Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
15Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Guerra Colonial Em Angola (1961)

Guerra Colonial Em Angola (1961)

Ratings: (0)|Views: 3,237 |Likes:
Texto do pequeno filme exibido na RTP, acerca do facto mais relevante de 1961, integrado na série "50 anos, 50 notícias".
Texto do pequeno filme exibido na RTP, acerca do facto mais relevante de 1961, integrado na série "50 anos, 50 notícias".

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/02/2014

pdf

text

original

 
Guerra Colonialem Angola(1961)
1
 
INFORMAÇÃO IMPORTANTE
O texto que se segue é uma reprodução escrita,com pequenas adaptações e esclarecimentos, doprograma exibido pela Rádio e Televisão dePortugal, 1961 Guerra Colonial em Angola”,integrado na série “50 Anos 50 Notícias”, de 2007.Como tal, cumpre-me esclarecer que toda ainformação constante deste documento foiapresentada pela citada estão de televisãoportuguesa, aquando da exibição do documentárioreferido.Resta-me recordar, em último lugar, que no anode 2007 a Rádio e Televisão de Portugal celebrou oseu quinquagésimo aniversário.
2
 
GUERRA COLONIAL EM ANGOLA(1961)
1961, foi um ano histórico para os repórteres daRTP. Arriscaram a vida para cobrir a Guerra Colonial,mas a censura poucas imagens deixou passar. Logo,em Janeiro, uma equipa de reportagem seguiu parao Recife (Brasil) para cobrir o ataque ao (navio)Santa Maria. Henrique Galvão embarcou,clandestino, nas Antilhas (Holandesas) e assaltou obarco, desaparecendo com ele no (Oceano)Atlântico.(Hélder Mendes, realizador RTP) “E vai daí, umbelo dia estava eu sozinho na Base Aérea edisseram: “Vai sair um avião, quem quiser sair noavião que vá.”. E então, nós não sabíamos muitobem para onde íamos, mas enfiámo-nos todos noavião. E depois andámos ali duas a três horas no ar,no meio das nuvens, sem saber o que se passava.Eu olhei lá para baixo e vi o Santa Maria,calmamente parado, em baixo, no Oceano. Eapontei a câmara e filmei.”Quando o Santa Maria foi descoberto, a armadaamericana obrigou Galvão a dirigir-se para o Recife.Galvão pediu asilo político ao Brasil e o Santa Mariaregressou a Portugal. Salazar misturou-se, pelaprimeira vez, na multidão para receber o barco emLisboa. Henrique Galvão falhou, assim, o intento de
3

Activity (15)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Ana Silva liked this
pedro liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->