Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Estudando a Organizacao

Estudando a Organizacao

Ratings: (0)|Views: 2,352|Likes:
Published by SILVIA_RS

More info:

Published by: SILVIA_RS on Aug 24, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/07/2012

pdf

text

original

 
Tem
a: OrganizaçãoObjectivo de estudo
Pretende-se que ao fim desta unidade temática o estudante seja capaz de:
-
Discutir os conceitos de organização.
-
Compreender as razões que motivaram o surgimento das organizações.
-
Distinguir as tipologias de organizações.
-
Conhecer a estrutura de uma organização
-
Ser capaz de compreender os desafios organizacionais
Conceituação
Organização no sentido lacto
:
acto ou efeito de organizar. É a maneira como as partesque compõem um corpo, ser vivo, instituição se acham dispostos para executar certasfunções. A palavra organização encerra em si várias vertentes. Contudo abordaremosapenas dois sentidos desta palavra:
Organização como uma das principais funções da gestão
, ou seja a forma como ogestor inter-relaciona as pessoas e os outros recurso da instituição com vista àobtenção de um determinado objectivo.
Organização como uma unidade social,
organismo conscientemente coordenada,composta por duas ou mais pessoas, que funciona de maneira relativamente contínua,com o intuito de atingir um objectivo comum. Caracteriza-se por papeis formais quedefinem e modelam o comportamento de seus membros (Robbins, 2004:3)As
organizações
são uma forma de instituição predominante em nossa sociedade,altamente especializada e interdependente. Elas permeiam todos os aspectos da vidamoderna e envolvem atenção, tempo e energia de numerosas pessoas. Possuem umaestrutura interna e interagem com outras organizações.
1
 
São concebidas como
unidades sociais
(ou agrupamentos humanos) intencionalmenteconstruídas e reconstruídas, a fim de atingir 
objectivos específicos
. para que este sejaalcançado com mais eficiência. Pode-se citar como exemplo de organização, ascorporações, os exércitos, as escolas, os hospitais, as igrejas e as prisões.Segundo
Maximiano(1992)
"uma organização é uma combinão de esfoosindividuais que tem por finalidade realizar propósitos colectivos. Por meio de umaorganização torna-se possível perseguir e alcançar objectivos que seriam inatingíveispara uma pessoa.
Fox (1980)
define uma organização como um padrão descrevendo como os seusmembros estão em relação e interagem para atingir um fim comum.Schermerhon,Jr et all (1999) define organização como um conjunto de pessoas quetrabalham juntas numa divisão de trabalho para atingir um objectivo comum. Essadefinição abrange uma ampla variedade de clubes, organizações voluntárias einstituições religiosas, órgãos governamentais, entre outros.Uma organização é formada pela soma de pessoas, máquinas e outros equipamentos,recursos financeiros e outros. A organização então é o resultado da combinação detodos estes elementos orientados a um objectivo comum.
Como surgem as organizações
O homem é um ser fundamentalmente social. Na sua vivência ele enfrenta dificuldadesque não as consegue ultrapassar só. De modo a transpor as barreiras que vãosurgindo e atingir seus objectivos, ele é obrigado a cooperar com os outros homens,formando assim estas unidades sociais que são as organizações.
 
São geralmenteapontadasA vida dos seres humanos envolve uma série de interacções entre pessoas e destascom organizações. O homem é um ser altamente social e interactivo e, por isso, nãovive isolado, mas sim, em permanente integração com seus semelhantes. Devido as
2
 
suas limitações individuais, as pessoas se vêem obrigadas a cooperarem uns com osoutros, alicerçando e construindo organizações cujo intuito é atingir determinadosobjectivos que a acção individual isolada não permitiria que fossem atingidos.Nesse sentido, Chiavenato (1997: 23), afirma que a organização “é um sistema deactividades coincidentemente coordenadas de duas ou mais pessoas”, sendo que setorna fundamental a exisncia de cooperão entre elas para que exista aorganização. Por esse motivo, somente se constituirá uma organização quando houver indivíduos com capacidade de se comunicar e que estejam dispostos a contribuir comacção conjunta visando, com isso, atingir um objectivo comum.Ainda Chiavenato (1997: 43) reforça afirmando que indivíduos e organizações estãoem constante interaão e tomam, continuamente, decies adaptativas parapermanecerem em equilíbrio dinâmico com seu meio ambiente. Entende-se que aspessoas e as organizações encontram-se engajadas em uma complexa interacção. Osindivíduos passam grande parte de seu tempo dentro de organizações e destasdependem para sobreviver; já as organizações são formadas por esses indivíduos, semos quais seria impossível existirem.
Razões para surgimento das organizações:
a)
Razões sociais
 Uma vez que os seres humanos são seres gregários, estes organizam-se pelanecessidade de relacionamento com as outras pessoas.
b)Raes Materiais
A
umentar as habilidades
o trabalho em conjunto conduz a eficiência e a ampliação dehabilidades
Compreensão do tempo
com a eficiência e ampliação das habilidades o tempo naexecução de determinadas tarefas é reduzido
 Acumulação de conhecimentos
verifica-se acumulação de conhecimento e experiênciaque posteriormente é transmitido as gerações mais novas.
3

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
António Duarte liked this
ABAmado liked this
Binhas liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->