundo contemporâneorecheado de avanços de toda natureza é necessário que as pessoas tenham consciênciadas suas escolhas, dentre elas está a religião. Esta deve ser a primeira a ser bemfundamentada e esclarecida. O apóstolo Pedro admoesta dizendo que é preciso que ocristão esteja pronto “a dar as razões da sua esperança a todo aquele que a pedir” (1Pd3,15). O cristianismo se encontra dividido hoje por herança de uma época deficiente deconhecimento bíblico e de esclarecimento do que significava essa religião.
Tipos
A teologia baseia sua reflexão na liberdade de pensamento e na experiência decada lugar e cada época. Devido a essa flexibilidade existem vários tipos de teologia, àsvezes, chamados de escolas. Dois modos de se fazer teologia são destacados: a teologiaclássica – que se restringe a assuntos estritamente religiosos e confessionais; e ateologia dinâmica – que se abre à reflexão sobre diversos aspectos da religião, de modocrítico e ecumênico. No Brasil, destacam-se a teologia pentecostal que se prende ao
1
Na língua grega, theós “Deus”, logos “discurso, razão, palavra”.
 
2
modelo clássico e a teologia da libertação que une de modo crítico fé e vida, cujoprincipal teólogo
2
é Leonardo Boff.
Método
Quando se fala de método, estamos dizendo da técnica ou do modo de estudarteologia para que haja garantia de uma reflexão de qualidade que seja classificada comoteológica. A teologia é uma disciplina baseada no raciocínio, análise e discussão a partirdos problemas da fé, tendo como base o texto bíblico
3
e a tradição eclesial
4
. Há aliberdade para se refletir sobre todo assunto, mas o princípio delimitador é a revelação.A verdade em teologia é o que é consoante ou harmônico com a revelação.
Divisões
A teologia possui muitos séculos de história, e como resultado do esforço dosteólogos de organizar todo o conhecimento sobre a doutrina cristã chegou a até nós umesquema de divisões da teologia por áreas. Cada área estuda um aspecto da revelação.A teologia se divide em dois ramos: especulativo e prático.O grupo especulativo está subdividido em: Teologia bíblica; Teologia dogmáticae Teologia moral. A teologia bíblica inclui a história, a técnica e a interpretação daBíblia. A dogmática sistematiza e explica as principais doutrinas cristãs. A moral estudaos valores e o comportamento cristão tanto pessoal quanto coletivo.O conjunto prático se subdivide em: Teologia espiritual, Liturgia, Teologiapastoral e Direito pastoral. A teologia espiritual estuda o processo de santidade do serhumano, a sua vida religiosa. A Liturgia estuda os ritos e seus significados. A teologiapastoral estuda a ação evangelizadora. O Direito pastoral estuda o regimento e asnormas da Igreja enquanto instituição.
Subdivisões
De modo harmônico e organizado, cada divisão da teologia possui outros ramosinternos chamados de tratados. Dentro da área especulativa, temos: A teologia bíblica écomposta de hermenêutica, exegese e teologia. A sistemática possui antropologia,teontologia, cristologia, pneumatologia, mariologia, cosmologia, protologia,soteriologia, eclesiologia, sacramentologia, escatologia, patrologia e história da Igreja.E dentro do âmbito prático, temos: A liturgia se divide em fundamental ehistórica. A pastoral se constitui de teorias e técnicas da evangelização. A espiritualprocura compreender o caminho da santidade (mística) e a prática para crescer nele(ascética). O Direito pastoral é estudo das normas que organizam a Igreja, contidas noDireito canônico.
As origens da teologia
2
Dá-se o nome de teólogo ao profissional que se dedica ao estudo dessa ciência.
3
O material recomendado para essa primeira fonte é uma boa tradução da Bíblica auxiliada por bonscomentários bíblicos.
4
A tradição eclesial é conjunto de tudo aquilo que a Igreja ensinou e viveu desde a antiguidade. Para seconhecer a tradição é bom ter em mãos: Catecismo da Igreja Católica e Compêndio do Vaticano II.
 
3
As origens da teologia estão na necessidade que os cristãos tinham de defender afé diante da sociedade do Império Romano durante o período das perseguições (de 64 a313 da Era comum). Quando as gerações foram se passando e o Evangelho corria orisco de ser mal interpretado, alguns apóstolos escreveram os livros do NovoTestamento para registrar a memória de Jesus. A partir do ano 95, surgiram os primeirosescritos que interpretavam pontos desses escritos ou da fé cristã. Mas somente a partirde 150, aparecem os chamados apologistas
5
. Estes eram filósofos e estudiosos que seconvertiam ao cristianismo e não se contentavam com as explicações do senso comum.Eles começaram uma literatura de defesa do cristianismo. O mais antigo que se conheceé Quadrato (HERRERA, pp.4-5).Depois da liberdade aos cristãos concedida pelo imperador Constantino, a Igrejacomeçou a sistematizar a sua doutrina através dos concílios, e mais escritores foramdebatendo esses temas. Então, no século VIII, João Damasceno escreveu a obra“Exposição da Fé ortodoxa”, iniciando-se a reflexão teológica. Assim, fez PedroLombardo no século XII, escrevendo “Sentenças”. Mas quem lançou o primeiro textoorganizado foi Tomás de Aquino, com a Suma Teológica. No século XIX, a teologia,através dos estudiosos alemães adotou o método científico, tornando-se crítica. Depoisdo Concílio Vaticano II, o esclarecimento da fé passou a ser interesse de todos, nãosomente de padres e pastores. Hoje muitos leigos são teólogos.
Problemas teológicos
Sempre quando resolvemos estudar um assunto, estamos em busca de algumasrespostas. A teologia possui suas principais perguntas nas quais se inserem os ramos dateologia. Temos as perguntas: Quem somos? De onde viemos? Qual o sentido da vida?Para onde vamos? No caso da teologia, essas respostas são iluminadas pela fé. Esses sãoos problemas primários. Os secundários provêm da investigação sobre a segurança queo cristianismo nos dá ao responder essas questões.
QUESTÕES EXISTENCIAIS QUESTÕES TEOLÓGICAS
01 Quem somos? Somos filhos de Deus em Cristo02 De onde viemos? Deus é o princípio de tudo03 Qual o sentido da vida? A vida sincera no Espírito04 Para onde vamos? Esperamos pela comunhão eterna com DeusA proposta cristã é umas das respostas em meio a tantas outras. É precisoconhecê-la para poder dialogar sabiamente com as outras.
QUESTÕES EXISTENCIAIS QUESTÕES CIENTÍFICAS
Quem somos? Organismo complexo, racional,
homo sapiens
 De onde viemos? Dos elementos da natureza/Big BangQual o sentido da vida? O sentido é construído individual/coletivamentePara onde vamos? Retorno indistinto à natureza
5
Apologista ou apologeta significa “defensor”, nesse caso, defensor da fé cristã.

Activity (55)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Camom T. Tomé liked this
mitsuomo liked this
Edson Santos Trindade added this note
muito legal
Elizete Silva added this note
muito bom
ajaolio liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->