Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
11Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Marcos 9.14-29 - exegese - Jarbas Hoffimann

Marcos 9.14-29 - exegese - Jarbas Hoffimann

Ratings: (0)|Views: 1,493 |Likes:
Published by Jarbas
Exegese do Evangelho de Marcos, capítulo 9, versículos 14 a 29 - estudo bíblico aprofundado.
Exegese do Evangelho de Marcos, capítulo 9, versículos 14 a 29 - estudo bíblico aprofundado.

More info:

Published by: Jarbas on Sep 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/11/2014

pdf

text

original

 
 
 pastorjarbas@gmail.com 
 
1
Marcos 9.14-29
Jarbas Hoffimann, 09/09/2009
1. Traduções (na ordem em grego, RC e NTLH)
14
Kai.evlqo,ntej pro.j tou.j maqhta.j ei=don o;clon polu.n peri.auvtou.j kai.grammatei/j suzhtou/ntaj pro.j auvtou,
14
Quando eles se aproximaram dos discípulos, viram numerosa multidão ao redor e que os escribas discutiam comeles.
14
Quando eles chegaram perto dos outros discípulos, viram uma grande multidão em volta deles e alguns mestres daLei discutindo com eles.
15
kai.euvqu.j pa/j o`o;cloj ivdo,ntej auvto.n evxeqambh,qhsan kai.prostre,contej hvspa,zonto auvto,nÅ
 
15
E logo toda a multidão, ao ver Jesus, tomada de surpresa, correu para ele e o saudava.
15
Quando o povo viu Jesus, todos ficaram admirados e correram logo para o cumprimentarem.
16
kai.evphrw,thsen auvtou,j\ ti,suzhtei/te pro.j auvtou,
16
Então, ele interpelou os escribas: Que é que discutíeis com eles?
16
Jesus perguntou aos discípulos: – O que é que vocês estão discutindo com eles?
17
kai.avpekri,qh auvtw/ |ei-j evk tou/o;clou\ dida,skale( h;negka to.n ui`o,n mou pro.j se,( e;conta pneu/ma  a;lalon\
 
17
E um, dentre a multidão, respondeu: Mestre, trouxe-te o meu filho, possesso de um espírito mudo;
17
Um homem que estava na multidão respondeu: – Mestre, eu trouxe o meu filho para o senhor, porque ele estádominado por um espírito mau e não pode falar.
18
kai.o[pou ev a.n auvto.n katala,bh|r`h,ssei auvto,n( kai. av fri,zei kai.tri,zei tou.j ovdo,ntaj kai.  xhrai,netai\ kai.ei=pa toi/j maqhtai/j sou i[na auvto. evkba,lwsin( kai.ouvk i;scusanÅ
 
18
e este, onde quer que o apanha, lança-o por terra, e ele espuma, rilha os dentes e vai definhando. Roguei a teusdiscípulos que o expelissem, e eles não puderam.
18
Sempre que o espírito ataca o meu filho, joga-o no chão, e ele começa a espumar e a ranger os dentes; e ele estáficando cada vez mais fraco. Já pedi aos discípulos do senhor que expulsassem o espírito, mas eles não conseguiram.
19
o`de.avpokriqei.j auvtoi/j le,gei\ w=genea.a;pistoj( e[wj po,te pro.j u`ma/j e;somaiÈ e[wj po,te  avne,xomai u`mw/nÈ fe,rete auvto.n pro,j meÅ
 
19
Então, Jesus lhes disse: Ó geração incrédula, até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei? Trazei-mo.
19
Jesus disse: – Gente sem fé! Até quando ficarei com vocês? Até quando terei de agüentá-los? Tragam o meninoaqui.
20
kai.h;negkan auvto.n pro.j auvto,nÅ kai.ivdw.n auvto.n to. pneu/ma euvqu.j sunespa,raxen auvto,n( kai.  pesw.n evpi.th/j gh/j evkuli, eto av fri,zwnÅ
 
20
E trouxeram-lho; quando ele viu a Jesus, o espírito imediatamente o agitou com violência, e, caindo ele por terra,revolvia-se espumando.
20
Quando o levaram, o espírito viu Jesus e sacudiu com força o menino. Ele caiu e começou a rolar no chão,espumando pela boca.
21
kai.evphrw,thsen to.n pate,ra auvtou/\ po,soj cro,noj evsti.n w`j tou/to ge,gonen auvtw/ |È o`de.ei=pen\ evk paidio,qen\
 
21
Perguntou Jesus ao pai do menino: Há quanto tempo isto lhe sucede? Desde a infância, respondeu;
21
Aí Jesus perguntou ao pai: – Quanto tempo faz que o seu filho está assim? O pai respondeu: – Ele está assimdesde pequeno.
 
 
 pastorjarbas@gmail.com 
 
2
22
kai.polla,kij kai.eivj pu/r auvto.n e;balen kai.eivj u[data i[na avpole,sh|auvto,n\ avllV ei;ti du,nh|( boh,qhson h`mi/n splagcnisqei.j ev fV h`ma/
 
22
e muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para o matar; mas, se tu podes alguma coisa, tem compaixão denós e ajuda-nos.
22
Muitas vezes o espírito o joga no fogo e na água para matá-lo. Mas, se o senhor pode, então nos ajude. Tenhapena de nós!
23
o`de.VIhsou/j ei=pen auvtw/ |\ to.eivdu,nh|( pa,nta dunata.tw/ |pisteu,ontiÅ
 
23
Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê.
23
Jesus respondeu: – Se eu posso? Tudo é possível para quem tem fé.
24
 euvqu.j kra,xaj o`path.r tou/paidi,ou e;legen\ pisteu,w\ boh,qei mou th/ |avpisti, a|Å
 
24
E imediatamente o pai do menino exclamou
com lágrimas
: Eu creio! Ajuda-me na minha falta de fé!
24
Então o pai gritou: – Eu tenho fé! Ajude-me a ter mais fé ainda!
25
ivdw.n de.o`VIhsou/j o[ti evpisuntre,cei o;cloj( evpeti,mhsen tw/ |pneu,mati tw/ |avkaqa,rtw|le,gwn auvtw/ |\ to.a;lalon kai.kwfo.n pneu/ma( evgw.evpita,ssw soi( e;xelqe evx auvtou/kai.mhke,ti eivse,lqh|j eivj auvto,nÅ
 
25
Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu teordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele.
25
Quando Jesus viu que muita gente estava se juntando ao redor dele, ordenou ao espírito mau: – Espírito surdo-mudo, saia desse menino e nunca mais entre nele!
26
kai.kra,xaj kai.polla. spara,xaj evxh/lqen\ kai.evge,neto w`sei.nekro,j( w[ste tou.j pollou.j le,gein o[ti avpe,qanenÅ
 
26
E ele, clamando e agitando-o muito, saiu, deixando-o como se estivesse morto, a ponto de muitos dizerem: Morreu.
26
O espírito gritou, sacudiu o menino e saiu dele, deixando-o como morto. Por isso todos diziam que ele haviamorrido.
27
o`de.VIhsou/j krath,saj th/j ceiro.j auvtou/h;geiren auvto,n( kai.avne,sthÅ
 
27
Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou.
27
Mas Jesus pegou o menino pela mão e o ajudou a ficar de pé.
28
Kai.eivselqo,ntoj auvtou/ eivj oi=kon oi`maqhtai.auvtou/katV ivdi, an evphrw,twn auvto,n\ o[ti h`mei/j ouvk hvdunh,qhmen evkbalei/n auvto,È
 
28
Quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram em particular: Por que não pudemos nós expulsá-lo?
28
Quando Jesus entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram em particular: – Por que foi que nós nãopudemos expulsar aquele espírito?
29
kai.ei=pen auvtoi/j\ tou/to to.ge,noj evn ouvdeni.du,natai evxelqei/n eivmh.evn proseuch/ |Å
 
29
Respondeu-lhes: Esta casta não pode sair senão por meio de oração
e jejum
.
29
Jesus respondeu: – Este tipo de espírito só pode ser expulso com oração.
2. Formas mais significativas
v. 14
 evlqo,ntej
– vir 
.
A leitura que envolve o número singular focaliza a atenção sobre Jesus, enquanto o plural exige que o leitor distingua entre “eles”(isto é, Jesus, Pedro, Tiago e João, retornando do Monte da Transfiguração) e “os discípulos” (i.e. os outros nove ficaram naplanície). Ambas estas considerações internas levaram o comitê a preferir a leitura fortemente apoiado por 
 
a
B L W
D
 
Y
892.
maqhta.j
– discípulo.
 
 ei=don
– ver.
 
o;clon
– multidão (de pessoas).
 
 
 
 pastorjarbas@gmail.com 
 
3
grammatei/j
– escriba.
 suzhtou/ntaj
– discutir, ter uma discussão.
 
v. 15
ivdo,ntej
– ver.
 
 evxeqambh,qhsan
– maravilhar-se, ficar extremamente atônido. A prep. no verbo é perfectiva.
 
prostre,contej
– correr para alguém.
 hvspa,zonto
– saudar.
v. 16
 evphrw,thsen
– perguntar, indagar.
 suzhtei/te
– discutir, ter uma discussão.
 
v. 17
 avpekri,qh
– responder.
 dida,skale
– professor, mestre.
 h;negka
– carregar, trazer.
  e;conta
– ter.
 pneu/ma
– sopro, respiração, espírito.
  a;lalon
– mudo, incapaz de falar.
v. 18
katala,bh|
– pegar em, agarrar. Os subs. relacionados com este verboi eram usados como termos médicos comoreferência às doenças repentinas e à spessoas que as sofriam (Swete).
 r`h,ssei
– o significado do verbo é “rasgar”, “despedaçar”, ou “lançar por terra com força”.
  av fri,zei
– espumejar.
 tri,zei
– rilhar (comer roendo, produzir rangido com os dentes; ranger, ringir, trincar; ranger ou produzir ruído áspero;roer ou comer enquanto murmura). Usado para qualquer som agudo ou de atrito (Swede).
ovdo,ntaj
– dente.
 xhrai,netai
– secar totalmente, murchar. Retrata a exaustão completa.
  ei=pa
– dizer.
  evkba,lwsin
– jogar fora, lançar fora, expulsar.
 i;scusan
– ser forte, capaz.
v. 19
 avpokriqei.j
– responder.
 le,gei
– falar.
 genea.
– clã, raça, gênero; uma geração.
  a;pistoj
– inacreditável, incrível; descrente, infiel.
  e;somai
– c/gen. suportar, aguentar.
  avne,xomai
– suportar. (como exercício de auto-contenção e tolerância suportar (pacientemente), colocar-se com,suportar com)
  fe,rete
– trazer, transportar.
 
v. 20
h;negkan
– trazer, transportar.
 ivdw.n
– ver.
  euvqu.j
- imediatamente
 sunespa,raxen
- rasgar em pedaços, puxar de um lado para outro, convulsionar.
 pesw.n
– cair.
 

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
adoniasbg liked this
robsonapologista liked this
gutembergcruz liked this
John Paul Rock liked this
mccleison liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->