Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Arte e Desgn de Interiores

Arte e Desgn de Interiores

Ratings: (0)|Views: 1,344|Likes:
Published by vivianemarques

More info:

Published by: vivianemarques on Sep 19, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/18/2012

pdf

text

original

 
Arte e Design de InterioresMaria Cristina Cabral
No Texto “Arte e Design de Interiores”, Maria Cristina Cabral apresenta ahistória dos interiores nas suas diferentes tendências abordando o tempo e acultura de vários locais, enfatizando que a história do design de interiorescompreende a arquitetura, as artes plásticas e a decoração dentro de seuscontextos sociais, econômicos e culturais.Caracterizando o espaço interno e suas instalações desde o seu surgimento noculo XIX até as experimentões, pluralismo e efemeridades do s-modernismo.Do movimento Arts&Crafts e sua relação entre arte e atividade de produçãomostra a grande influência do estilo no desenvolvimento e sedimentação dodesign nas correntes estéticas seguintes que complementam o método.A linguagem do Arts&Crafts é presente em estilos como por exemplo o ArtNouveau, a Secessão de Viena chegando às vanguardas artísticas e aoMovimento Moderno.E é dentro do movimento moderno, na Bauhaus, que o design de tendênciaconstrutiva e funcionalista empreende a arte como metodologia para aprodução industrial. Walter Gropuis como idealizador da escola associa asvanguardas artísticas à pesquisa formal valorizando a abstração geométrica esuas formas elementares à produção industrial.Considerando aí, a geometria como uma linguagem racional e padronizadacompatível com a indústria e a produção em série.Em contraste com a racionalidade da arquitetura modernista, o estilo Art Decóabre novos caminhos com sua tendência decorativa e após a segunda guerratoda a estrutura modernista passa a ser questionada e as referências visuaisda cultura de massa difundidas pelos meios de comunicação começam a servir de inspiração para o design de interior.Assim a Pop Art marca uma nova estética baseada na rapidez do consumo demassa de objetos utilizando quase sempre objetos pouco duráveis, semprecoloridos, irreverentes e informais, bem diferentes da linguagem estruturalpadronizada pela visão modernista.O novo gosto é celebrado por nomes como o de Gaetano Pesce, que nas suaspoltronas intituladas “Up Series”, de 1969, cria peças arredondas, lúdicas ecoloridas usando materiais sintéticos, como o poliuretano, em reão asobriedades das linhas retas do movimento moderno.O desenho biomórfico que adota que sugere relaxamento e informalidade évisualmente oposto à estética da máquina abordada anteriormente.Ainda nas correntes pós-modernistas que valorizaram a experimentação,Alessandro Mendini, com seu re-design que altera e modifica obrasconsagradas do design moderno busca como finalidade principal criticar eprovocar a estética e os parâmetros racionalistas do modernismo.Dentro deste contexto, os irmãos Campana, evidenciam uma concepçãoplástica que visa quebrar e rever as verdades estabelecidas no design,reinterpretando formas através do uso de materiais inusitados.O que se conclui é que as correntes modernistas valorizando a indústrianegaram o ornamento buscando a simplificão da forma, enquanto ascorrentes s-modernistas recusando a estica funcionalista moderna

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Lidiane Monteiro liked this
Fran Forcelini liked this
Dm Cavalos liked this
magna liked this
magna liked this
Laura Toledo liked this
mhmuterle liked this
Luciano baby liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->