Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
21Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
TIC na formação de Professores de Biologia

TIC na formação de Professores de Biologia

Ratings: (0)|Views: 2,743 |Likes:
Published by vilmalins
Este trabalho refere-se a uma experiencia pedagógica na formação de professores de Biologia. Através de parceria com o Núcleo de Tecnologia Educacional e Dourados academicos da Universidade foram incentivados a fazer um curso para saber como utilizar as tecnologias na educação e áplicar os conhecimentos em sala de aula atraves de um projeto pedagogico utilizando as salas de tecnologia das escolas.
Este trabalho refere-se a uma experiencia pedagógica na formação de professores de Biologia. Através de parceria com o Núcleo de Tecnologia Educacional e Dourados academicos da Universidade foram incentivados a fazer um curso para saber como utilizar as tecnologias na educação e áplicar os conhecimentos em sala de aula atraves de um projeto pedagogico utilizando as salas de tecnologia das escolas.

More info:

Published by: vilmalins on Aug 26, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/09/2013

pdf

text

original

 
As Tecnologias de Informãoe Comunicação na Formaçãode Professores no Ensino de Ciências
 Lucimeire Aparecida Garcia
*
Vilma da Silva Lins
**
Resumo
: Considerando a formão continuada dos profissionaisem educação para o uso das tecnologias de informação e comuni-cação no processo de aperfeiçoamento de práticas pedagógicas, oreferido trabalho objetivou, a partir de capacitação oferecida peloNTE – Núcleo de Tecnologia Educacional de Dourados-MS –,reflexões e práticas significativas durante a realização do estágiosupervisionado de acadêmicos do curso de Ciências Biológicasda UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados. A meto-dologia de desenvolvimento de projetos educativos foi aplicada emescolas da rede pública de ensino, havendo como técnica, a cons-trução de mapas conceituais com base na teoria ausebeliana. Osprojetos foram desenvolvidos com a interação dos recursos tecno-lógicos às atividades em sala de aula, apresentando experiênciaspositivas para o ensino aprendizagem.
Palavras-chave:
 
Estágio supervisionado, TIC, Mapa conceitual,Projetos pedagógicos.
*
Professora Especialista do Núcleo de Tecnologia Educacional de Dourados/Secre-taria Estadual de Educação de MS/PROINFO - Programa Nacional de Informáticana Educação. E-mail: lucimeireg@hotmail.com
**
Professora MSc Substituta da Universidade Federal da Grande Dourados, no períodode 2004 a 2006. Professora do Núcleo de Tecnologia Educacional de Dourados/MS.E-mail: vilins_biol@yahoo.com.br
 
Cadernos do Aplicação, Porto Alegre, v. 21, n. 2, jan./jun. 2008
250Abstract:
Considering the continued formation of the professionalsin education for the use of the information technologies andcommunication in the practical process of perfectioning of pedago-gical,
 
the related work objectified from qualification offered forthe NTE - Núcleo de Tecnologia Educacional de Dourados –, signi-ficant practical reflections and during the accomplishment of thesupervised period of training of academics of the course of Biolo-gical Sciences of the UFGD - Universidade Federal da GrandeDourados. The methodology of development of educative projectswas applied in schools of the public net of education, having astechnique, the construction of conceptual maps on the basis of theausebeliana theory. The projects had been developed with the inte-raction of the technological resources to the activities in classroom,presenting positive experiences for education learning
.
Keywords:
Supervised period of training, TIC, Conceptual map,Pedagogical projects.
Introdução
A introdução de novas tecnologias na escola deve ser coe-rente com um novo modo de agir do professor, favorecendo acriação de um ambiente criativo em que a sua ação mediadorapossa ser eficientemente exercida. Ao discutir as dificuldades daformão do professor no contexto do uso das tecnologias, apontapara a necessidade de redefinição do papel do professor, para queesse também desenvolva uma visão social da sua função comoprofessor (RIPPER,1996).A inserção das Tecnologias da Informação e Comunicação(TICs) nas escolas públicas já se tornou um processo irrever-sível. O PROINFO – Programa Nacional de Informática na Edu-cação – lançado em 1997 pela Secretária de Educação a Distân-cia – SEED/MEC – teve como objetivos: melhorar a qualidadedo processo de ensino-aprendizagem; possibilitar a criação de uma
 
 As Tecnologias de Informação e Comunicação...
251
nova ecologia cognitiva nos ambientes escolares mediante incor-poração adequada das novas tecnologias da informação pelas esco-las; propiciar uma educação voltada para o desenvolvimento cien-tífico e tecnológico e educar para uma cidadania global numa socie-dade tecnologicamente desenvolvida (BRASIL, 1997). Atual-mente, o Programa Nacional de Formão Continuada em Tecno-logia Educacional (PROINFO INTEGRADO), instituído peloDecreto nº 6.300, de 12 de dezembro de 2007, postula a inte-gração e articulação de três componentes: a instalão de ambien-tes tecnológicos nas escolas, a formação continuada dos profes-sores e outros agentes educacionais para o uso pedagógico dasTecnologias de Informação e Comunicação e a disponibilizaçãode conteúdos e recursos educacionais multimídia e digitais, solu-ções e sistemas de informação, disponibilizados pela SEED/MEC.Diante das novas Tecnologias de Informação e Comuni-cação, verifica-se a obtenção e utilização de informações, por meiodo computador, e a sensibilização dos aprendizes para a presençade novos recursos tecnológicos no cotidiano. Segundo Almeida(1997), Valente (1993) e Brasil (1998), tais TICs preparam estu-dantes para o mundo tecnológico e científico, buscando a integraçãodos mesmos ao trabalho e ao desenvolvimento individual e inter-pessoal, aproximando assim a escola do mundo real e contextua-lizado.As inovações e mudanças educacionais, segundo Moran(2000), dependem de educadores maduros, intelectual e emocio-nalmente, pessoas curiosas, entusiasmadas, abertas, que saibammotivar e dialogar, educadores que facilitem todo o processo, deorganizar a aprendizagem. O mesmo autor também destaca queas tecnologias de informática podem trazer, hoje, dados, imagens,resumos de forma rápida e atraente e que, diante disso, o papelprincipal do professor é ajudar o aluno a interpretar esses dados,relacioná-los e contextualizá-los a situações reais.Os novos esquemas cognitivos, com o desenvolvimentoda cibercultura, entre outros fatores, vêm possibilitando, na áreada educação, novas compreensões sobre o processo de ensinar eaprender, calcadas em recursos que conectam e criam relações

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->